Doentes crónicos que faltem ao trabalho vão receber até um mês de salário. Será pago pelas empresas

(dr) Envato Elements

Os doentes crónicos e os imunodeprimidos que não conseguirem exercer as suas funções à distância vão poder justificar as faltas ao trabalho com uma declaração médica. Nos primeiros 30 dias não perderão o direito ao salário, que deverá ser pago pelo empregador.

De acordo com o ECO, sobre este regime excecional criado pelo Governo faltava explicar se estava ou não assegurada a remuneração e quem faria o pagamento – a Segurança Social ou o empregador.

No decreto-lei do regime em causa, lê-se: “Os imunodeprimidos e os portadores de doença crónica que, de acordo com as orientações da autoridade de saúde, devam ser considerados de risco, designadamente os doentes cardiovasculares, os portadores de doença respiratória crónica, os doentes oncológicos e os portadores de insuficiência renal, podem justificar a falta ao trabalho mediante declaração médica, desde que não possam desempenhar a sua atividade em regime de teletrabalho ou através de outras formas de prestação de atividade”.

Em resposta ao ECO, uma fonte do gabinete da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, explicou que, nestes casos, se aplicam os artigos 249.º e 255º do Código do Trabalho.

“Ao abrigo deste regime, as faltas destes trabalhadores, quando não seja possível a prestação de trabalho em regime de teletrabalho ou através de outras formas de prestação de atividade, passam assim a ser consideradas justificadas mediante declaração médica, e são remuneradas nos termos dos artigos 249.º e 255.º Código do Trabalho”, disse a fonte.

O artigo 255.º da lei laboral, continuou o ECO, indica que entre as faltas justificadas que determinam a perda da retribuição, estão as consideradas como tal, mas apenas quando excedam 30 dias, por ano. Isso significa que nos primeiros 30 dias de faltas, a remuneração mantém-se e o empregador faz esse pagamento.

Na terça-feira, o Executivo retirou da lista de doentes com direito a faltas justificadas os hipertensos e os diabéticos, que já não poderão justificar faltas ao trabalho com a situação de calamidade atualmente em vigor.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

OE2021. Bloco prepara voto contra. PSD só salva proposta se Costa pedir desculpa

O Bloco de Esquerda prepara-se para votar contra o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, avança este sábado o semanário Expresso. Governo e Bloco de Esquerda tem negociado nos últimos dias a proposta de …

Inscrição perdida contém a chave para o enigma dos esqueletos de Almaçã

Uma inscrição de pedra desaparecida esconde a chave para o mistério dos esqueletos de Almaçã, enterrados debaixo de uma muralha medieval. Em Almaçã, Espanha, onze corpos foram enterrados debaixo de uma enorme muralha de uma vila …

Espanha prepara-se para decretar estado de alerta

O Governo espanhol prepara-se para decretar estado de alerta em todo o território, depois de ter colocado a região de Madrid neste nível de alerta. A notícia é avançada este sábado pelo jornal espanhol El País, …

Jerónimo de Sousa deve ser reconduzido na liderança do PCP

O atual secretário-geral do PCP deve ser reconduzido no cargo no congresso que está agendado para o final de novembro, avança este sábado o jornal Público. De acordo com o matutino, as atuais regras sanitárias …

Elixir oral (e outros produtos domésticos) poderá ajudar a neutralizar o SARS-CoV–2

Alguns produtos domésticos, como é o caso do elixir oral e produtos para a descongestionar as vias nasais, mostraram-se eficazes em neutralizar um tipo coronavírus num estudo científico levado a cabo com células humanas. A …

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …