Caso Maddie: polícia procura mulher da Europa de Leste

Facundo Arrizabalaga / EPA

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

As autoridades britânicas continuam a seguir pistas em busca por Madeleine McCann e, desta feita, procuram uma mulher de Leste que terá vivido em Portugal, aquando do desaparecimento da menina, em 2007.

A Scotland Yard, a polícia metropolitana de Londres, continua empenhada na Operação ‘Grange’ que investiga o desaparecimento de Madeleine McCann.

E depois de ter sido notícia que o Governo do Reino Unido cedeu mais 175 mil euros para a investigação, sabe-se agora que a “pista significativa” que está a ser seguida é a de uma mulher da Europa de Leste.

Esta alegada testemunha, vista como “chave” para o caso, viveria numa residência vizinha ao resort, aquando do desaparecimento da menina, no Algarve. A Scotland Yard acredita que a mulher terá informações fundamentais sobre as circunstâncias em que a menina desapareceu, segundo avançam os jornais The Sun e Daily Mail.

“Pode ter visto ou ouvido alguma coisa que pode ter parecido insignificante, na altura, mas que se poderá provar vital”, refere uma fonte da polícia britânica ao The Sun.

“Se ela se reconhecer a si própria, deve contactar a polícia. Não tem nada a temer. É só para a podermos eliminar das pessoas a questionar”, acrescenta a mesma fonte.

Esta mulher terá deixado Portugal depois da morte do marido, segundo os media britânicos.

Pais de Maddie queixam-se de “mensagens de ódio”

Entretanto, após mais uma tranche de dinheiro disponibilizada pelo Governo britânico para a investigação, os pais de Maddie lamentam que têm recebido uma nova vaga de “mensagens de ódio”, conforme noticia o The Sun.

Um amigo de Kate e Gerry McCann refere ao jornal que os dois estão “zangados e incomodados por as pessoas continuarem a escrever coisas falsas e maliciosas contra eles. De cada vez que uma história positiva surge, os “trolls” aparecem com ainda mais abuso. Isso tem acontecido nos últimos 10 anos”, refere esta pessoa não identificada.

Os pais de Maddie têm repetido que continuam com esperança de encontrar a filha viva. Maddie está desaparecida há 10 anos.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Para quando, um episódio desta novela inglesa em que o suspeito é um ET que levou a miúda para Marte?!
    É que, além da falta de originalidade, a Terra começa a ser pequena para tantos suspeitos!…

  2. Porque não colocam as investigações criminais de Miami Beach, já teriam resolvido este caso! Alguma resposta tem que ter sobre este caso, eu fico muito anciosa para saber o que realmente aconteceu com este menina tão linda.

  3. A Scotland Yard ou está fazendo um grande trabalho, ou vai perder toda a sua credibilidade e dignidade com o caso “Maddie”. Só estouram dinheiro e avanços… nada de nada. Devem interrogar a fundo o casal McCann, bem como todos os amigos, sem exceção, que estiveram em Portugal à data do desaparecimento da criança inglesa. Provávelmente, se tal acontecesse, os avanços nesta investigação seriam extraordinários.

  4. Soro da verdade nas veias dos pais e a verdade virá ao de cima !
    Algumas dúvidas ? EU não tenho desde que ouvi a primeira vez as desculpas dos pais incomodados pela
    falta da atenção aos filhos que preferiram o bar e simplesmente dopar os filhos para dormir.
    Ambos médicos deixam a pensar !

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …