CDS desafia Costa a cortar salários no Governo para comprar material médico

Paulo Novais / Lusa

O líder do CDS-PP deu uma entrevista ao semanário Expresso, que vai ser publicada na íntegra este sábado, na qual aborda a atuação do Governo no combate à pandemia de covid-19.

Numa entrevista ao semanário ExpressoFrancisco Rodrigues dos Santos entende que o primeiro-ministro e o resto do Governo deveriam ceder uma parte dos seus salários para, por exemplo, comprar material médico.

“António Costa podia seguir o exemplo da primeira-ministra da Nova Zelândia, que cortou em 20% os vencimentos do seu Governo, ou do chanceler austríaco, que doou um mês de salário de toda a sua equipa governamental para apoiar a que está na linha da frente do combate à covid-19. Os políticos têm de dar o exemplo ao país e solidarizar-se com os milhões de portugueses”, afirma o líder do CDS-PP.

“As verbas resultantes da redução de vencimentos e da doação, tal como aconteceu naqueles países, poderia ser consignada à compra de testes, equipamentos de proteção individual e ventiladores pelas respetivas entidades a serem disponibilizadas aos seus funcionários e à comunidade em geral, especialmente às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) que apoiam idosos”, continua.

O líder dos centristas considera que esta é uma ideia “simbólica”, mas que seria “moralizadora” para os portugueses.

Relativamente à forma como o Governo de António Costa tem lidado com a pandemia, sobretudo na ajuda às empresas, Francisco Rodrigues dos Santos declara que o Executivo “atuou por reação” e só agora está a tomar medidas que deveriam ter sido tomadas desde o início como, por exemplo, o lay-off para todos os sócios-gerentes.

Para o centrista, o seu partido “esteve sempre um passo à frente, ao contrário do Governo que foi sendo atropelado pela realidade”.

O presidente do CDS-PP propõe ainda que seja criado um mecanismo de acerto de contas entre o Estado e os contribuintes, possibilitando que os valores em dívida possam ser descontados em impostos a pagar pelas empresas e famílias.

“O CDS propõe a criação de um mecanismo de acerto de contas, que permita a qualquer pessoa ou empresa a quem o Estado se atrasa a pagar, poder descontar o valor das faturas vencidas, para pagar os seus impostos e contribuições”, afirma.

Questionado sobre a situação da TAP, o líder do CDS considera que a solução não passa pela nacionalização da companhia aérea, mas sim por um acordo entre o Estado português e os acionistas privados.

“O ministro Pedro Nuno Santos tem sido um zero à esquerda na gestão deste dossiê. Até agora, a TAP viu zero por parte do Estado. Mas o ministro ignora que houve uma redução drástica da operação”, atira, acrescentando que o CDS não concorda “com estas ideias megalómanas de um ministro fanfarrão que acha que o dinheiro dos contribuintes deve ser injetado de forma desregulada”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Hahahaaaa… é só rir com este Ventura de 2°!…
    Então o CDS que votou contra a criação do SNS e que esteve no governo no tempo da troika (onde não só não diminuíram os salários do governo como os aumentaram!) e agora este advogado padreco sai-se com estas pérolas??
    O que dirá o Paulo Portas desta gente?

  2.  Francisco Rodrigues dos Santos, porque não fez isso o CDS quando foi governo sempre poupavam nos roubos que fizeram aos mais fracos, vai te encher de moscas.

  3. O CDS morreu, decididamente. Mas quem é esta criatura? E qual o nível de demagogia que está disponível a aceitar no seu discurso? E que tal voltar ao infantário e aparecer daqui a 30 anos de preferência com ideias e sem disparates. Que saudades do Portas…

RESPONDER

Polícia de Hong Kong detém 180 manifestantes. E elogia lei da segurança nacional

A polícia de Hong Kong elogiou a lei da segurança nacional chinesa, horas depois de ter detido pelo menos 180 manifestantes que protestaram, este domingo, contra a legislação anunciada por Pequim. O comissário da polícia, Tang Ping-keung, …

Pinto da Costa recandidata-se a "pensar nas dificuldades do presente"

Pinto da Costa admitiu, este domingo, no lançamento do site oficial da recandidatura à presidência do FC Porto, que vai a eleições "a pensar nas dificuldades tremendas do presente". No site oficial da sua candidatura, Pinto …

Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília. De acordo com o jornal Público, …

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …

Há quatro distritos sem meios aéreos de combate a incêndios. PSD denuncia "grave violação do planeamento"

O PSD denuncia a falta de, pelo menos, oito helicópteros ligeiros e de todas as aeronaves de coordenação previstas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais. Este domingo, o PSD questionou o Governo relativamente ao …

Desemprego sobe 52% entre jovens até aos 24 anos

O desemprego entre os jovens até aos 24 anos disparou à boleia da pandemia de covid-19, que já fez mais de 1.300 vítimas mortais em Portugal. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança …