Cimeira do Clima chega finalmente a acordo para mudar o Mundo

Laurent Fabius emociona-se e tem dificuldade em conter as lágrimas durante o seu discurso

O projeto de acordo final para o combate às alterações climáticas foi concluído na madrugada deste sábado, e foi apresentado pela presidência da Cimeira aos representantes dos países que participam na COP21.

A Conferência do Clima COP21, que reuniu desde o dia 30 de novembro representantes de 195 países em Bourget, a nordeste de Paris, termina este sábado, depois de ter sido prolongada por mais um dia para tentar alcançar um acordo global sobre a redução de emissões de gases de efeito de estufa, em substituição do Protocolo de Quioto.

A presidência da Cimeira apresentou aos representantes dos 195 países presentes o projecto de acordo final sobre alterações climáticas, que visa conter o aquecimento global abaixo dos 2°C, e limitá-lo aos 1,5.

“Estamos quase no final do caminho e, provavelmente, no início de um outro”, disse o anfitrião da cimeira, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros Laurent Fabius, visivelmente emocionado, com a voz embargada e notórias dificuldades em conter as lágrimas.

Não são conhecidos detalhes do acordo atingido, que deverá prever uma verba de quase 99 mil milhões de euros para os países em desenvolvimento a partir de 2020, mas Fabius afirma que estará assegurado um limite de aumento da temperatura “bem abaixo dos 2 graus”.

Depois de traduzido para as seis línguas oficiais da ONU, o documento foi lido pelo chefe da diplomacia francesa com um atraso de duas horas e meia em relação ao previsto inicialmente.

A adopção formal do acordo será agora votada em plenário pelos representantes dos países presentes.

Após o discurso de Fabius, o presidente francês, François Hollande, pediu aos delegados presentes na Cimeira que aprovem o texto do acordo, que “será um grande gesto para a humanidade”.

“Estamos num momento decisivo”, sublinhou Hollande, “ e este é o primeiro acordo universal da história das negociações climáticas”.

ZAP / ABr

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ver para crer, normalmente recolhendo cada um ao seu abrigo depressa esquecem que este planeta é afinal a casa comum de todos e que é necessário acima de tudo preservá-la.

RESPONDER

Cientistas criam frango impresso em 3D (e que é cozinhado através de lasers)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Columbia mostrou que diferentes tipos de lasers podem ser usados ​​para cozinhar frango impresso em 3D. De acordo com um comunicado de imprensa, o frango impresso a 3D passou …

"Contra tudo e contra todos". Moedas fez história em Lisboa

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, afirmou hoje ter vencido “contra tudo e contra todos”, porque “a democracia não tem dono”, agradeceu o “voto de confiança” e comprometeu-se …

Ventura admite que “vitória não foi total” ao falhar objetivo de ficar em terceiro

O líder do Chega admitiu hoje que a “vitória não foi total” nas autárquicas de domingo, ao falhar o objetivo de ser a terceira força política, mas defendeu que se “fez história” em Portugal, recusando …

Liveblog Autárquicas. Carlos Moedas ganha Lisboa

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Medina assume derrota em Lisboa. "É uma indiscutível vitória de Carlos Moedas"

Fernando Medina acaba de assumir a derrota nas eleições autárquicas, felicitando Carlos Moedas pela vitória na Câmara de Lisboa. "É uma indiscutível vitória pessoal e política de Carlos Moedas", sublinha Medina. "Foi um privilégio servir esta …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …