/

Portugal regista mais cinco mortes e 488 novos casos de covid-19

2

José Sena Goulão / Lusa

Portugal registou, esta sexta-feira, mais cinco mortes e 488 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 488 novos casos, 210 são na região de Lisboa e Vale do Tejo. No Norte há mais 120 infetados do que nas últimas 24 horas, no Centro há mais 53, no Alentejo há mais 52, no Algarve há mais oito e nos Açores e na Madeira há mais 11 e 34 casos, respetivamente.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença desde o início da pandemia é agora de 819.698. Há, neste momento, 31.540 casos ativos, menos 408 do que na quinta-feira.

Estão também confirmadas 16.819 mortes devido à covid-19, mais cinco óbitos relativamente às últimas 24 horas. A DGS indica que duas ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, duas no Centro e uma no Alentejo.

Neste momento, existem 669 doentes internados em Portugal (menos 26 do que ontem), dos quais 155 nos cuidados intensivos (mais uma pessoa do que ontem).

O boletim da DGS também aponta para mais 891 doentes recuperados, verificando-se já um total de 771.339 pessoas. Há ainda 15.299 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 264 em relação ao dia de ontem.

Na chamada matriz de risco, Portugal continua no verde. O país tem uma média de 75,7 casos de infeção por 100 mil habitantes, mas o Rt (risco de transmissibilidade) subiu para 0,93.

O decreto do 14.º estado de emergência foi promulgado, esta quinta-feira, pelo Presidente da República. O atual período de estado de emergência termina às 23h59 da próxima quarta-feira, 31 de março. Esta renovação terá efeitos entre as 00h00 de 1 de abril e as 23h59 de 15 de abril.

A pandemia do novo coronavírus superou os 125 milhões de casos de infeção a nível mundial, com o número de óbitos a chegar a 2.756.395, indicou o balanço diário da agência France-Presse.

  Filipa Mesquita, ZAP //

2 Comments

  1. Boa! Tá tudo bem… Porque os portugueses aprenderam a lição e; desta vez, vão se comportar. É… Já tá na altura para regressar aois 16 000 infetados por dia! Toca a abrir tudo!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.