Costa chamou primeiro-ministro a Passos (duas vezes)

Durante o debate quinzenal desta manhã, no Parlamento, o actual primeiro-ministro, António Costa, chamou “senhor primeiro ministro” duas vezes ao anterior, Passos Coelho. E convidou-o a “virar a página relativamente ao passado”.

No que parece ter sido um lapso, o primeiro-ministro António Costa chamou esta manhã “senhor primeiro minstro” ao seu antecessor, Pedro Passos Coelho.

Na sua intervenção inicial no debate quinzenal no Parlamento, o presidente do PSD tinha confrontado confrontou o primeiro-ministro com as críticas ao esboço de Orçamento do Estado para 2016, e pediu-lhe que reconhecesse o trabalho do anterior executivo em matéria de modernização administrativa – tema do discurso inicial de António Costa.

“Eu compreendo e respeito a dificuldade que o senhor primeiro-ministro tem em libertar-se dos últimos quatro anos“, respondeu António Costa.

“Há de compreender que o meu dever é governar o dia de hoje com os olhos postos no futuro e não passar o tempo a alimentar consigo um debate sobre o seu passado”, respondeu-lhe António Costa.

O actual chefe do Governo do PS voltaria a chamar “senhor primeiro-ministro” ao presidente do PSD. Ao segundo lapso, levantou-se mesmo algum burburinho nas bancadas parlamentares.

Desta vez, António Costa corrigiu: “senhor deputado Pedro Passos Coelho, com toda a cordialidade, convido-o a vir para o presente, porque no presente é muito bem recebido. E no presente encontrará um largo futuro”, exortou António Costa.

“Não fique prisioneiro do passado, porque esta é a altura de virar a página relativamente ao passado”, concluiu o primeiro-ministro.

Conta o jornal Sol que há quem diga em surdina no interior do PSD que Passos Coelho ainda não despiu totalmente o fato de primeiro-ministro.

Aparentemente, o seu sucessor ainda não o veste todos os dias.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Mas isto é notícia porquê e para quê? Ai que engraçado o Costa enganou-se a falar… Ahahahahah…. Que giro.

    A não ser que a Comunicação Social queira implantar no sub-consciente das pessoas que o Costa lá bem no fundo sente que o seu Governo é ilegítimo e que Passos Coelho é que teria legitimidade pra ser Primeiro Ministro. Que insinuação mais patética… Epá deixem-se disso. Acordem prá vida, que já chega. Caiam na real… O Passos foi chumbado na Assembleia.

    Claro que se o Costa passou mais de 5 anos a chamar Primeiro Ministro ao Passos, é natural que sem querer se engane. Quem é que nunca se enganou a discutir com alguém, e chamar o nome de outra pessoa com quem costumamos discutir habitualmente?

  2. É isso mesmo! Lá no fundo, o costa ainda não acredita que é primeiro ministro e nem sabe como lá foi parar. Por isso está convencido que o Passos é ainda primeiro ministro e está sempre a chamar-lhe isso. Qualquer dia começa a chamar presidente ao sampaio da pólvora, o tal que pertenceu à luar, e à Maria de ninguém. Se o Povo lhe deu no toutiço, embora os outros se tivessem fartado de fazer cortes a torto e a direito durante 4 anos, porque carga de água é que o bosta, perdão o costa há-de ser 1º. Ministro? É isto que ele deve pensar para se enganar e chamar ao outro.

  3. Ele até tem razão. Problemas de consciência, certamente surgem-lhe todos os dias.
    Afinal quem ganhou as eleições deveria ser efetivamente primeiro ministro, não?
    Será esse o motivo?

  4. Onde está a admiração?. O (A) ZAP andou durante algum tempo, após as eleições para o parlamento, e já depois de António Costa ter tomado posse, a apresentar notícias com a fotografia do Passos Coelho com o rodapé de primeiro ministro…
    Na notícia acima, aparece a foto do António Costa com o rodapé, sem primeiro ministro. Afinal está certo, porque no desenvolvimento da notícia, António Costa é, e passo a citar ” O actual chefe do Governo do PS”. Mas é chefe do Governo do PS ou é , quer se queira quer não, chefe de um Governo, com maioria parlamentar, que está por isso com toda a legitimidade a governar Portugal ?

  5. O Primeiro Ministro de Portugal enganou-se e chamou Primeiro Ministro ao antigo Primeiro Ministro.

    E’ engracado, mas uma vez que o anterior Primeiro Ministro foi, de facto, Primeiro Ministro (estao a seguir ainda?) durante 4 anos e 4 semanas, nao me parece uma gaffe muito embaracosa, pois que natural.

    Ja’ o ZAP, Sol, ou comite’ central de desinformacao e propaganda pafioso, chama, NESTE MESMO artigo onde goza com o actual Primeiro Ministro de Portugal, chama-lhe:

    “O actual chefe do Governo do PS”.

    Como nunca houve um Governo do PS, mas sim uma Direccao do PS, um Secretario Geral do PS, e quanto a Governo o que existe e’ um Governo de Portugal, a gaffe do zap, Sol, ou comite de desinformacao e propaganda pafioso e’ bem mais reveladora, e da senha que ainda lhes atravessa a garganta.

    Os senhores pafiosos continuam azedos e desvairados por terem perdido o poder, e querem continuar com a ficcao que o Governo actual nao e’ de Portugal, mas sim apenas do PS,

    Nao nos devemos admirar. Estes senhores ainda nao aprenderam o que e’ a democracia, e nunca aceitaram a Constituicao da Republica, como pudemos ver pelos diplomas sistematicamente violadores da mesma, e repetidamente reiterados, apesar da benevolencia em excesso do Tribunal Constitucional.

    Mas acho francamente mais motivo de gozo e noticia que os senhores chamem ao Primeiro Ministro de Portugal “Chefe de Governo do PS”, do que o actual Primeiro Ministro enganar-se e dirigir-se ao anterior pelo titulo que teve nos ultimos 4 anos e 4 semanas.

    Agora fico a’ espera de um artigo a dizer:

    “Jornalista (perdao, propagandista pafioso) engana-se e chama Chefe de Governo do PS no mesmo artigo em que tentava gozar com um lapso do mesmo”

RESPONDER

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …

"Acho ridículo que sejam feitas obras, portas ou não", diz Ventura

O CDS que não quer o líder do Chega no meio dos seus deputados e a solução pode mesmo passar por abrir uma porta especial para o deputado. "Acho ridículo", comenta André Ventura. Na última conferência …