Cavaco diz que tentou “reduzir riscos” da “inédita” geringonça

Homem de Gouveia / Lusa

O antigo Presidente da República de Portugal, Aníbal Cavaco Silva

Cavaco Silva disse esta quinta-feira, sobre o “demorado e complexo” processo que culminou na posse de António Costa, que procurou “reduzir os riscos” de uma solução “inédita”. O ex-Presidente da República disse ainda que evitou deixar a decisão para o seu sucessor.

“[Este livro] descreve como atuei no demorado e complexo processo de gestação do Governo que os portugueses apelidam de ‘geringonça’. Reuni-me com dezenas de pessoas para obter informação para reduzir os riscos que podiam resultar de uma solução completamente inédita em 40 anos de democracia”, disse o antigo Presidente da República.

Aníbal Cavaco Silva falava numa livraria na cidade do Porto, onde apresentou o segundo volume do seu livro “Quinta-feira e outros dias”, perante uma audiência de cerca de meia centena de pessoas.

Já numa fase reservada a perguntas, Cavaco Silva explicou melhor o período que antecedeu a posse de António Costa como primeiro-ministro, lembrando que tinha trabalhado com outros dois líderes socialistas que lhe tinham sido “claros”.

“Tinham-me dito ‘nunca será possível pelo nosso partido coligar-se com esses dois partidos. Bloco de Esquerda e PCP não merecem a nossa confiança’. Disseram sempre de forma clara”, descreveu Cavaco Silva, sem indicar os nomes dos líderes socialistas, sendo que na obra são mencionados José Sócrates e António José Seguro.

“Um Presidente da República não pode deixar de tentar reduzir os riscos que podem surgir durante uma governação formada dessa forma. Entreguei um memorando ao atual primeiro-ministro com as condições que considerava fundamentais que fossem respeitadas na governação e ele tinha de dar uma resposta por escrito”.

“Não queria deixar para o próximo Presidente da República a decisão de dissolver ou não a Assembleia”, descreveu.

Antes, Cavaco Silva, que não falou aos jornalistas à entrada nem à saída da sessão, reforçou que considera “um imperativo a prestação de contas por parte daqueles que exerceram cargos públicos”, apontando que, do seu ponto de vista, “os diálogos entre Presidente da República e primeiro-ministro devem ser mantidos reservados durante o exercício das funções presidenciais”, mas depois podem ser divulgados.

“Portugal deve ser um dos poucos países democráticos em que há políticos e comentadores que consideram que as conversas regulares entre o Presidente da República e um primeiro-ministro são privadas. É um total absurdo. Trata-se de conversas sobre assuntos do Estado, conversas com influência na vida dos portugueses e no futuro do país. No final do mandato, por uma questão de transparência, os portugueses podem saber como é que eu atuei na defesa do superior interesse nacional”, salientou.

Sobre esta matéria, em jeito de reação às críticas que lhe têm sido feitas sobre a divulgação de acontecimentos enquanto era chefe de Estado, Cavaco Silva convidou os críticos a “consultarem biografias de políticos das democracias ocidentais”.

“Basta consultarem para perceber quão anormais e quão esquisitas são as posições daqueles que, entre nós, defendem que as conversas têm de ser mantidas reservadas depois de terminado o mandato. Essas posições, de alguns políticos portugueses, são reflexo da má tradição que existe em Portugal de falta de prestação de contas de quem exerceu altas funções públicas”, disse o ex-Presidente.

Ao longo da sessão, Cavaco Silva enumerou ainda alguns dos temas que marcam o livro, destacando a revisão do Estatuto Político-administrativo dos Açores, o qual considerou um dos seus “maiores contributos para a defesa do superior interesse nacional”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vespa asiática está a propagar-se pelo centro do país

A vespa asiática, ou vespa velutina, uma espécie invasora predadora das abelhas, está a propagar-se pela região centro do país, com ninhos identificados em todo o norte do distrito de Santarém, disse hoje à Lusa …

Já há mais de mil desaparecidos nos incêndios da Califórnia

As autoridades dos Estados Unidos informaram nesta sexta-feira que o número de desaparecidos no gigantesco incêndio que queima há mais de uma semana no norte da Califórnia já superam o milhar. Em conferência de imprensa, o …

As orcas partilham traços de personalidade com humanos e chimpanzés

As orcas exibem características de personalidade semelhantes aos humanos e chimpanzés, como a brincadeira, a alegria e o afeto, de acordo com uma nova investigação divulgada pela Associação Americana de Psicologia (AAP). Investigadores em Espanha analisaram …

Manifestante morre atropelada por mãe desesperada em bloqueio dos “coletes amarelos” em França

Uma manifestante dos “coletes amarelos” morreu em Sabóia, sudeste de França, atropelada por uma condutora em pânico, disse este sábado o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. A condutora, que levava a filha ao médico, teve …

A César o que é de César. Costa fica a saber quem manda nos deputados do PS

António Costa está "muito satisfeito" com a liberdade de voto concedida pelo líder da bancada parlamentar do PS, Carlos César, aos deputados na proposta do Governo sobre o IVA da tauromaquia. Mas o mal-estar entre …

Distracção de professora provoca lesões em 40 crianças na China

A distracção de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta numa escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou esta sexta-feira a imprensa local. Os …

A Terra está a comer os seus próprios oceanos

À medida que as placas tectónicas da Terra mergulham umas nas outras, arrastam 3 vezes mais água para o interior do planeta do que se pensava. Estes são os resultados de um novo artigo publicado a …

Portugal sob risco de "chuvas de lama"

Portugal corre neste sábado o risco de chuvas de lama, segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que avisa também para a fraca qualidade do ar durante o fim-de-semana. A APA prevê que as regiões de …

CIA concluiu que príncipe saudita ordenou morte de Jamal Khashoggi

O jornal Washington Post noticiou na sexta-feira que a Agência Central de Informações, CIA, concluiu que o príncipe herdeiro saudita ordenou o homicídio do jornalista Jamal Khashoggi em Istambul, citando fontes anónimas. A informação veiculada pelo …

Novas imagens mostram momentos de terror em Alcochete

Foram divulgadas novas imagens captadas pelo sistema de video-vigilância da Academia do Sporting, em Alcochete, que revelam como decorreu a invasão de 15 de Maio de 2018, que culminou com a agressão de jogadores e equipa …