Costa confirma 6,9 milhões de doses. Vacinação será “universal e gratuita”

Rodrigo Antunes / Lusa

O primeiro-ministro afirmou, esta quinta-feira, que Portugal autorizou a compra de 6,9 milhões de vacinas contra a covid-19, uma medida à qual o Estado alocará 20 milhões de euros.

“A União Europeia (UE) coordenou uma aquisição conjunta para os diferentes países. Hoje, num Conselho de Ministros eletrónico, autorizámos a aquisição do primeiro lote de 6,9 milhões de vacinas. A UE selecionou seis das diversas vacinas que estão em desenvolvimento a nível mundial como as seis onde valia a pena investir”, disse António Costa, que falava em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, numa visita ao centro hospitalar local.

Também o comunicado do Conselho de Ministros Extraordinário entretanto divulgado refere que a autorização para o investimento é de 20 milhões de euros e que, desta forma, “o Estado português se associa assim à aquisição de vacinas contra a covid-19 no âmbito do procedimento europeu centralizado”.

Em Gaia, o primeiro-ministro, que esteve ao lado da ministra da Saúde, Marta Temido, visitou as obras do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, empreitada que integra o Plano de Reabilitação Integrado e está dividida por fases sendo que, neste momento, está em conclusão a fase B, que representa um investimento de 13 milhões de euros em infraestruturas e dois milhões de euros em equipamentos.

Hoje é um dia importante porque demos um passo fundamental para podermos acreditar que está ao nosso alcance aquele dia fundamental sem o qual não podemos dar esta crise por ultrapassada, que é o dia em que há uma vacina desenvolvida pela ciência e produzida pela indústria, mas devidamente comercializada, distribuída e acessível à população”, disse o primeiro-ministro, acrescentando que caberá à DGS definir os critérios que serão utilizados para essa “vacinação progressiva, universal e gratuita“.

António Costa recordou, no entanto, que “até haver uma imunização geral da população ou um tratamento” é preciso estar preparado.

“Os otimistas acreditam que no final deste ano haverá os primeiros lotes. Os realistas têm de acreditar que os otimistas têm razão, mas temos de nos preparar para que assim possa não ser. Até haver uma imunização geral da população ou um tratamento para esta doença, temos de estar preparados para o pior para que o melhor se consiga fazer”.

“O vírus é muito novo e ninguém sabe muito bem como se comporta, mas uma coisa sabemos: os seres humanos adoecem mais no outono e no inverno do que na primavera e no verão. Temos de nos preparar”, disse o chefe do Governo, citado pelo semanário Expresso.

“O ano letivo não pode decorrer com as escolas encerradas, não podemos voltar a encerrar empresas porque isso significa milhares de postos de trabalho em risco e uma destruição coletiva da riqueza do país e do funcionamento da sociedade”, alertou ainda.

Na mesma visita, a ministra da Saúde anunciou também que foi aprovado, esta quarta-feira, um programa de 26 milhões de euros para criar insfraestruturas, até ao final do ano, nos serviços de cuidados intensivos dos hospitais.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Cuidado com as vacinas, tanto para crianças como para adultos!

    Nem tudo o que é gratuito, assim como nem tudo o que é caro, é necessariamente bom!

    Assim como em princípio há vacinas boas para evitar doenças, também há as que são produzidas intencionalmente para provocar doenças em pessoas sãs. Por exemplo, eu e um familiar meu fomos testemunhas que assim é. Também na ciência há corrupção, como em qualquer outra área!

    Por isso, deve-se ter cuidado! É melhor não tomar! Mais depressa se pode morrer ou ganhar sérios problemas de saúde se se tomar!

    • “também há as que são produzidas intencionalmente para provocar doenças em pessoas sãs. Por exemplo, eu e um familiar meu fomos testemunhas que assim é.”

      Hahahahaaa…. muito bom!…

    • O crescente aumento de doenças autoimunes deve-se, em grande parte, a sermos bombardeados todos os dias com substâncias nocivas e que interagem com o nosso sistema imunitário, substâncias esses que estão incluídas as vacinas (leiam as bulas de cada uma delas). há ingredientes que entram diretamente na nossa corrente sanguínea, que nem sequer deveríamos ingerir, quanto mais injetar. E não me venham com essa treta de serem quantidades ínfimas. Têm efeito cumulativo, e muitos dos problemas só aparecem a longo prazo e nem sequer irão atribuir às vacinas, que foram dando ao longo da vida, excetuando aqueles que sentem os efeitos secundários logo após a vacinação.
      O meu corpo, a minha escolha. Não quero que me alterem ADN com vacinas que editam o mesmo, nem quero vírus criados em células diplóides humanas, AKA células de fetos abortados nos anos 60, cujo ADN se encontra alterado e com mutações muito graves, que pode dar cancro (só um exemplo de doença) a qualquer um que tome. Felizmente, não há muitas vacinas com este “ingrediente”.
      Só um aparte sobre o PNV – Portugal não tem a quantidade enorme e ridícula de vacinas a ministrar aos bebés, como nos EUA, mas para lá se caminha. Ainda estou à espera que me expliquem a verdadeira utilidade da vacina HBV num recém nascido, pois os bebés nascidos de uma mãe HBs Ag positiva deve-se administrar, nas primeiras 24 horas, uma dose de imunoglobulina específica anti HBV…
      Não sou anti vacinas, pois acredito na sua grande utilidade na prevenção, apenas sou contra ingredientes nocivos e aproveitam-se da ingenuidade da população em geral, pois acreditem que há muito médicos que se recusam a imunizar-se, mas muitos outros há que não conseguem ver além do “dogma”.

  2. Qual é a verdadeira intenção da comunidade científica em inventar ou provocar intencionalmente doenças víricas, dizendo que não são tratáveis com antivíricos, que é preciso tomar vacina, praticamente ao mesmo tempo que andou a espalhar que os que têm sangue RH negativo são descendentes híbridos de extraterrestres? Dado o diferente tipo de sangue, a ciência sabe da diferente perigosidade quando se contrai doenças infeciosas. Portanto, que pessoas concretamente é que a comunidade cientifica pretenderia intencionalmente debilitar ou matar, usando um conjunto de artifícios e pretextos todo ele cheio de mentiras?

    Eu, que tenho RH negativo, fui infetada com uma enorme quantidade de vírus com a (suposta) vacina da gripe A passadas algumas semanas de a tomar, e pelos vistos, mais gente também foi. Fiquei com uma gripe tão forte como nunca tive, e a um familiar meu, que tomou a vacina aquando eu, aconteceu o mesmo, mas, graças a Deus, passado algum tempo curou, sem tratamento.

    Ora, como eu sou RH negativo, e por esse motivo, segundo a comunidade científica, sou descendente híbrida de extraterrestres, tenho portanto a dizer, modéstia à parte, graças ao meu elevadíssimo grau de QI e de intuição – características dos da minha raça híbrida (conforme a comunidade científica afirma) – não apenas que é mentira que as infeções víricas, incluindo as causadas por coronavírus, não sejam todas elas tratáveis com medicamentos antivirais, como também sei que a comunidade científica e companhia limitada, que se puseram com toda essa mentira e maldade, são descendentes do cruzamento híbrido entre burro e égua, que, com o decorrer do tempo e após sucessivos cruzamentos, as mulas que não eram estéreis, deram origem a seres semelhantes a humanos, e que ocupam seus cargos porque os conseguiram com uma cunha – assim como as suas aprovações em exames e diplomas, os que os tenham- porque o seu QI é praticamente nulo.

    Aliás, pelo meu nome, vê-se logo que sou uma marciana pura. E já agora, também o meu nome foi escolhido por extraterrestres, remotamente, usando os seus poderes no espaço sideral de telepatia e controlo mentais sobre outros seres.

    • Estás a precisar seriamente de tratamento. O primeiro passo para a cura é acreditares que é possível. Não há de ser difícil acreditares, atendendo à prosa que aqui discorreste.

      • O meu poder telepático extraterrestre está a dizer-me que algo de errado se passa com este site. Por exemplo, a postagem deste comentário ao qual respondo, de alguém que se precipitou porque não entendeu a minha ironia própria de extraterrestre, sobre a linhagem extraterrestre, está errada, o que é estranho. O comentário não foi feito às 14:34 como aqui é visto, mas sim muito depois. Quem afirme o contrário mente, porque os meus poderes extraterrestres são reais.

RESPONDER

Abandonar Aeroporto do Montijo e apostar em Alcochete custará ao Estado tanto como "15 hospitais"

O Aeroporto do Montijo está, de novo, em águas de bacalhau, mas se o Governo tiver mesmo de abandonar o projecto, o Estado terá de desembolsar uma indemnização de 10 mil milhões de euros. Além …

Equipas móveis vão percorrer o país para testarem alunos, professores e funcionários de escolas públicas

Equipas móveis - compostas por enfermeiros, técnicos e administrativos - vão percorrer o país para testarem todas as escolas públicas do continente. Numa primeira fase, o universo de testados rondará as 500 mil pessoas. O Público …

Disse para mim mesma: "Auriol, o primeiro é o teu lugar" - e foi

A portuguesa Auriol Dongmo conquistou, esta sexta-feira, a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. Auriol Dongmo conquistou a …

Eduardo Quaresma não tem o que é preciso para singrar, diz olheiro de topo

Um olheiro internacional de topo considera que Eduardo Quaresma não tem aquilo que é preciso para singrar ao mais alto nível. Em declarações ao ZAP, o scout argumenta que lhe faltam qualidades físicas. Eduardo Quaresma é …

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …