Cinco meses depois, Centeno ainda não autorizou nenhuma pré-reforma

partidosocialista / Flickr

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Cinco meses depois de ter entrado em vigor o novo regime de pré-reforma, ainda nenhum funcionário público foi autorizado pelo Ministério das Finanças a suspender a prestação de trabalho.

Em causa está o regime que entrou em vigor no início de fevereiro e ao abrigo do qual os funcionários do Estado com, pelo menos, 55 anos podem pedir a suspensão da prestação de trabalho, mantendo entre 25% e 100% da sua remuneração base.

Esta possibilidade já estava prevista na Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LGTFP) desde 2009, mas só no início deste ano foi efetivamente regulamentada. A par desta modalidade, já estava consagrada na LGTFP e regulada a pré-reforma por redução do tempo de trabalho.

Em ambos os casos, os pedidos têm de receber autorização prévia dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das Finanças e da Administração Pública. Mas, cinco meses depois da entrada em vigor do novo regime das pré-reformas, o gabinete de Mário Centeno ainda não deu “luz verde” a nenhum dos pedidos, avança o Eco.

Já é conhecido o interesse do lado dos funcionários públicos. Na educação, mais de 200 professores tinham submetido pedidos neste sentido, até ao final de maio. Sobre esses requerimentos, o Governo disse apenas que estavam a ser analisados “em função do interesse público”.

“O processo de pré-reforma constitui um instrumento de gestão de recursos humanos devendo os pedidos ser apreciados em função do interesse público subjacente a cada pedido, ou tipologia de pedidos, não estando previsto no programa do Governo nenhum mecanismo de incentivo à pré-reforma“, disse, na altura, Executivo.

Em abril, o governante responsável pela pasta das Finanças disse que o país não se pode dar “ao luxo de ter pessoas a sair do mercado de trabalho” e que a regulamentação da modalidade referida de pré-reforma não foi um convite à sua adesão. “Não estamos a abrir a porta às pré-reformas”, sublinhou Mário Centeno.

O ministro do Trabalho defendeu que a intenção do Executivo nunca foi que a pré-reforma “seja utilizada de forma generalizada”, uma vez que o país precisa das competências dos trabalhadores mais velhos.

Os sindicatos têm criticado, argumentando que esta foi uma das medidas que “se tomaram para não aplicar”. “O que está a acontecer é que os processos ficam na gaveta”, chegou a reforçar José Abraão, dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública.

ZAP //

 

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Este “ditador” ainda não se apercebeu do que está a fazer ao país ? A sugar até ao tutano todos os setores tutelares do Estado. Uma miséria comportamental em contraponto com um simples défice orçamental (em tempo de vacas gordas). E um governo terrivelmente obediente ao “chefe” que, por acaso nem é primeiro ministro. Um homem de sorrir acanalhado que comanda a seu belo prazer todo o rebanho. Até quando temos o país a sofrer esta míngua atroz?

  2. Mas porque razão os funcionários publicos têm mais regalias que os outros trabalhadores?
    35 horas semanais de trabalho ( quando fazem)- Não são despedidos, mesmo que haja razão para isso. Melhores reformas que os outros trabalhadores, com menos anos de descontos. Enfim……….

    • mm, sabe porque? Eu explico:
      Uns sao filhos da mae e outros sao filhos da p_ta bastardos.
      Nao tenho nada contra os “filhos da mae” mas tenho contra os filhos da p_uta que me discriminam por ter optado por uma profissao nao protegida pelo estado.
      Quem sao os protegidos pelo estado? juizes, advogados, politicos, banqueiros e outros “mo(n)ços de recados”

  3. Mas não tinha acabado a crise? Então e o Dr. Costa no debate sobre o Estado da Nação não pintou um país cor-de-rosa???

  4. Os mais experientes e conhecedores dos espinhos da vida sabem que não é possível fazer omeletes sem ovos, o senhor Centeno e senhor Costa também o saberão certamente mas a paixão pelo Poder fala quase sempre mais alto que a realidade da vida e leva os políticos a fazerem promessas e asneiras, daí que para alimentar algumas opções assumidas é necessário cativar noutras áreas e desta forma este ministro que há primeira vista parecia a rainha Santa Isabel com o seu milagre das rosas irá ficar com o cognome do CATIVADOR.

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …