Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha.

O partido liderado por André Ventura defende, de acordo com o jornal Sol, que esta medida permite “avaliar a situação de forma independente, evitando-se a troca de acusações entre as forças de segurança e os cidadãos que as acusam de brutalidade”.

O Chega alega que estas câmaras ajudariam não só a proteger os polícias, mas também a tornar a sua atuação mais transparente, numa altura em que os elementos das forças de segurança vivem “sob uma forte pressão da sociedade, muitas vezes injustificada e que não valoriza a real importância das funções que diariamente desempenham”.

“As imagens captadas seriam a prova efetiva do que realmente acontece entre os agentes da autoridade e os cidadãos. Se os elementos das forças de segurança já estivessem dotados deste equipamento, situações como a da alegada agressão policial na Amadora seriam fácil e rapidamente resolvidas”, refere a proposta, a que o jornal i teve acesso, numa referência ao caso da mulher que alega ter sido agredida e insultada por membros da PSP, após o pedido de intervenção do motorista de um autocarro.

A medida, que seria implementada já em 2020, representaria um peso para o erário público. No entanto, “os benefícios serão muito maiores, na medida em que ficam mais bem asseguradas a transparência e a clareza do contexto das ocorrências verificadas, bem como dos elementos em sede de prova testemunhal”.

PSP e GNR questionam atraso

Em relação a este assunto, a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) não compreende qual a razão da demora no uso de microcâmaras por parte das forças de segurança.

Em declarações à TSF, o presidente da ASPP/PSP, Paulo Rodrigues, recorda uma das promessas da anterior legislatura, realçando alguns modelos de câmaras que já existiam e que “poderiam ser instaladas no fardamento”, para explicar que ainda “continuam à espera” dessa instalação.

O representante dos polícias concorda que o uso destes equipamentos poderia ajudar os elementos de segurança num momento em que as denúncias de agressão a uma mulher na Amadora estão a ser investigadas pela Inspeção Geral da Administração Interna.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bem!
    Estou completamente de acordo!
    Ainda o Chega não tinha “chegado”, já toda a gente minimamente atenta, tinha chegado a essa conclusão!…

Responder a Eu! Cancelar resposta

Mais de metade dos ventiladores que chegaram da China ficam na Grande Lisboa

A região Norte concentra 57% dos casos de covid-19, mas mais de metade dos 144 ventiladores que chegaram este domingo da China vão ficar na Grande Lisboa. Segundo o Público, os ventiladores são uma oferta feita …

Nova Iorque pondera enterrar temporariamente vítimas de covid-19 em parques urbanos

As autoridades de Nova Iorque, nos Estados Unidos, ponderam utilizar parques urbanos locais para enterrar temporariamente vítimas da pandemia de covid-19, anunciou o presidente do comité de saúde do conselho da cidade, Mark Levine. "Em breve, …

Ações de Isabel dos Santos arrestadas na NOS ascendem a 422 milhões

O Tribunal Central de Instrução Criminal arrestou em março 26,07% das ações da NOS, controladas indiretamente por Isabel dos Santos. No total, as ações ascendem a 422 milhões de euros. Segundo o Jornal Económico, a ZOPT, …

Vem aí uma Super Lua Rosa. É a maior de 2020

Na noite desta terça-feira, vai ser possível observar a maior e mais brilhante Lua cheia do ano de 2020. Chama-se "Super Lua Rosa". As superluas ocorrem quando a Lua está a 90% da sua abordagem mais …

Grávidas sem covid-19 voltam a ter acompanhantes no Hospital de Santa Maria

A suspensão, que decorria desde há 2 semanas no Hospital de Santa Maria, foi levantada "a pensar nos enormes benefícios para as grávidas nesse momento único", devido à "introdução de colheitas sistemáticas do novo coronavírus". As …

Miranda Sarmento acusa ministro da Economia de ter faltado à verdade

Joaquim Miranda Sarmento considera que o ministro da Economia "disse duas coisas que não são verdade" ao comentar as 18 propostas apresentadas pelo PSD esta segunda-feira. Em entrevista à Rádio Observador, Joaquim Miranda Sarmento, Presidente do …

Hospital da Cruz Vermelha acusa Francisco George de pôr em risco sobrevivência da unidade

Clínicos do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa (HCVP) acusam Francisco George de estar a colocar em risco "a sobrevivência clínica e económica" daquela unidade de saúde de Lisboa. Mais de 50 clínicos do Hospital da Cruz …

André Ventura acredita que será reeleito

A demissão do líder do Chega deverá ser feita oficialmente esta semana, mas André Ventura acredita que será reeleito com o apoio das distritais, das regionais e dos militantes. O líder da distrital do Porto apresentou …

Primeira linha de crédito de 400 milhões de euros para empresas já esgotou

A primeira linha de crédito criada pelo Governo para apoiar empresas, no âmbito da crise desencadeada pela pandemia de covid-19, já esgotou. De acordo com o semanário Expresso, já não estão a ser aceites candidaturas para …

Recém-nascidos vão poder ser registados pela Internet

O registo de recém-nascidos vai poder ser feito através da plataforma digital dos Serviços da Justiça, de modo a evitar as saídas de casa. Os balcões "Nascer Cidadãos", que garantiam o registo de bebés após o …