Catalunha vai declarar a independência “dentro de dias”

Quique Garcia / EPA

Carles Puigdemont

O presidente da Generalitat da Catalunha, Carles Puigdemont, anunciou na noite desta terça-feira em entrevista à BBC que irá declarar a independência da Catalunha “em questão de dias”.

O governo da Catalunha “agirá no fim desta semana ou princípio da próxima”, acrescentou Carles Puigdemont, que falava à BBC momentos antes de o Rei Filipe VI ter proferido uma declaração institucional em que acusa as autoridades autonómicas catalãs de uma “deslealdade inadmissível”.

Na entrevista à BBC, o presidente da Generalitat da Catalunha considerou que “seria um erro, que mudaria tudo, se o Governo espanhol decidisse assumir o controlo do Executivo regional catalão”.

Puigdemont descreveu como “muito decepcionante” a reacção da União Europeia à actuação das autoridades policiais durante o referendo convocado pelo seu governo para o passado domingo.

Após o apuramento dos resultados, as autoridades catalãs dizem terem sido contabilizados 90% de votos favoráveis à independência.

“Deslealdade inadmissível” e “conduta irresponsável”

O rei de Espanha, Felipe VI, acusou hoje “determinadas autoridades” da Catalunha de “deslealdade” institucional e de terem uma “conduta irresponsável”, totalmente à margem do direito e da democracia.

Numa mensagem transmitida pela televisão, Felipe VI explicou que tinha decidido dirigir-se “diretamente aos espanhóis” porque se estão a “viver momentos muito graves para a vida democrática” do país.

A Espanha vive uma crise institucional depois de as autoridades da Comunidade Autónoma da Catalunha terem organizado no último domingo um referendo de autodeterminação da região que foi considerado ilegal pelo Estado espanhol.

ZAP // 20 Minutos / BBC

 

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Este ato chama-se “revolução”, isto num estado de democracia não se compreende!
    Não é c/ este tipo de atitudes que os catalães vão a algum lado. Reclamam que o governo espanhol não entra em dialogo, por sua parte eles tão pouco. Se passaram p/ a atitude de referendo quando este é ilegal estão á espera de quê? Os politicos catalães estão é c/ SEDE de poder e GANANCIA, infelizmente o povo não pensa, mas é o povo que paga c/ as grandes consequências.
    SEnão vejam o Pais Basco andou décadas, c/ atentados terroristas, mataram civis etc e nada conseguiram. A que propósito seria aceite a independencia da Catalunha? Esta região faz parte de 1 país = ESPANHA. Por esta ordem daqui a nada cada cidade vai pedir independencia e passa a país!! Haja bom senso. Povo acordem não se deixem manipular por politicos c/ SEDE de poder e ganancia de dinheiro, porque no final é disso que se trata.

    • Nem é revolução, o nome certo para isto é alta-traição. Declarar independência é traição e deviam todos ser julgados como tal.

  2. Porque não declaram também a independência do Rossillon, que é a Catalunha francesa? Ou são mais democráticos com o centralismo chauvinista francês? O Rossillon também pode usar oficialmente a língua catalâ? Não. Na República Francesa até as touradas são permitidas e o estado de excepção passou a ser a lei da República.
    Haja verdade democrática. Não às eleições à cubana.
    Haja democracia e diálogo democrático.
    A monarquia espanhola e as monarquias europeias restantes são muito mais repúblicas democráticas do que a maioria das repúblicas do mundo, inclusive a portuguesa.
    Querem liberdade, mas já a têm toda e nem querem reconhecer os direitos dos que não falam catalão e querem impor uma língua à força. Haja vergonha. Façam um acordo como fizeram com o País Basco. O problema são negócios e dinheiro.
    Ao menos os bascos também se referiam ao País Basco francês. Estes têm medo da França.

  3. Para onde caminhamos? A Bíblia diz: “E [o rei do norte = Rússia desde a segunda metade do século XIX. (Daniel 11:27)] tornará para a sua terra com muitos bens [1945], e o seu coração será contra a santa aliança [a hostilidade em relação aos cristãos. A União Soviética introduziu o ateísmo estatal]; e vai agir [isso significa alta atividade no cenário internacional], e voltará para a sua terra [1991-1993. A dissolução da União Soviética e o Pacto de Varsóvia. As tropas russas retornaram a sua terra]. No tempo designado voltará [isso significa crise, que irá eclipsar a Grande Depressão; a desintegração não só da área do euro, mas também da União Europeia e da NATO. Muitos países do antigo bloco de Leste voltará à esfera de influência russa].” (Daniel 11:28, 29a)

  4. O Costa se fosse esperto apoiava os catalães e no final encostava-os para o lado e assumia o governo da Catalunha!!! Portugal ficaria muito mais rico com o novo enclave… a seguir vendia-o aos franceses e pagava a dívida pública portuguesa!

  5. Correcção: O actual Rei de Espanha é Filipe VI não Filipe IV (este último reinava quando Portugal restaurou a independência)

  6. Esse repas e compinchas devem tê-la armada bem grossa para estarem tão fanáticos a respeito da independência custe o que custar. É a chamada fuga para a frente, para não terem de enfrentar a justiça. Perante a gigantesca barafunda que foi o “referendo”, com 58% de abstenção, a sua legitimidade é nenhuma. O Estado espanhol tem todo o direito de declarar lei marcial e de prender todos esses traidores à pátria.

    • logicamente!!!!… a armaçao que a catalunha tem feito para alem da corrupçao geral dos seus dirigentes ao longo de anos e decadas, tem usado os dinheiros publicos nao se sabe onde(digo eu) e tem dito ao povo que o estado espanhol nao lhes entrega o que lhes pertençe….barcelona clube desportivo ,sabe se que e das sociedades desportivas mais corruptas da europa, lembrar o negocio neymar e o famigerado rosel!!! para nao falar nos “feitos” da equipe de futebol….com a conivencia de platini e blater||| os suiços correram com uns mas o rei de espanha, ainda nao teve a coragem de correr com os outros, que dizem as mas linguas sao os dirigentes na europa que alberga mais jihiadistas islamicos e criaram um fundo de 1 milhao de euros para os sustentar e subsidiar. a catalunha esta prestes a se tornar um enclave do quatar na europa!!!! com piquet guardiola e quejandos…..batendo palmas!!!!. traiçao á patria devia dar expulsao de espanha dessa quadrilha!!! a começar por ada colau e puijdemon

  7. Pois, no meu prédio decidimos que queremos ser independentes de portugal. Eu e uns amigos do 2.ª esquerdo fizemos um referendo e todos concordámos com a independência, e juntos já somos mais ou menos 40% dos inquilinos.
    Amanhã vamos proclamar a independência do prédio, o que é óptimo. Não é que sejamos perseguidos e mal tratados, mas assim já não vamos ter obrigações com o estado português, como pagar o IMI, cumprir leis e essas coisas chatas.
    O Paulo, um dos que vive no 2.º esquerdo, joga futebol e diz que não se importa de jogar pela selecção de portugal. Aliás, chegámos à conclusão que nos sentimos ainda portugueses. A nossa ideia é sermos mais ou menos como um filho de 18 anos que sai da casa dos pais, mas queremos continuar a visitá-los à hora das refeições, para lavar a roupa, pedir o carro emprestado e umas coisas desse tipo…
    Gostava que os que me compreendem, os que são a favor da independência da catalunha, viessem ajudar-nos a tornar o nosso prédio independente.

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …