Costa promete cortes nos impostos e não chantageia portugueses para pedir maioria absoluta

Mário Cruz / Lusa

António Costa fez um balanço da legislatura que se aproxima do fim, deixou promessas para as próximas eleições e prometeu não chantagear os portugueses para conseguir maioria absoluta.

Em entrevista à Rádio Renascença esta segunda-feira, o primeiro-ministro António Costa prometeu cortar nos impostos sobre o trabalho, reconhecendo que os salários têm de aumentar, tanto no setor público como no privado. Não obstante, um novo governo do PS não iria pôr em causa as contas públicas.

Com os olhos postos no futuro, o primeiro-ministro português fez um balanço positivo da “geringonça”, realçando o bom trabalho desenvolvido ao longo da legislatura e atribuindo nota “bom” ao seu trabalho, reconhecendo que houve “coisas em que foi excelente”. Aliás, correu tão bem, que Costa não põe de parte um novo acordo com os partidos de esquerda nas próximas eleições.

Em conversa no programa “As Três da Manhã”, António Costa foi questionado sobre a degradação dos serviços públicos que, apesar de tudo, realça que está “melhor do que em 2015“. O líder do PS corroborou a sua posição com números que já tinha evidenciado nos debates quinzenais.

De acordo com o Público, Costa explicou que a maior extensão das listas de espera é devido a um efeito puramente estatístico. “Reduzimos substancialmente o tempo de espera média aceitável de 270 para 180 dias”, reiterou.

Quando questionado se a situação dos transportes públicos era motivo para um pedido de desculpa aos portugueses, o primeiro-ministro explicou que “aquilo que compete a um governante é evitar criar novos problemas e trabalhar para resolver os que existem“. Costa realçou ainda que a consciência de que há problemas para resolver é “o que justifica a recandidatura desta governação”.

Quanto às próximas legislativas, reconheceu que seria complicado atingir a maioria absoluta e garante que nunca fará chantagem aos portugueses. “Nunca direi que só governo nesta ou naquela condição”, defendeu.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Mentiroso tem mesmo cara de pau… diz e fica a ser verdade. Espero que os portugueses tenham sentido de avaliação. O SNS está melhor que em 2015???? Onde? Na terra do Nunca???

  2. Portugal em decadência… e este no pais das maravilhas a prometer tudo para mais 4 anos de corrupção.
    Vai Portugal ainda conseguimos aguentar mais 4 anos nesta merda… força….

  3. Nunca falou em descida de impostos, este aldrabão. Tem esmifrado os contribuintes e, especialmente, a classe média. Os impostos têm vindo sempre a subir com a ajuda do seu cão de fila Centeno. Agora como o Rui Rio disse que vai baixar impostos também esta aventesma já vem fazer promessas. Alguém acreditas nestes aldrabões? Alguém estará disposto air votar neste mentirosos??

  4. “prometeu não chantagear os portugueses”
    Só esta frase por si só ja é uma vergonha!
    um politico digno e honrado recusar-se-ia prometer o que é suposto nunca acontecer pois a seriedade e honestidade impediam.

  5. Agora porque Rui Rio se lembrou de anunciar que iria baixar impostos caso ganhe as eleições vem este agora com a mesma promessa que por sinal é muito estranha quando até aqui o que tem feito é subi-los de várias formas. Isto de política até seria uma comédia que daria para rir caso não afectasse tão duramente a vida de cada um!

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …

Luso-canadiano quer criar 25 murais dedicados a Amália Rodrigues

Um português a residir no Canadá pretende criar uma “aldeia global virtual” das comunidades portuguesas espalhadas nos vários cantos do mundo, um projeto que envolve a colocação de 25 murais dedicados à fadista Amália Rodrigues. “O …