Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha.

O partido liderado por André Ventura defende, de acordo com o jornal Sol, que esta medida permite “avaliar a situação de forma independente, evitando-se a troca de acusações entre as forças de segurança e os cidadãos que as acusam de brutalidade”.

O Chega alega que estas câmaras ajudariam não só a proteger os polícias, mas também a tornar a sua atuação mais transparente, numa altura em que os elementos das forças de segurança vivem “sob uma forte pressão da sociedade, muitas vezes injustificada e que não valoriza a real importância das funções que diariamente desempenham”.

“As imagens captadas seriam a prova efetiva do que realmente acontece entre os agentes da autoridade e os cidadãos. Se os elementos das forças de segurança já estivessem dotados deste equipamento, situações como a da alegada agressão policial na Amadora seriam fácil e rapidamente resolvidas”, refere a proposta, a que o jornal i teve acesso, numa referência ao caso da mulher que alega ter sido agredida e insultada por membros da PSP, após o pedido de intervenção do motorista de um autocarro.

A medida, que seria implementada já em 2020, representaria um peso para o erário público. No entanto, “os benefícios serão muito maiores, na medida em que ficam mais bem asseguradas a transparência e a clareza do contexto das ocorrências verificadas, bem como dos elementos em sede de prova testemunhal”.

PSP e GNR questionam atraso

Em relação a este assunto, a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) não compreende qual a razão da demora no uso de microcâmaras por parte das forças de segurança.

Em declarações à TSF, o presidente da ASPP/PSP, Paulo Rodrigues, recorda uma das promessas da anterior legislatura, realçando alguns modelos de câmaras que já existiam e que “poderiam ser instaladas no fardamento”, para explicar que ainda “continuam à espera” dessa instalação.

O representante dos polícias concorda que o uso destes equipamentos poderia ajudar os elementos de segurança num momento em que as denúncias de agressão a uma mulher na Amadora estão a ser investigadas pela Inspeção Geral da Administração Interna.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bem!
    Estou completamente de acordo!
    Ainda o Chega não tinha “chegado”, já toda a gente minimamente atenta, tinha chegado a essa conclusão!…

RESPONDER

Ministra garante que Ticão não será extinto e que "nada ficará como antes"

A ministra da Justiça disse, esta quinta-feira, que "nunca nada ficará como antes" no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), o chamado Ticão, mas que não será extinto. Falando à margem da reinauguração das instalações do …

Real Madrid goleia em Granada e continua a sonhar com o título

Os madrilenos golearam em casa do Granada (4-1), esta quinta-feira, em jogo da 36.ª jornada, o que lhes permite continuar a sonhar com a conquista do campeonato. Os golos foram marcados por Modric (aos 17 minutos), …

PS e PAN avançam com direito ao esquecimento para quem sobreviveu ao cancro

O Parlamento vai aprovar esta sexta-feira, na generalidade, projetos-lei para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro no acesso a seguros de vida. O PS apresenta esta sexta-feira uma proposta no parlamento para quem …

Estudo mostra que é seguro misturar vacinas, mas DGS quer mais detalhes

O novo estudo dá indicações sobre a segurança da administração de vacinas de marcas diferentes – uma das opções possíveis em Portugal para o meio milhão de pessoas com menos de 60 anos que receberam …

Romualda Fernandes - PS

"Erro" ou "canalhice"? Editor da Lusa demite-se após referência racista a deputada do PS

A Lusa está no olho do furacão depois de um jornalista da casa ter identificado a deputada do PS Romualda Fernandes como "Preta" numa peça que acabou por ser replicada em vários jornais online. O …

Estudo mostra que o navio Mary Rose tinha uma tripulação multiétnica

A análise dos restos mortais de parte da tripulação do navio de guerra Mary Rose, o favorito do rei Henrique VIII de Inglaterra, mostra a diversidade que já existia no período Tudor. O navio de guerra …

Hulk marcou num jogo que foi interrompido... cinco vezes

Muitas pausas na partida entre América de Cali e Atlético Mineiro. Protestos na Colômbia também afetaram o jogo Atlético Nacional-Nacional. Grupo H da Taça Libertadores, quarta jornada. Em Barranquilla, América de Cali e Atlético Mineiro entraram …

Festa leonina, OE e política. Marcelo poupa Cabrita, mas não põe de lado uma remodelação

Em entrevista à RTP, a primeira deste mandato, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, poupou Cabrita, culpou os adeptos pelo que se passou nos festejos do Sporting, sublinhou que acredita que o Orçamento …

Governo prometeu a Bruxelas reforma de serviços do Estado. Sindicatos não sabiam

O Governo prometeu a Bruxelas arrancar com uma “reforma funcional e orgânica da administração pública (AP)” sob pena de não receber os cheques da bazuca europeia. “A reforma iniciar-se-á no segundo trimestre de 2021, com a …

Implante neural permite que pessoas paralisadas escrevam. Basta imaginar as letras

Pela primeira vez, uma equipa de investigadores descodificou os sinais neurais associados à escrita de letras e, em seguida, exibiu versões digitadas dessas letras em tempo real. Quando uma lesão ou doença priva uma pessoa da …