“Relativamente rápido”. Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

Stephanie Lecocq / EPA

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma “relativamente rápida”.

Em entrevista ao jornal alemão Welt am Sonntag, Centeno disse que esta crise não é a mesma de 2008 e que, face a esse período, agora, a União Europeia tem “instituições mais fortes, bancos mais fortes, finanças públicas mais fortes e uma posição comercial equilibrada”.

Na entrevista, de acordo com a Renascença, o presidente do Eurogrupo elogiou a proposta conjunta de França e Alemanha, dizendo ser “um passo corajoso na direção para ultrapassar a crise”.

“Este enorme estímulo acelerará fortemente a recuperação económica. Na atual previsão da UE, a Alemanha atingirá os níveis de PIB de 2019, no final de 2021. Nem todos os países da UE são capazes de combater a crise com tanto sucesso quanto a Alemanha, porque não possuem o mesmo poder. Mas até ao final de 2022, a maioria, senão todos, dos países da UE retornará aos níveis do PIB em 2019″, afiança.

O plano conjunto de Angela Merkel e Emmanuel Macron para responder à crise da covid-19 consiste um fundo de recuperação de 500 mil milhões a entregue a fundo perdido às economias mais afetadas. Os Países Baixos, Áustria, Suécia e Dinamarca opõem-se a este plano e propõem um veículo de empréstimos “temporários”, em “condições favoráveis”, concedidos tendo como contrapartida que os países beneficiários promovam reformas estruturais nas suas economias para assegurar que estarão “mais bem preparados para a próxima crise“.

De acordo com a TSF, o ministro reconheceu que as negociações vão ser difíceis, mas pretende que haja acordo antes do verão, para dar garantias aos cidadãos, empresas, mercados e dar credibilidade à resposta europeia.

“[As pessoas] temem pela sua saúde e pela segurança: isto é uma questão de vida ou de morte. As pessoas perderam os seus pais, as suas mães e os seus avós nas últimas semanas e estão extremamente sensíveis em relação a esta questão – e, com razão, têm uma expectativa de solidariedade por parte da UE”, explicou o ministro.

Para Centeno, apesar destes dados não serem “motivo para celebrar”, a crise “não é o fim do mundo”. “Podemos ter certeza de uma recuperação relativamente rápida“, sublinhou.

Recandidatura ao Eurogrupo

Questionado sobre a sua continuação como presidente do Eurogrupo, de acordo com o Notícias ao Minuto, Centeno não falou sobre a sua decisão, dizendo apenas ser expetável que o seu futuro não passe pelo cargo, tendo em conta que deixará o Governo este ano. “O meu mandato termina no dia 13 de julho e vou informar os meus colegas, durante as próximas semanas, se vou concorrer a um segundo mandato”, disse.

Quanto ao regresso dos turistas alemães a solo português, Centeno disse não vê “problema” e mostrou-se confiante de que o país poderá receber turistas no verão.

“Portugal foi relativamente bem sucedido no combate à pandemia. Estamos agora a trabalhar com a Alemanha e outros países para garantir que o turismo e as viagens aéreas estão prontas e seguras para o período de verão. Portanto, estou certo de que no verão poderemos receber turistas”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. QUE FALTA DE ÉTICA E DE CHARME!….
    Que moralidade e que ética terá um ministro que se diz a prazo, em pronunciar-se sobre um futuro que segundo ele já não lhe pertence?…Já está a fazer um “Caderno de Encargos”, que ele sabe impossível de cumprir ao seu substituto…

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …