Cabo eléctrico vai ligar Portugal a Marrocos e baixar a conta da luz

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro cumpre nesta terça-feira, em Rabat, Marrocos, o segundo e último dia da 13.ª Cimeira Luso-Marroquina, tendo como tema central o projecto de construção de um cabo para interconexão eléctrica, com 220 quilómetros, entre os dois países.

“O principal desafio que temos é o de estabelecermos a interconexão eléctrica. É uma oportunidade para podermos, de modo sustentável, contribuir para baixar e termos uma melhor factura energética“, sustentou António Costa, no final do primeiro dia de cimeira.

Este projecto de investimento para a construção do cabo de interligação eléctrica deve arrancar no primeiro semestre de 2018 e está avaliado entre 500 e 700 milhões de euros, tendo como modelo técnico e financeiro o esquema de operação usado na ligação edificada entre a Holanda e o Reino Unido, que custou cerca de 600 milhões de euros.

No plano técnico, esta interligação eléctrica permitirá a Portugal vender energia a Marrocos em alguns momentos de um determinado dia e, eventualmente, comprar em outras alturas desse mesmo dia. “O transporte de energia far-se-á nos dois sentidos”, referiu.

De acordo com os estudos, que se encontram em fase de conclusão, o cabo deverá ligar a zona de Tavira, no Algarve, à cidade marroquina de Tânger.

Com esta interligação eléctrica “será reforçada a segurança do abastecimento energético dos dois países, através de uma maior diversificação das fontes de energia”, referiu também o primeiro-ministro.

Agora, só falta que “surjam os investimentos para a concretização desta obra”, notou, realçando que “esta é uma das prioridades das relações com Marrocos nos próximos anos”.

Exportações para Marrocos em alta

No que respeita ao quadro global de relações económicas entre Portugal e Marrocos, o primeiro-ministro salientou a existência de mais de três centenas de empresas portuguesas com investimentos neste país.

“As exportações para Marrocos têm vindo a subir significativamente e há também investimentos marroquinos em Portugal. Há ainda a possibilidade de empresas marroquinas e portuguesas trabalharem em conjunto em vários países africanos onde estão presentes”, acentuou António Costa.

A passagem do governante por Rabat prevê encontros com empresários portugueses, a participação na abertura do fórum empresarial luso-marroquino e a assinatura de acordos bilaterais com o Governo marroquino.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Hummmm. Alguém fez bem as contas a isso tudo? É que em Marrocos há muito sol e qualquer dia poderão usá-lo para produzir energia. E nesse caso estaríamos a construir uma via para… importarmos. Fizeram bem as continhas todas, agora que o homem das contas está a monte para a Europa?

  2. Grande MENTIROSO !!!
    O cabo liga Portugal a Marrocos, torna a energia mais barata, a EDP aumenta os lucros e o zé povo continua a pagar o mesmo (ou mais!)
    Quando o Tosta conseguir tirar das nossas facturas os valores de CMEC, ou Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual, uma das maiores fontes de receita, e de lucro, da EDP em Portugal, a gente começa a acreditar no aldrabão.

  3. Concordo com os outros comentários.
    Infelizmente isto são ideais que não são aplicados. Tal como os enormes parques foto-voltaicos no Alentejo e dezenas de parques eólicos espalhados pelo centro e norte de Portugal, deviam baixar a factura. Continuamos a pagar o mesmo ou até mais para pagar o investimento. Quando dão lucro, é prémios para os gestores.

  4. Mais uma para gastarem o pouco que têm, quando a avaliação é de 500 a 700 milhões , no fim será como sempre, sobe para 1000 milhões e teremos a luz ao mesmo preço ou mais cara porque gastaram mais que o avaliado!!!!

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …