Cimeira do Clima chega finalmente a acordo para mudar o Mundo

Laurent Fabius emociona-se e tem dificuldade em conter as lágrimas durante o seu discurso

O projeto de acordo final para o combate às alterações climáticas foi concluído na madrugada deste sábado, e foi apresentado pela presidência da Cimeira aos representantes dos países que participam na COP21.

A Conferência do Clima COP21, que reuniu desde o dia 30 de novembro representantes de 195 países em Bourget, a nordeste de Paris, termina este sábado, depois de ter sido prolongada por mais um dia para tentar alcançar um acordo global sobre a redução de emissões de gases de efeito de estufa, em substituição do Protocolo de Quioto.

A presidência da Cimeira apresentou aos representantes dos 195 países presentes o projecto de acordo final sobre alterações climáticas, que visa conter o aquecimento global abaixo dos 2°C, e limitá-lo aos 1,5.

“Estamos quase no final do caminho e, provavelmente, no início de um outro”, disse o anfitrião da cimeira, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros Laurent Fabius, visivelmente emocionado, com a voz embargada e notórias dificuldades em conter as lágrimas.

Não são conhecidos detalhes do acordo atingido, que deverá prever uma verba de quase 99 mil milhões de euros para os países em desenvolvimento a partir de 2020, mas Fabius afirma que estará assegurado um limite de aumento da temperatura “bem abaixo dos 2 graus”.

Depois de traduzido para as seis línguas oficiais da ONU, o documento foi lido pelo chefe da diplomacia francesa com um atraso de duas horas e meia em relação ao previsto inicialmente.

A adopção formal do acordo será agora votada em plenário pelos representantes dos países presentes.

Após o discurso de Fabius, o presidente francês, François Hollande, pediu aos delegados presentes na Cimeira que aprovem o texto do acordo, que “será um grande gesto para a humanidade”.

“Estamos num momento decisivo”, sublinhou Hollande, “ e este é o primeiro acordo universal da história das negociações climáticas”.

ZAP / ABr

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ver para crer, normalmente recolhendo cada um ao seu abrigo depressa esquecem que este planeta é afinal a casa comum de todos e que é necessário acima de tudo preservá-la.

Responder a Jules Cancelar resposta

Capital das tempestades, Júpiter tem relâmpagos bizarros e chuva "mole" nunca antes vista

Com tempestades constantemente a devastar a sua superfície e uma Grande Mancha Vermelha que se agita há séculos, Júpiter é conhecido como a "capital das tempestades do Sistema Solar". Agora, a missão Juno, da NASA, …

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …