Costa promete cortes nos impostos e não chantageia portugueses para pedir maioria absoluta

Mário Cruz / Lusa

António Costa fez um balanço da legislatura que se aproxima do fim, deixou promessas para as próximas eleições e prometeu não chantagear os portugueses para conseguir maioria absoluta.

Em entrevista à Rádio Renascença esta segunda-feira, o primeiro-ministro António Costa prometeu cortar nos impostos sobre o trabalho, reconhecendo que os salários têm de aumentar, tanto no setor público como no privado. Não obstante, um novo governo do PS não iria pôr em causa as contas públicas.

Com os olhos postos no futuro, o primeiro-ministro português fez um balanço positivo da “geringonça”, realçando o bom trabalho desenvolvido ao longo da legislatura e atribuindo nota “bom” ao seu trabalho, reconhecendo que houve “coisas em que foi excelente”. Aliás, correu tão bem, que Costa não põe de parte um novo acordo com os partidos de esquerda nas próximas eleições.

Em conversa no programa “As Três da Manhã”, António Costa foi questionado sobre a degradação dos serviços públicos que, apesar de tudo, realça que está “melhor do que em 2015“. O líder do PS corroborou a sua posição com números que já tinha evidenciado nos debates quinzenais.

De acordo com o Público, Costa explicou que a maior extensão das listas de espera é devido a um efeito puramente estatístico. “Reduzimos substancialmente o tempo de espera média aceitável de 270 para 180 dias”, reiterou.

Quando questionado se a situação dos transportes públicos era motivo para um pedido de desculpa aos portugueses, o primeiro-ministro explicou que “aquilo que compete a um governante é evitar criar novos problemas e trabalhar para resolver os que existem“. Costa realçou ainda que a consciência de que há problemas para resolver é “o que justifica a recandidatura desta governação”.

Quanto às próximas legislativas, reconheceu que seria complicado atingir a maioria absoluta e garante que nunca fará chantagem aos portugueses. “Nunca direi que só governo nesta ou naquela condição”, defendeu.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Mentiroso tem mesmo cara de pau… diz e fica a ser verdade. Espero que os portugueses tenham sentido de avaliação. O SNS está melhor que em 2015???? Onde? Na terra do Nunca???

  2. Portugal em decadência… e este no pais das maravilhas a prometer tudo para mais 4 anos de corrupção.
    Vai Portugal ainda conseguimos aguentar mais 4 anos nesta merda… força….

  3. Nunca falou em descida de impostos, este aldrabão. Tem esmifrado os contribuintes e, especialmente, a classe média. Os impostos têm vindo sempre a subir com a ajuda do seu cão de fila Centeno. Agora como o Rui Rio disse que vai baixar impostos também esta aventesma já vem fazer promessas. Alguém acreditas nestes aldrabões? Alguém estará disposto air votar neste mentirosos??

  4. “prometeu não chantagear os portugueses”
    Só esta frase por si só ja é uma vergonha!
    um politico digno e honrado recusar-se-ia prometer o que é suposto nunca acontecer pois a seriedade e honestidade impediam.

  5. Agora porque Rui Rio se lembrou de anunciar que iria baixar impostos caso ganhe as eleições vem este agora com a mesma promessa que por sinal é muito estranha quando até aqui o que tem feito é subi-los de várias formas. Isto de política até seria uma comédia que daria para rir caso não afectasse tão duramente a vida de cada um!

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …