Portugal vai ter direito a receber 6,9 milhões de vacinas contra a covid-19. Podem chegar já em dezembro

Portugal vai ter direito a receber 6,9 milhões de vacinas para a covid-19, devendo a primeira remessa começar a ser distribuída já a partir de dezembro.

A notícia foi avançada pela TSF, sendo depois confirmada pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) ao jornal Público.

Se as doses forem individuais, serão suficientes dois terços da população portuguesa.

Este valor é a parte que cabe a Portugal do lote de 300 milhões de vacinas que a União Europeia (UE) já reservou à farmacêutica AstraZeneca, que está atualmente a desenvolver uma vacina em conjunto com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A vacina em causa está ainda na fase de ensaios clínicos, faltando ainda ser apurado se será eficaz contra o novo coronavírus, sublinha o jornal Público.

“Portugal é um dos países europeus que irão beneficiar desta aquisição conjunta”, mas estão em curso “outros processos de negociação para a aquisição de vacinas para a covid-19”, frisou o Infarmed em resposta ao mesmo jornal.

“Com esta adesão, e uma vez que as vacinas serão distribuídas proporcionalmente, conforme o número de habitantes por país, Portugal receberá um total de 6,9 milhões de vacinas, distribuídas a partir de dezembro, com uma primeira aquisição de cerca de 690 mil”, detalhou o mesmo organismo.

A aquisição das vacinas será financiada pelo Instrumento de Apoio de Emergência que a Comissão Europeia criou durante a pandemia. Não são ainda conhecidos os preços.

A Comissão Europeia anunciou, na semana passada, um primeiro acordo com a farmacêutica AstraZeneca para a compra de 300 milhões de doses de uma potencial vacina contra a covid-19, com uma opção de mais 100 milhões em nome dos Estados-membros.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Todo o pessoal de topo do governo e DGS dever ser compulsivamente levado a tomar esta vacina. Esperamos dois anos e se não houver efeitos secundários negativos, esta vacina passará para a restante população.
    Tenho dito.

    • Eu reforço a ideia para dizer que só os de topo do governo e DGS devem tomar. Nós, cidadãos comuns, como temos bom coração, prescindimos da nossa dose para haver uma por ano para esses “meninos”. Todos os anos! Assim eles ficam bem protegidos TODOS OS ANOS!

    • Mas que excelente raciocínio! Verdadeiramente genial! Então sugere que, durante dois anos, morramos muitos de covid enquanto os mebros do governo e DGS ficam a salvo! Brilhante ideia! Devia ganhar o prémio Nóbel da medicina!

  2. Mas a vacina ainda nao foi descoberta, ainda nao sabem se funciona e se é segura e já há negocio feito??!!!
    Depois falam que as pessoas caiem em teorias da conspiração…

    • Alvaro, existem 5 vacinas que passaram da fase 1, ou seja, mais de metade das pessoas ficou imune, dessas 3 passaram a fase 2, ou seja: uma quantidade maior da população de teste, geralmente 70% ou mais ficou imune… passaram 3 vacinas. Na fase 3 fazem teste de segunda imunização, principalmente a quem tomou a primeira vez e não mostrou sinais de imunização. Para já a de Oxford já tem resultados bem mais promissores, a grande maior parte está imune. As outras vacinas continuam em testes e alterações.
      O que isso quer dizer: que pelo menos uma funciona e já está a ser produzida nos laboratórios para distribuição. É essa que estão a dizer que vai ser distribuída em Portugal e Europa.

  3. Ficarei a fazer parte do 1/3 omisso na notícia. Esperemos que “a vacina” não venha a tornar-se na maior catástrofe mundial.

  4. A pressa normalmente é má conselheira, mas a gravidade da situação poderá levar a outros riscos, estamos entre a espada e a parece, tudo é uma incerteza onde se corre o risco não morrer do mal e morrer da cura.

  5. Uma decisão que é um autêntico disparate governativo. Porque é que são 6,9 milhões de vacinas e não são os 10,4 milhões correspondentes a todos os portugueses sem exceção ? Deixando qualquer português por vacinar é o mesmo que não resolver de vez o problema da pandemia. Esta decisão absurda, só pode ser entendida como jogatana de propaganda política por parte de Costa.

    • Uma parte da população já está imune, seja por ter já apanhado o vírus ou porque já tinha naturalmente anticorpos.

      Pessoalmente acho que a medida é prematura, a vacina deveria vir apenas em doses para todo o pessoal considerado de risco ou de primeira linha, médicos, enfermeiros, polícias, etc …

      O resto da sociedade pode eventualmente esperar por mais informação sobre o vírus e quanto tempo se fica imune depois de apanhar o vírus ou depois da vacina.

      Também considerar que agora que estamos a fazer mais testes e rastreios, vamos descobrindo que o vírus não é tão mortal como se pensava inicialmente, uma grande parte da população nem se apercebe que o tem, por isso os números de infectados subir tanto agora mas os casos em UCI ou mesmo internados sem UCI ser tão baixo, mesmo as mortes é hoje muito inferior a outras infecções e demasiado baixo em relação a acidentes de tráfego.

      Retirando os grupos de risco da equação, o vírus seria para o resto da população algo bem menos preocupante. Talvez menos ainda que uma constipação porque muitos, mesmo muitos, não apresentam qualquer sintoma.

RESPONDER

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …

Compostos de alga vermelha da costa de Peniche eficazes no tratamento do cancro

A alga vermelha “Sphaerococcus coronopifolius” da costa de Peniche possui compostos com atividade antitumoral que podem contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos ou potenciar o efeito de fármacos de combate ao cancro já existentes, …