Cabo eléctrico vai ligar Portugal a Marrocos e baixar a conta da luz

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro cumpre nesta terça-feira, em Rabat, Marrocos, o segundo e último dia da 13.ª Cimeira Luso-Marroquina, tendo como tema central o projecto de construção de um cabo para interconexão eléctrica, com 220 quilómetros, entre os dois países.

“O principal desafio que temos é o de estabelecermos a interconexão eléctrica. É uma oportunidade para podermos, de modo sustentável, contribuir para baixar e termos uma melhor factura energética“, sustentou António Costa, no final do primeiro dia de cimeira.

Este projecto de investimento para a construção do cabo de interligação eléctrica deve arrancar no primeiro semestre de 2018 e está avaliado entre 500 e 700 milhões de euros, tendo como modelo técnico e financeiro o esquema de operação usado na ligação edificada entre a Holanda e o Reino Unido, que custou cerca de 600 milhões de euros.

No plano técnico, esta interligação eléctrica permitirá a Portugal vender energia a Marrocos em alguns momentos de um determinado dia e, eventualmente, comprar em outras alturas desse mesmo dia. “O transporte de energia far-se-á nos dois sentidos”, referiu.

De acordo com os estudos, que se encontram em fase de conclusão, o cabo deverá ligar a zona de Tavira, no Algarve, à cidade marroquina de Tânger.

Com esta interligação eléctrica “será reforçada a segurança do abastecimento energético dos dois países, através de uma maior diversificação das fontes de energia”, referiu também o primeiro-ministro.

Agora, só falta que “surjam os investimentos para a concretização desta obra”, notou, realçando que “esta é uma das prioridades das relações com Marrocos nos próximos anos”.

Exportações para Marrocos em alta

No que respeita ao quadro global de relações económicas entre Portugal e Marrocos, o primeiro-ministro salientou a existência de mais de três centenas de empresas portuguesas com investimentos neste país.

“As exportações para Marrocos têm vindo a subir significativamente e há também investimentos marroquinos em Portugal. Há ainda a possibilidade de empresas marroquinas e portuguesas trabalharem em conjunto em vários países africanos onde estão presentes”, acentuou António Costa.

A passagem do governante por Rabat prevê encontros com empresários portugueses, a participação na abertura do fórum empresarial luso-marroquino e a assinatura de acordos bilaterais com o Governo marroquino.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Hummmm. Alguém fez bem as contas a isso tudo? É que em Marrocos há muito sol e qualquer dia poderão usá-lo para produzir energia. E nesse caso estaríamos a construir uma via para… importarmos. Fizeram bem as continhas todas, agora que o homem das contas está a monte para a Europa?

  2. Grande MENTIROSO !!!
    O cabo liga Portugal a Marrocos, torna a energia mais barata, a EDP aumenta os lucros e o zé povo continua a pagar o mesmo (ou mais!)
    Quando o Tosta conseguir tirar das nossas facturas os valores de CMEC, ou Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual, uma das maiores fontes de receita, e de lucro, da EDP em Portugal, a gente começa a acreditar no aldrabão.

  3. Concordo com os outros comentários.
    Infelizmente isto são ideais que não são aplicados. Tal como os enormes parques foto-voltaicos no Alentejo e dezenas de parques eólicos espalhados pelo centro e norte de Portugal, deviam baixar a factura. Continuamos a pagar o mesmo ou até mais para pagar o investimento. Quando dão lucro, é prémios para os gestores.

  4. Mais uma para gastarem o pouco que têm, quando a avaliação é de 500 a 700 milhões , no fim será como sempre, sobe para 1000 milhões e teremos a luz ao mesmo preço ou mais cara porque gastaram mais que o avaliado!!!!

RESPONDER

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …