Bruxelas diz que ainda há “grandes diferenças” sobre esboço do Orçamento

European Parliament / Flickr

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

A Comissão Europeia alerta que continuam a existir “grandes diferenças” nas discussões com o Governo português sobre o projeto de Orçamento de Estado para 2016, e anunciou esta segunda-feira que o assunto será discutido amanhã pelos comissários.

“Está de facto a ser trocada informação, o processo prossegue e permanecem grandes diferenças. Estamos a trabalhar com o Governo português para aproximar as posições. O colégio vai discutir esta questão amanhã”, afirmou Annika Breidthardt, porta-voz para os Assuntos Económicos, referindo-se ao Colégio de Comissários de todos os países que compõem o órgão comunitário.

O esboço do plano orçamental enviado pelo Governo a Bruxelas a 22 de janeiro vai ser, assim, discutido na reunião semanal do colégio da Comissão Europeia, que esta semana se realiza em Estrasburgo, França.

A 27 de janeiro, a Comissão Europeia enviou uma carta ao Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno, a solicitar informações adicionais e a questionar porque é que o plano apresentado pelo Governo prevê uma redução do défice estrutural em 0,2 pontos percentuais, apenas um terço do recomendado em julho.

No dia seguinte, 28 de janeiro, uma equipa de técnicos da Comissão Europeia chegou a Lisboa para trabalhar com Mário Centeno no sentido de aproximar as posições, prevenindo assim um eventual parecer negativo de Bruxelas ao projeto orçamental.

No quadro do regulamento do semestre europeu de coordenação de políticas económicas, a Comissão Europeia pode vir a solicitar a um Estado-membro que elabore um plano orçamental revisto, caso considere que o projeto enviado apresenta “risco grave” de incumprimento das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).

Uma vez avaliado o projeto orçamental e emitido o parecer de Bruxelas, este será então analisado pelo Eurogrupo, a reunião dos ministros das Finanças da zona euro.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Mas ainda ninguém percebeu que o costa anda a comprar votos!!!
    Agora anda a dar, a dar….daqui a uns tempos quando tiver de tirar, o governo cai.
    Depois fará o papel de vítima, que ele bem tentou…mas não o deixaram…
    Ah valentes!!! Aceleramos rumo ao 4.º resgate.

  2. Estes montes de mer… deviam era ver o que os Políticos tem feito nos últimos anos e não quererem mais cortes ao povo, tudo a mesma gamela, ainda a gente que acha que a Europa é boa.

  3. Já se começa a falar em novos aumentos de impostos sem se saber quais, até agora já foram alguns, agora vamos ver o que isto vai dar porque omeletes sem ovos ninguém conseguiu fazer até agora, alguém irá engolir uns bons sapos resta saber quem.

RESPONDER

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …

"Em segundo plano". OM alerta para falta de resposta para doentes prioritários não covid-19

A Ordem dos Médicos (OM) alertou esta quinta-feira para a falta de resposta aos doentes prioritários não covid-19, que diz estarem a ser relegados para segundo plano, em áreas que “não podem esperar” como a …