Costa apanhado em quatro escutas a Matos Fernandes. Uma foi considerada suspeita

Mário Cruz / Lusa

O primeiro-ministro António Costa terá sido intercetado em quatro das escutas feitas a João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, no âmbito do caso do hidrogénio verde. Um delas foi considerada suspeita.

Na semana passada, o semanário Expresso avançou que o Ministério Público (MP) teria intercetado conversas entre o primeiro-ministro e o ministro do Ambiente, mas que o presidente do Supremo Tribunal tinha determinado a destruição de duas delas por ter entendido que não havia matéria ou indício criminal relevante.

Esta semana, o mesmo semanário adianta que Costa terá sido intercetado em quatro das escutas feitas a Matos Fernandes, sendo que uma delas foi considerada suspeita.

No dia 28 de dezembro de 2020, Costa telefonou a Matos Fernandes para falar sobre o negócio do lítio e do hidrogénio verde, que pode atrair para Portugal fundos europeus e investimentos de milhares de milhões de euros.

No telefonema, o primeiro-ministro e o ministro do Ambiente falaram das negociações que estão a decorrer para definir a futura localização, conversações sobre uma refinaria de lítio, possíveis interessados no negócio e uma eventual parceria com Espanha.

Esta escuta entre Costa e Matos Fernandes foi validada pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça que, apesar de considerar que não havia indícios de crime, cedeu à vontade do MP.

No mesmo despacho em que validou esta interceção telefónica, António Joaquim Piçarra mandou destruir outra em que o primeiro-ministro e o ministro do Ambiente falavam sobre o apoio às famílias e às empresas no consumo de energia durante o confinamento.

Antes dessa, António Piçarra já tinha mandado destruir duas escutas: uma foi considerada meramente institucional e a outra pessoal, uma vez que Costa se queixava a Matos Fernandes dos efeitos do isolamento profilático e este se oferecia para lhe emprestar um livro.

O MP recorreu da decisão. O recurso vai ser apreciado pelo juiz conselheiro Nuno Gonçalves, um procurador de carreira que passou pelo Tribunal de Contas e foi representante do MP na Madeira.

Em novembro, a revista Sábado noticiou que Pedro Siza Vieira e João Galamba estavam a ser investigados sobre a atuação do Governo na promoção do hidrogénio verde, na sequência de uma denúncia recebida pelo Ministério Público no final de 2019.

Os governantes “são suspeitos de favorecimento do consórcio EDP/Galp/REN no milionário projeto do hidrogénio verde para Sines”, estando em causa um dos maiores projetos que em 2020 foram selecionados para uma candidatura nacional a um estatuto de interesse comum da Comissão Europeia, que visa facilitar a obtenção de apoios ao financiamento.

A Sábado noticiou ainda que Siza Vieira e Galamba estiveram sob escuta, tendo o DCIAP negado que o ministro da Economia tivesse sido escutado. Desde então não houve desenvolvimentos sobre a candidatura portuguesa no quadro do hidrogénio.

  Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Para além de incompetentes ainda são ladrões…
    O Sócrates tinha muitos defeitos mas incompetência não era seguramente um deles.

  2. Não é preciso procurar muito. Basta prender todos os súcialistas porque já foram corruptos, são neste momento corruptos e ainda vão ser corruptos no futuro. São duas condições mutuamente indisociaveis a de súcialista e a de corrupto!

  3. E preciso carradas de juízes para estarem atentos às manobras destes corruptos do governo. Estes gajos dão que fazer !

  4. A minha surpresa é não haver um único comentário dos avençados a tentar justificar e brabquear mais esta trapalhada. Estarão em isolamento profilático?

RESPONDER

Pandora Papers são "embaraço também para Portugal". Caso vai ser analisado pelo Fisco

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais garantiu que, tal como já aconteceu noutros casos deste género, os Pandora Papers vão ser analisados pela Autoridade Tributária. No início de outubro, uma nova investigação do Consórcio Internacional …

Gonçalo Esteves, Sporting

"Gonçalo Esteves é o futuro do Sporting". Adeptos rendidos ao ex-portista de 17 anos

O lateral-direito Gonçalo Esteves, de apenas 17 anos, estreou-se na equipa principal do Sporting, no jogo da Taça de Portugal contra o Belenenses, e o treinador Ruben Amorim diz que é "o futuro" do clube. …

Portugal regista mais 10 mortes e 612 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 10 mortes e 612 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 612 novos …

Toda a herança de Rendeiro foi para o "rei dos táxis". MP investiga presidente da ANTRAL e o filho motorista

O Ministério Público está a investigar o ex-motorista de João Rendeiro e o seu pai, o presidente da ANTRAL, a maior associação de táxis portuguesa. Em causa estão suspeitas de lavagem de dinheiro quando se …

Depois do polémico golo de Mbappé, UEFA pondera mudar regra do fora de jogo

A UEFA defendeu uma reformulação da regra do fora de jogo, depois do polémico golo de Kylian Mbappé que, no último domingo, deu a vitória a França na final da Liga das Nações. Apesar da polémica, …

Nova deputada do PSD condenada por falsificação de documento

A nova deputada do PSD, que toma posse na Assembleia da República na próxima terça-feira, já foi condenada por falsificação de documento há dois anos. Segundo avança o Jornal de Notícias, Eugénia Duarte vai substituir Carla …

Presidente avisou partidos sobre cenário de eleições antecipadas: "Se tiver de ser, é"

Em caso de chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), o Presidente da República prefere não perder tempo e "matar o mal pela raiz". Findas as audiências com os partidos no Palácio de Belém, a …

"A maior descida de sempre". Galamba sublinha redução dos preços da luz para empresas e famílias

As tarifas de electricidade propostas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) para 2022 representam uma descida nos preços da ordem dos 3,4%. O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, fala de …

Administração Biden vai reativar programa anti-imigração de Trump

A Administração Biden anunciou, esta sexta-feira, que vai reativar a política anti-imigração nas fronteiras da era Trump, que forçou milhares de requerentes de asilo a aguardarem a conclusão dos seus processos no México, muitas vezes …

José Sena Goulão / Lusa

"Rangel fez o roteiro da carne assada" (e Rio pode não sobreviver à "golpada")

Rui Rio ainda não desfez o tabu sobre a sua recandidatura, ou não, à presidência do PSD, mas está pressionado a tomar uma decisão. No seio do partido, e mesmo entre os seus apoiantes, só …