Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha.

O partido liderado por André Ventura defende, de acordo com o jornal Sol, que esta medida permite “avaliar a situação de forma independente, evitando-se a troca de acusações entre as forças de segurança e os cidadãos que as acusam de brutalidade”.

O Chega alega que estas câmaras ajudariam não só a proteger os polícias, mas também a tornar a sua atuação mais transparente, numa altura em que os elementos das forças de segurança vivem “sob uma forte pressão da sociedade, muitas vezes injustificada e que não valoriza a real importância das funções que diariamente desempenham”.

“As imagens captadas seriam a prova efetiva do que realmente acontece entre os agentes da autoridade e os cidadãos. Se os elementos das forças de segurança já estivessem dotados deste equipamento, situações como a da alegada agressão policial na Amadora seriam fácil e rapidamente resolvidas”, refere a proposta, a que o jornal i teve acesso, numa referência ao caso da mulher que alega ter sido agredida e insultada por membros da PSP, após o pedido de intervenção do motorista de um autocarro.

A medida, que seria implementada já em 2020, representaria um peso para o erário público. No entanto, “os benefícios serão muito maiores, na medida em que ficam mais bem asseguradas a transparência e a clareza do contexto das ocorrências verificadas, bem como dos elementos em sede de prova testemunhal”.

PSP e GNR questionam atraso

Em relação a este assunto, a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) não compreende qual a razão da demora no uso de microcâmaras por parte das forças de segurança.

Em declarações à TSF, o presidente da ASPP/PSP, Paulo Rodrigues, recorda uma das promessas da anterior legislatura, realçando alguns modelos de câmaras que já existiam e que “poderiam ser instaladas no fardamento”, para explicar que ainda “continuam à espera” dessa instalação.

O representante dos polícias concorda que o uso destes equipamentos poderia ajudar os elementos de segurança num momento em que as denúncias de agressão a uma mulher na Amadora estão a ser investigadas pela Inspeção Geral da Administração Interna.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bem!
    Estou completamente de acordo!
    Ainda o Chega não tinha “chegado”, já toda a gente minimamente atenta, tinha chegado a essa conclusão!…

Ministro alemão encontrado morto "estava muito preocupado" com apoio à população

O ministro das Finanças do Estado alemão de Hesse, Thomas Schäfer, foi encontrado morto no sábado. O corpo do político estava nos carris de uma linha de comboios de alta velocidade, na cidade de Hochheim, …

Oposição denuncia sequestro de dois membros da equipa de Guaidó

Este domingo, a oposição venezuelana denunciou que alegados funcionários das forças de segurança sequestraram dois membros da equipa do líder da oposição, Juan Guaidó. Rafael Rico, do partido Vontade Popular, indicou que o sequestro teve lugar …

Há 853 profissionais de saúde infetados. Cerco sanitário no Porto em discussão

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, revelou que existem 853 profissionais de saúde infetados com a covid-19 em Portugal. Em conferência de imprensa ao fim da manhã desta segunda-feira, depois de a …

Fazer despedimentos ou não renovar contratos são situações distintas, explica Siza Vieira

O ministro da Economia afirma que o acesso aos apoios financeiros do 'lay-off' simplificado está condicionado ao compromisso de não haver despedimentos, mas reconhece que despedimento e não renovação são situações distintas. O ministro da Economia …

Empresas denunciadas por abusos nos despedimentos e violações ao código de trabalho

A CGTP recebeu denúncias a 40 empresas em que são relatadas situações de abuso e aproveitamento laboral. Milhares de trabalhadores foram afetados em todo o país, garante a líder sindical. Isabel Camarinha, classificou como "muito negro" …

NOS Primavera Sound adiado para setembro

Devido ao estado de emergência em que o país se encontra, resultado do surto de COVID-19, a nona edição do NOS Primavera Sound foi adiada e vai acontecer de 3 a 5 setembro. “Perante este cenário …

Twitter apaga publicações de Bolsonaro que defendiam fim das medidas de contenção

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial de Jair Bolsonaro sobre a visita que fez no domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) para …

País vai entrar no "mês mais crítico" da pandemia (e medidas vão ser prolongadas)

O primeiro-ministro, António Costa, avisou esta segunda-feira que Portugal "vai entrar no mês mais crítico desta pandemia" da covid-19 e por isso é necessário que se prepare para esta fase. António Costa falava aos jornalistas na …

Bancos também dão moratória no crédito automóvel

Para além da moratória no crédito à habitação decretada pelo Governo, alguns bancos estão a alargar a moratória ao crédito de consumo, como por exemplo, à prestação do carro. Face à pandemia de covid-19, o Governo …

Justiça dos Estados Unidos investiga senadores por delitos financeiros

Vários senadores norte-americanos estão a ser investigados por terem vendido ações depois de terem recebido briefings sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a CNN, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos começou a investigar …