Novos casos deixam China em alerta. Autoridades exigem teste negativo e quarentena a quem vem de Hong Kong

Roman Pilipey / EPA

A China está em alerta após Urumqi, capital da região de Xinjiang, ter detetado novas infeções de covid-19. A cidade suspendeu rapidamente os transportes públicos e a maior parte do voos. Entretanto, as autoridades chinesas estão a exigir um teste negativo e uma quarentena de 14 dias a quem vem de Hong Kong.

A capital da região de Xinjiang, na China, está em alerta após ter detetado várias novas infeções de covid-19, de acordo com o Diário de Notícias. A região reduziu a maioria dos voos para a cidade esta sexta-feira, fechou o metro e suspendeu o serviço de autocarros.

Até agora, foram detetados pelo menos cinco casos relacionados com Urumqi, capital de Xinjiang, incluindo um homem que foi confirmado positivo depois de viajar da cidade para a província de Zhejiang.

As autoridades da aviação anunciaram que 89% dos voos foram cancelados e o sistema de metro anunciou que a única linha da cidade foi encerrada ao final de quinta-feira. Não foi indicado quando é que o serviço normal do metropolitano poderia ser retomado.

Os serviços públicos de autocarros também foram suspensos e os veículos foram submetidos a desinfeção completa. Os funcionários vão ser obrigados a fazer os testes de despiste à covid-19.

As notícias de novos casos levaram os meios de comunicação estatais a emitir garantias de que os supermercados tinham stock de alimentos, numa aparente tentativa de desencorajar a compra em massa.

As autoridades chinesas estão a exigir a quem viaja para a China continental, a partir de Hong Kong, que apresente um teste negativo para a covid-19, realizado nos últimos três dias, e que cumpra 14 dias em quarentena. Exceções incluem estudantes e camionistas, que têm de atravessar a fronteira diariamente, ou “empresários importantes” e outras figuras, segundo o aviso emitido pelas autoridades da China.

A decisão surgiu após a região semiautónoma da China ter registado um novo surto. Hong Kong registou 67 novos casos de infeções pelo novo coronavírus na quinta-feira, o maior aumento de diário de sempre. As autoridades disseram que 63 foram transmitidas localmente e que não conseguiram localizar a fonte de 35 dos infetados.

Os novos casos ilustram a dificuldade contínua que a China enfrenta para eliminar o contágio, que surgiu na cidade de Wuhan, no centro da China, no final do ano passado, antes de se espalhar por todo o país e globalmente. As medidas restritivas e os testes generalizados de despiste à covid-19 colocaram o surto sob controlo dentro das fronteiras chinesas. No entanto, surgiu um novo surto em Pequim em junho, tendo infetado mais de 330 pessoas antes de ser contido.

A China registou um total de mais de 83 mil infeções e 4.634 mortes.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …