O corte nos salários dos políticos continua em 2020

Mário Cruz / Lusa

O corte de 5% sobre o vencimento mensal bruto dos titulares de cargos políticos vai manter-se em 2020, avança o Expresso esta quarta-feira, dando conta que esta redução foi aplicada pela primeira vez por José Sócrates.

Em causa estão os salários do Presidente da República, do Presidente da Assembleia da República, do primeiro-ministro, bem como dos membros do Governo e dos deputados da Assembleia da República, detalha o semanário.

O primeiro-ministro, António Costa, e o líder do PSD, Rui Rio, já defenderam publicamente o fim deste corte, que reúne pouca popularidade entre a opinião pública. Ainda assim, a redução de 5% nos vencimentos vai continuar a vigorar em 2020.

“Tenho confiança de que ao longo da próxima legislatura esse último corte irá desaparecer. Acho que é importante para devolver normalidade ao quadro remuneratório também dos políticos”, disse o líder do Executivo socialista em entrevista ao Expresso no Verão passado, recordando que as que estão já concluídas as reposições para os restantes trabalhadores e pensionistas.

O líder social democrata partilha da mesma opinião. “Entendo que, uma vez que já acabaram com os cortes todos, só falta um, então deve-se acabar mesmo com os cortes todos. Não tenho dúvidas sobre isso. Pode ser muito impopular, mas é a minha convicção”, disse à época Rui Rio, em resposta a António Costa.

A proposta de Orçamento de Estado para 2020, que Mário Centeno apresentou esta terça-feira, não tem qualquer referência a este tema, o que significa que os cortes se mantêm.

Tal como escreve o Expresso, que ouviu fonte do Ministério das Finanças, a redução foi definida por lei e, a ser revertida, terá de ser também por lei. Resta saber se o Governo pretende ou não fazer a reposição num outro ano da legislatura.

ZAP //

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O corte devia de ser de 50% e não de 5%. O que a grande maioria dos deputados fazem e NADA é o mesmo. Deviam também de reduzir o numero de deputados para METADE. Para quê tanto deputado num país que não mais é do que um quintal.

  2. Coitados esqueceram de por um zero, mas o povo desculpa.
    Pronto réctifiquem o erro sim 50% é o minimo, podia ser mais, mas valá para a próxima é o ordenado minimo, não merecem mais.
    E já agora era reduzir os deputados em vez dos 230 cigarras era só preciso 150 no máximo, porque as 230 cantam muito alto e assim o som ficava mais baixo,,,
    Coitados, e não deveriam ter o cartão de saúde, dado que deveriam ir como a maioria do povo aos Hospitais Públicos e Centros de Saúde, porque assim viam a miséria nos Hospitais nos corredores e casas de banho e Centros de Saúde, para ter médico no dia tens que estar á porta ás 5 horas da manhã!
    E ainda o vosso almoço custa 3€ na Assembleia da Répública,porque o povo paga o resto!

  3. ” reúne pouca popularidade entre a opinião pública ”
    NÃO NÃO, TUDO O QUE SEJA CORTES NOS VENCIMWNTOS DOS POLÍTICOS AGRADA À OPINIÃO PÚBLICA !!!

RESPONDER

Segurança Social baixa apoios a Recibos Verdes. Maioria só vai receber 219 euros

A fórmula de cálculo definida pelo Governo para o "apoio extraordinário à redução da actividade económica", que é concedido a trabalhadores independentes, os chamados Recibos Verdes, devido ao novo confinamento geral, leva a que muitos …

No primeiro telefonema com um líder estrangeiro, Biden liga a Trudeau

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, falou na sexta-feira com o seu homólogo canadiano, Justin Trudeau, na primeira conversa telefónica com um líder estrangeiro desde que tomou posse na quarta-feira, anunciou a Casa Branca. Os …

PS alarga vantagem sobre PSD. Chega recupera terceiro lugar (mas apenas 1% das mulheres apoia o partido)

Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Observador e para a TVI, se as eleições legislativas fossem hoje, o PS teria a preferência de 42,6% dos portugueses. O partido de António Costa continua com grande …

Caso de nova variante é de uma pessoa sul-africana residente em Lisboa

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul detetado ontem em Portugal é de uma pessoa sul-africana, residente em Lisboa, anunciaram as autoridades de saúde “O caso reporta-se a uma pessoa …

Na Rússia, dezenas de pessoas foram presas durante manifestações de apoio a Navalny

Dezenas de pessoas foram presas hoje durante manifestações organizadas na Rússia para exigir a libertação do opositor Alexei Navalny, que está em prisão preventiva, apesar das múltiplas ameaças das autoridades contra os protestos. De Moscovo a …

Arqueólogos egípcios encontram cópia de capítulo do "Livro dos Mortos"

Arqueólogos egípcios encontraram, em Sacara, uma cópia do Capítulo 17 do "Livro dos Mortos" numa zona de túmulos próximos da pirâmide do faraó Teti. De acordo com o site Live Science, que cita um comunicado do …

Senado avalia processo de destituição de Trump na semana de 8 de fevereiro

O Senado norte-americano irá ouvir na semana de 8 de fevereiro os argumentos iniciais do processo de destituição de Donald Trump por incitamento dos recentes motins do Capitólio, anunciou o senador democrata Chuck Schumer. "Todos queremos …

Portugal é o país do mundo com mais mortes. Vacinas da AstraZeneca vão chegar com atraso

Pela primeira vez, desde o início da pandemia da covid-19, Portugal é o país com maior número de vítimas mortais e mais casos de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo. Más notícias, …

Fóssil de dinossauro dá novas pistas sobre como estes animais acasalavam

É verdade que já sabemos muitas coisas sobre dinossauros – como eram, o que comiam e a causa da sua extinção. Mas nenhum fóssil nos permitiu ainda perceber coisas tão simples como, por exemplo, em que …

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos em desafio na rede social

A rede social TikTok foi hoje bloqueada temporariamente em Itália, para utilizadores cuja idade não está confirmada, na sequência da morte de uma menina de 10 anos que participava num desafio naquela plataforma. A Autoridade para …