/

Passos aumentou presidente da Aviação Civil de 6 para 16 mil euros

18

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

Os três membros do Conselho de Administração da Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) beneficiaram de aumentos salariais superiores a 200% em Outubro do ano passado, nos últimos dias do governo de Pedro Passos Coelho.

O JN apurou que o salário mensal do presidente da ANAC subiu de 6.030 para 16.075 euros, enquanto o do vice-presidente aumentou de 5.499 euros para 14.468 e o da vogal de 5.141 euros para 12.860.

Estes aumentos foram “mantidos até agora em segredo, não obstante a lei exigir a sua divulgação pública”, diz o Jornal de Notícias.

O processo de indigitação de Luís Ribeiro, Carlos Seruca Salgado e Lígia Fonseca para, respectivamente, presidente, vice-presidente e vogal da administração da ANAC, levantou na altura bastante controvérsia.

Os três nomes escolhidos pelo governo não foram bem vistos nem pela Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública – CRESAP, nem pela Comissão de Economia e Obras Públicas da Assembleia da República.

À data das nomeações, apurou o Observador, a CRESAP considerou que “a ligação continuada a empresas reguladas, direta ou indiretamente, e ainda que prévia, por parte de um regulador pode dificultar uma cultura de independência”.

“Essa ligação prévia cria também, mais facilmente, oportunidades de captura, requerendo portanto uma maior monitorização e controlo do trabalho desenvolvido”, considerou então a CRESAP.

Contactada pela TSF, a CRESAP explica que, na altura em que assumiu o cargo de presidente da ANAC, Luís Ribeiro não tinha “qualquer formação específica aprofundada em termos de regulação económica”.

O gestor teria ainda, segundo a CRESAP, “problemas de independência” pelo facto de ter estado “ligado à Portway – Handling de Portugal, empresa destinatária da actividade da ANAC”.

As mesmas fragilidades são apontadas pela Comissão relativamente a Carlos Seruca Salgado.

Um dos processos que a ANAC tem actualmente em mãos é o da privatização da TAP, nomeadamente para avaliar se está em conformidade com a legislação europeia.

ZAP

18 Comments

  1. Pois, é a recompensa de terem ajudado ao negócio escandaloso da venda da TAP.
    Deviam era ter que devolver tudo, com juros de mora.

  2. Mais uma vergonhosa decisão da geringonça do governo passos e portas!
    Este Governo além de demitir estes senhores deve revogar estes aumentos.

  3. Continua a pouca vergonha no nosso Pais, despedir devolver qual que deviam era pendura-los a todos numa árvore, ainda a quem por aqui venha as vezes defende-los.

  4. ”Estes aumentos foram mantidos até agora em segredo, não obstante a lei exigir a sua divulgação pública”…
    Mais uma vez o governo incumpridor das leis que ele mesmo ”fabrica”. E se fosse o comum dos cidadãos???
    Estes senhores devem ser imediatamente demitidos e os rendimentos auferidos devolvidos com juros. Se não o fizerem, os governantes que os nomearam têm de o fazer tal como acontece com o fiador: é o pagador em 2ª instância.

  5. Paga povo….votem neles todos…é bem feita…não os metem lá no poleiro?!!?’Aguentem..é a vida…andam uns a matarem-se por mais 25 euros…..e outros assim sem mais nem menos…são aumentados 150 % de um salário já de si bastante considerável…o povo não vota neles? nada me espanta neste país….em que estes políticos querem lixar este país….e o povo é que tem de aguentar isto…e no entanto votam neles…é a vida…

    • Isso quer dizer o quê? O povo é que os mete no poleiro? Pois claro! Vivemos numa democracia, em que ganhe um ou ganhe outro, vai dar tudo ao mesmo porque é tudo uma cambada de corruptos, que só pensam neles!
      Os bons políticos(porque os há…) são todos metidos no mesmo saco, pois claro, porque não têm a coragem de pôr a boca no trombone.

  6. Aumento de 150%, mas isto é possível?
    A ser verdade entendo que o Dr. Passos Coelho deve uma explicação ao País.
    Este País que dispõe de tantos fiscais, Assembleia da República, Presidente da República, Tribunais Constitucionais e outros, e esta coisa passa ao lado, como é possível?
    Estas coisas são normalmente despoletadas pelos média, se não o ZÉ andava vendido.
    Sinto-me triste e com o sentido de revolta que não encontro a palavra adequada para descrever.
    Por estas e por outras o nosso modelo de governação tem de ser alterado.
    Ao longo dos anos “pós 25 de Abril”, estamos a assistir a práticas de falta de lealdade para com o ZÉ.

    • Uma pequena correcção… O Tribunal Constitucional não é fiscal. É activado (a opinião dos juizes nele contidos) quando existe alguma dúvida. Não agem de forma autónoma. Por isso não são fiscais…

  7. Apenas para informar o ignorante que disse que um aumento de 150% representa um aumento para o triplo das remunerações….. deveria voltar à escolinha para aprender matemática.

  8. É por esta e por outras é que a abstenção é superior ao numero de votantes e pelos vistos a honradez e a competência não está assim para tão breve no horizonte português, além disso a tal Constituição tão badalada sobretudo pela esquerdalha afinal tem uma peneira com buracos muito largos.

  9. Quem votou no PSD,e os seus responsáveis, deveriam suportar estes chorudos Ordenados com os seus Impostos.Afinal estamos em crise,ou a crise é só para o POVO. Como é possivel estes senhores durante o seu mandato, imporem tanta austeridades aos Portugueses,dizendo não haver dinheiro, e autorizarem em final de mandato,aumentos superiores a 100% a alguns gestores publicos, se calhar seus amigos,ou até familiares.Um simples VOGAL,recebe mais que alguns Presidentes de outras nações. Ouvi durante muito tempo,o Passos Coelho,Portas,Montenegro,Marco Costa,e outros,a dizerem que defendiam os interesses dos Povo/Portugueses e de Portugal.Se tivessem alguma dignidade e vergonha, desapareciam rapidamente deste país, e iam para a Siria onde poderiam ter a sorte de serem abatidos. Onde estão agora estes Senhores,, para esclarecer os Portugueses.Paulinho onde andas agora,não convêm aparecer???Passos onde estás??Montenegro????Ouvi hoje um desavergonhado,Marco A Costa, a dizer que iriam analisar esta situação.Fiquei com a Impressão que não tinham conhecimento.Desconfio que a culpa de tudo isto,será novamente do secretário-estado das finanças,a exemplo das listas VIP.Pior de que tudo isso foi um representante do CDS,nem sei o nome,vir dizer á comunicação social,que os Ordenados agora divulgados,foi uma imposição da TROIKA. Tenham vergonha,deixem de enganar os Portugueses ,não são dignos de ter a nossa NACIONALIDADE.Desapareçam, para um local bem longe,e não voltem mais.Agora na candidatura do Passos Coelho, a lider do PSD, lembrem-se da sua péssima gestão,e da sua falta de competência.

  10. Ainda há quem defenda estes mentitosos, trafulhas, vigaristas, parasitas que colocaram milhares de portugueses a viver na miséria e na pobreza.

  11. Aos poucos vem ao de cima as falcatruas e roubalheira feitas ao povo português pelo governo do Passos e do Portas, PSD/CDS. Vejam o escândalo do aumento do vencimento do presidente do instituto da aviação civil de 6000€ para 16000€, e o
    alarido que fizeram por este governo aumentar o SMN em 30€. Haja responsabilidade, competência, HONESTIDADE, e verticalidade de princípios , nos políticos. NÃO ROUBEM MAIS O POVO PORTUGUÊS. BASTA.

  12. nao ha nada mais para dizer este e o chefe dos bandidos que dizem salvar portugal quanto e que lhe cabiria grande bandido e ladrão eles estão a cair nas garras da justiça vamos esperar para ver e ainda houve animais que votaram nestes corruptos não sei que mais se pode esperar destes ladroes lembram-se o socas as voltas que o dinheiro dava para lhe cair nas maos esperamos e tudo vai acontecer

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.