Derrota pesada de Carlos Alexandre no Supremo. Juiz queixa-se de estar a ser injustiçado

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) “chumbou” esta quarta-feira um recurso do juiz de instrução Carlos Alexandre para anular o processo disciplinar que lhe foi colocado pelo Conselho Superior da Magistratura (CSM) devido a declarações à RTP sobre a Operação Marquês.

O acórdão do STJ, a que a agência Lusa teve acesso, refere que os juízes decidiram “indeferir a requerida suspensão da eficácia da Deliberação do Plenário do Conselho Superior da Magistratura, tomada em 23 de abril de 2019, que julgou improcedente a Reclamação deduzida pelo Requerente contra a Deliberação do Conselho Permanente do CSM de 13 de novembro de 2018 (…)”.

O acórdão em causa, datado de 4 de junho mas só agora divulgado, não dá razão ao magistrado, nem lhe suspende o processo disciplinar, conforme tinha pedido.

Em causa, recorde-se, está uma entrevista que o juiz Carlos Alexandre deu à RTP, na qual questionava o sorteio da fase de instrução da Operação Marquês, que tem o antigo primeiro-ministro, José Sócrates, como principal arguido. O sorteio eletrónico do juiz de instrução da Operação Marquês escolheu o outro juiz do TCIC, Ivo Rosa.

“Há uma aleatoriedade que pode ser maior ou menor consoante o número de processos de diferença que exista entre mais do que um juiz”, declarou Carlos Alexandre, após o sorteio.

Na sequência destas declarações, o juiz foi alvo de um processo disciplinar movido pelo CSM, que agora tentou reverter através um recurso.

Segundo noticiou o Diário de Notícias, e confirmou depois o jornal Público, o magistrado apontou vários motivos para travar o processo disciplinar, queixando-se de estar a ser injustiçado pelos colegas e sustentando que não lhe foi permitido defender-se em condições. O DN escreve mesmo que esta foi uma “derrota pesada” do juiz.

No mesmo recurso, o juiz Carlos Alexandre acusa os colegas responsáveis pelo processo de o estarem a prejudicar, uma vez que não admitiram o seu pedido para ser ouvido presencialmente, bem como às 33 testemunhas que indicou.

O magistrado aponta ainda baterias ao Conselho Superior da Magistratura por não ter visto a versão completa da entrevista da RTP, mas antes a sua versão editada. Alega ainda que o órgão se mostrou mais duro nesta decisão do que é habitual, violando assim o princípio da igualdade dos cidadãos.

“Em inúmeros processos de inquérito disciplinar instaurados pelo CSM a magistrados foram concedidas aos visados todas as garantias de defesa”, invocou, citado pelo Público.

Houve “falta de imparcialidade do então Exmo. Senhor Vice-Presidente do CSM e do Exmo. Sr. Inspetor Judicial”, apontou ainda Carlos Alexandre, denunciando “várias ocorrências no processo de inquérito são algo estranhas”.

 

Contactado pelo Diário de Notícias, o juiz conselheiro Mário Morgado, à época vice-presidente do CSM, escusou-se a comentar a acusação de Carlos Alexandre.

A Operação Marquês culminou na acusação a um total de 28 arguidos – 19 pessoas, entre as quais o antigo primeiro-ministro José Sócrates, e nove empresas – e está relacionado com a prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Derrota pesada para a justiça, simplesmente não existe.
    Qualquer magistrado que tente ir contra o sistema, não terá qualquer hipótese.
    Apenas nos filmes, os bons da fita acabam com a vitoria, infelizmente na vida real é precisamente o contrário.
    Acredito que poucos colegas vão estar do seu lado, mas acredito que dorme descansado.

  2. Meteu-se com o PS… Apanhou.
    Agora tem de se inscrever no partido da quadrilha se quer subir na vida, como fez o padeiro que aos 28 anos chegou a especialista em Proteção Civil neste desGoverno

  3. Este Juiz, como qualquer outro, não deve aceitar de comentar, opinar e ter conversas “de Café” fora do Tribunal . O facto de se por debaixo dos holofotes mediáticos, para destilar o que lhe vai na alma sobre um processo em curso, ao qual o sigilo e contenção é primordial, é inescusável ! . Tratando-se de um Cidadão que ainda não foi sentenciado, a atitude deste juiz é inadmissível . Julgado e eventualmente condenado no sitio proprio, é o que qualquer cidadão comum deseja de uma Justiça com ética e não julgamentos em praça publica !……….

RESPONDER

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …