Linha de Fundo: Sporting mais líder, Benfica desilude e entrega o segundo lugar ao FC Porto

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Um líder resistente e a troca de lugares no pódio.  Ainda o sucesso de Abel Ferreira no Palmeiras e a chegada de Edgar Davids ao Olhanense, visto da Linha de Fundo.

Verde, código, verde

Sporting CP 2 (Pedro Gonçalves 54′, Matheus Nunes 78′) – SC Braga 0

O Sporting superou o exigente teste, reforçou a liderança, encontrando solução para vencer uma das melhores equipas do Campeonato.

Foram três pontos arrancados com muito pragmatismo e eficácia. O SC Braga foi um opositor atrevido e dispôs das melhores oportunidades, entre elas uma bola no ferro e um golo anulado por fora de jogo a Paulinho. No entanto a equipa de Rúben Amorim foi mais competente nos momentos que teve à disposição para marcar.

Jogo dividido ao principio, excelente luta tática, futebol aberto. Conseguiu crescer a equipa de Carlos Carvalhal, mostrando argumentos que deixaram sempre em alerta os leões.

O intervalo chegou com 0/0 no marcador, um resultado feliz para o líder, face ao que mostraram os minhotos, falhando claramente num ponto fundamental: eficácia.
De regresso ao relvado, foi outra vez a equipa minhota a dar o primeiro sinal de perigo: Paulinho marcou mas estava fora de jogo. Resposta imediata dos leões… e golo.

Pedro Gonçalves, que andava escondido no jogo, aproveitou da melhor maneira a assistência de Nuno Santos. Em desvantagem, o SC Braga continuou na luta, agitou sempre o jogo e voltou a criar oportunidades… falhadas. Mexeram os dois treinadores, com Amorim a ganhar nas apostas.

O jovem médio brasileiro Matheus Nunes foi lançado no jogo, estando-lhe destinado o xeque-mate na partida. A vitória da eficácia. Pedro Gonçalves e Matheus Nunes fizeram golo nos seus únicos remates da partida (100% eficácia).

Destaques individuais:

Antonio Adán – Duas estupendas defesas do guarda-redes leonino negaram o golo a Ricardo Horta. Sempre seguro e concentrado, numa das melhores exibições desde que o espanhol chegou a Alvalade.

Pedro Porro – Imperial a defender, rigoroso na marcação a Galeno. Fundamental na estratégia da equipa de Amorim.

Al Musrati – O médio líbio destacou-se no meio-campo do SC Braga, ganhando quase todos os duelos, servindo de importante elo de ligação para o ataque minhoto. Ainda esteve perto de marcar num remate ao poste.

Ricardo Horta – Dá gosto ver jogar. Muito dinâmico como é habitual, criou vários problemas à defesa leonina. Só não esteve feliz na finalização. Bem mereceu.

Igualada a maior sequência invicta (14 jogos) do Sporting nas últimas três épocas:
 2020/21 Rúben Amorim (12 vitórias, 2 empates) e 2018/19 Marcel Keizer (11 vitórias, 3 empates).

SC Braga fica em branco 12 jogos depois. A última vez tinha sido na derrota frente ao Leicester (4-0), em Inglaterra.
  A derrota frente ao Sporting quebra uma sequência de 5 vitórias consecutivas, ficaram a uma de igualar a melhor da época.

O Sporting igualou o máximo de vitórias (10) à 12.ª jornada na Liga Portuguesa nos últimos 30 anos: 2020/21 Rúben Amorim e 2015/16 Jorge Jesus. 
Iguala também a melhor defesa das últimas cinco temporadas com 8 golos sofridos.

Sporting não sofre golos há quatro jogos consecutivos em Alvalade; Lucas Mineiro do Gil Vicente foi o último adversário a marcar a Adán, a 28 de Outubro.
 Este registo não acontecia desde Junho e é o melhor registo dos últimos 13 jogos em casa.

Foi difícil descongelar

FC Porto 3 (Sérgio Oliveira 22′ g.p., Toni Martínez 89′ e Evanilson 90+2′) – Moreirense FC 0

Entrada fria dos portistas no jogo. Faltou a habitual intensidade, a equipa dominava a partida, mas apresentava dificuldades em causar perigo.

O Moreirense, defensivamente rigoroso, sempre a espreitar o erro, ia conseguindo evitar estragos. À passagem dos 20 minutos, bola no corredor direito, Corona a entrar destemido na área, sendo travado por Ferraresi para penálti. Sérgio Oliveira aproveitou da melhor maneira para dar vantagem aos dragões. O golo motivou o campeão nacional. A equipa mostrou outra dinâmica e perigo, mantendo o jogo controlado.

A segunda parte começou da mesma forma, com o FC Porto mais autoritário, conseguindo criar várias oportunidades. Os “cónegos” iam conseguindo aguentar a pressão. Muito mérito do guarda-redes Pasinato, numa noite perdulária de Taremi, em particular.

Com o avanço dos ponteiros, a perder pela margem mínima, o Moreirense ficou mais atrevido, com o FC Porto a aproveitar para resolver o jogo.

Toni Martínez marcou duas vezes, mas apenas um golo foi validado, e Evanilson fez o terceiro golo para nova vitória portista.

Os dragões somaram o 14.º jogo consecutivo sem perder, num registo de 13 vitórias e apenas um empate. Não foi um jogo deslumbrante, longe disso, tratando-se de uma vitória merecida, onde os “dragões” tiveram sempre a situação controlada.

https://twitter.com/SPORTTVPortugal/status/1345866870394654722

Destaques individuais:

Sérgio Oliveira – O capitão foi mais uma vez figura de destaque. Bem a destruir, melhor a construir. Marcou um golo de penálti, é o melhor marcador dos portistas no campeonato, com 6 golos (10º na temporada), deu a marcar, com uma assistência de classe, tal como a exibição alcançada. Um jogador à imagem perfeita do que pretende o treinador. A alma e o GPS da equipa, onde é cada vez mais influente.

O FC Porto somou a 8.ª vitória consecutiva, o que não acontecia desde o início da temporada passada (2019/2020). Foi a 3.ª goleada do FC Porto esta temporada, a primeira em casa para o campeonato: 3-0 (Moreirense – Liga), 3-0 (Marseille – Champions League) e 0-5 (Boavista – Liga).

Perdidos na ilha

CD Santa Clara 1 (Fábio Cardoso 60′) – SL Benfica 1 (Darwin Núñez 33′)

Daniel Ramos apresentou cinco novidades no onze inicial do Santa Clara, dando a titularidade a Lincoln, Nené, Jean Patric, Crysan e Diogo Salomão. No Benfica, Jorge Jesus, privado de Nicolás Otamendi (castigado), apostou em Ferro que até envergou a braçadeira de capitão, fazendo o primeiro jogo a titular esta época.

Na primeira parte tudo fazia antever um desfecho tranquilo para os encarnados, mesmo faltando inspiração atacante. O Santa Clara abdicou de atacar, mas soube contrariar a situação. Na outra metade do jogo, tudo foi diferente.

Apatia da equipa de Jorge Jesus, uma vez mais, mostrando inquietação com a forte resposta do Santa Clara. Desacerto das águias, muitos passes errados e desconcentração foram evidentes. Os açorianos deram ao jogo outra vivacidade, foram mais ousados, chegaram ao empate e fecharam todos os caminhos à tímida iniciativa encarnada. Um jogo que precisou de dois dias para ficar resolvido, acabou com um resultado adequado. A segunda parte do Benfica é difícil de entender e explicar.

https://twitter.com/SPORTTVPortugal/status/1346161532644818945

Faltaram ideias e capacidade para contrariar a boa organização defensiva da equipa insular. Mais um vez, o Benfica desilude. Tem dificuldade em reagir. Apresenta um futebol pouco dinâmico. A promessa de Jorge Jesus em colocar a equipa a jogar o triplo tarda a ter consequências práticas. Da forma como se apresenta, transmite a qualquer adversário a ideia de que pode ser feliz. É vulnerável demais e pouco entusiasmante.

Com o empate nos Açores, o Benfica soma 28 pontos, foi apanhado pelo Porto no 2.º lugar e está agora a 4 pontos do líder Sporting. Foi o 1.º empate do Benfica no campeonato. 9 temporadas depois, o Santa Clara volta a não perder em casa com o Benfica.

Frases da Semana

“Faço votos que o FC Porto continue a ganhar. Faço votos para que a pandemia desapareça e desapareça também o secretário de Estado do Desporto.” Pinto da Costa, presidente do Futebol Clube do Porto.

“O nosso lugar é o primeiro e mais tarde ou mais cedo vamos lá chegar.” Sérgio Oliveira, jogador do FC Porto.

“Vocês sabem que eu também tenho uma estrelinha boa.” Rúben Amorim, treinador do Sporting CP.

Andre Kosters / Lusa

“No futebol não há justiça. É um jogo também de eficácia e o Sporting foi mais eficaz do que nós, venceu e temos de dar os parabéns ao Sporting.” Carlos Carvalhal, treinador do SC Braga.

Não é à toa que o Sporting está em primeiro. Foi mais eficaz, temos de lhes dar os parabéns.” Ricardo Esgaio, jogador do SC Braga.

Estamos habituados aos furacões e aos vulcões.Rui Couceiro, presidente do Santa Clara.

É um dos melhores diretores gerais do Mundo. A Roma fez uma grande aposta e tenho a certeza de que será bem sucedido. É o primeiro a chegar e o último a sair, às vezes até dormia no centro de treinos. Dizia-lhe sempre que ele era como um computador: analisa tudo, acerta sempre em cheio, sabe todos os segredos daquilo que comanda. Para ele, o clube é quase tão importante quanto a sua família. É talentoso. Com ele, conquistei cinco títulos, ainda somos amigos e temos um fantástico respeito mútuo.Rui Vitória, antigo treinador do SL Benfica sobre Tiago Pinto, o novo diretor da Roma.

As pessoas dizem que, depois de defrontarmos os do top 6, os jogos são mais fáceis, mas não acredito nisso. O Leeds é uma equipa capaz de criar problemas a qualquer adversário e o próximo oponente, o Aston Villa, é a minha equipa preferida na Premier League neste momento, aquela que mais gosto de ver, com jogadores muito bons e com uma boa orientação. É isso que nos espera.José Mourinho, treinador do Tottenham.

Will Oliver / EPA

Foi como se tivesse entrado numa máquina do tempo: fui para Itália e quando voltei vi tudo diferente. Não sou o Cristiano Ronaldo, ainda passo despercebido [risos], mas foi incrível. Tive pessoas que me disseram que nunca tinham visto ciclismo na vida e que nesses dias se agarraram à televisão.João Almeida, ciclista da Deceuninck-Quick Step, em entrevista ao jornal O Jogo. João Almeida bateu os recordes de tempo com uma camisola de líder numa Grande Volta, tanto de Acácio da Silva como de Joaquim Agostinho. Sendo quarto na Volta a Itália, superou até o melhor posto de sempre de um português (o quinto de José Azevedo) na corrida transalpina.

A vida não pára de me surpreender.Nelson Évora. O campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, assinou pelo Barcelona, clube que vai representar depois de quatro anos ao serviço do Sporting.

Nelson Évora / Facebook

Números da Semana

758 – Cristiano Ronaldo bisou para o 3-0 da Juventus frente à Udinese, ultrapassando Pelé na lista de jogadores com mais golos por clubes e seleções principais na história do futebol. A contagem de CR7 vai nos 758 golos, ultrapassando os 757 de Pelé. Ronaldo conseguiu o registo em 1035 jogos oficiais, enquanto o brasileiro conseguiu em 815.

187 – Jogos de Sérgio Conceição no comando técnico do FC Porto. O treinador isolou-se, no passado domingo, no terceiro lugar do pódio de treinadores com mais jogos à frente da equipa portista, pelo que superou Jesualdo Ferreira (186) e ficou apenas atrás dos históricos Pedroto (321) e Artur Jorge (254).

500 – Lionel Messi fez o jogo 500 pelo Barcelona na La Liga. O argentino tornou-se o primeiro jogador estrangeiro a chegar a este registo. 500 jogos na Liga espanhola, 451 golos e 185 assistências. O jogo 750 no clube catalão coincidiu com o 500.º no campeonato de Espanha.

500 – Diego Simeone, treinador do Atlético de Madrid desde a temporada 2011/2012, completou na vitória contra o Getafe (1/0), 500 jogos pelos colchoneros. Regista agora 301 vitórias, 118 empates e 81 derrotas, contando no currículo com as conquistas da Liga (2013/14), Taça do Rei (2013), duas Ligas Europa (2012 e 2018), duas Supertaças da Europa (2012 e 2018) e uma Supertaça de Espanha (2014).

50A UEFA elegeu 50 promessas para seguir em 2021 e na lista estão três portugueses: Nuno Mendes (18anos, Sporting CP), Fábio Vieira (20 anos, FC Porto) e David Carmo (21 anos, SC Braga).

100 – Heung-Min Son, jogador sul-coreano, chegou aos 100 golos marcados pelo Tottenham, equipa treinada por José Mourinho.

250 – Cristiano Ronaldo alcançou a marca de 250 milhões (!!!) de seguidores na rede social Instagram. Marca sem rival à altura. No futebol, só outros dois jogadores passam a fasquia dos 100 milhões de seguidores: Lionel Messi (174 milhões) e Neymar (114 mihões).

Treinador da Semana – Abel Ferreira

Abel Ferreira chegou a São Paulo a 2 de novembro. Até hoje, esteve à frente da equipa do Palmeiras em 17 jogos. Alcançou 11 vitórias, quatro empates e duas derrotas.

Aproveitamento altíssimo. Por coincidência, nos primeiros 17 jogos no Flamengo (em dois meses e meio), Jorge Jesus teve números absolutamente iguais.

Na Taça do Brasil, eliminou o América-MG e chegou à final da prova contra o Grémio. Antes, já havia afastado o Bragantino e o Ceará. Na Taça Libertadores, está vivo o maior sonho do Palmeiras na temporada: eliminou o Delfín, do Equador, nos oitavos de final, e Libertad, do Paraguai, na fase seguinte. Para ir tão longe como o compatriota Jorge Jesus, campeão da Libertadores, precisará de afastar o River Plate na meia-final.

Um percurso de sucesso, apesar de muitos percalços. Sofreu com um surto de covid-19 no plantel (mais de 20 jogadores foram infetados). O próprio treinador ficou doente com o vírus e acompanhou treinos e jogos, à distância, com recurso a vários meios tecnológicos.

“Não vim aqui para ter férias, vim aqui para trabalhar e ganhar.” Foi esta a ideia mais forte transmitida por Abel Ferreira na sua apresentação como novo treinador do Palmeiras, clube de São Paulo, no dia 4 de novembro de 2020.

César Greco / Palmeiras

Abel Ferreira é treinador do Palmeiras.

Abel jogou como lateral-direito em quatro clubes portugueses antes de iniciar a carreira de treinador na equipa sub-19 do Sporting CP em 2011/2012, conquistando o título nacional da categoria na sua primeira experiência no cargo.

Foi promovido à equipa B do Sporting na temporada 2013/2014 e foi contratado pelo Braga B em 2015, onde dois anos depois, chegou à equipa principal.

Na época de estreia na 1.ª Liga, em 2017/2018, levou o SC Braga à quarta posição com uma campanha recorde em pontos (75), golos (74) e vitórias (24) – tornou-se o técnico com maior percentagem de vitórias na história do clube (64%).

Depois de alcançar novamente o quarto lugar com o Braga, transferiu-se para o PAOK onde conseguiu o vice-campeonato nacional em 2019/2020, garantindo para a equipa grega um lugar na fase eliminatória da Liga dos Campeões da Europa.

A aventura brasileira está a correr de feição, com o treinador português a ser alvo dos maiores elogios e admiração dos adeptos. Os maiores desafios aproximam-se.

Surpresa da Semana

Edgar Davids no Campeonato de Portugal!!!

Foi um médio esquerdino de grande qualidade e forte entrega ao jogo. Indomável, fez parte de uma geração ganhadora, encantando milhares de adeptos, que se tornou conhecido também pelos óculos que tinha de utilizar em jogo.

Davids jogou no Ajax, Milan, Juventus, Barcelona, Inter, Tottenham e Crystal Palace. Foi campeão europeu pelo Ajax, e no palmarés destaca-se a conquista de três títulos italianos pela Juventus.

Aos 47 anos é o novo treinador do Olhanense.

A notícia foi avançada pelo jornal A Bola, na edição de segunda-feira, 4 de janeiro, e confirmada tanto pelo antigo internacional holandês, com uma fotografia do emblema do clube algarvio publicada nas redes sociais, e posteriormente pelo Olhanense, em comunicado.  Tem um dos mais vistosos currículos internacionais.

Ganhou a Liga dos Campeões de 1995 mais três Campeonatos, duas Taças, uma Supertaça, uma Taça UEFA, uma Supertaça Europeia e uma Taça Intercontinental.

Em 1996, Davids teve a primeira experiência no estrangeiro pelo AC Milan, onde durou pouco mais de um ano antes de reforçar a Juventus, onde foi tricampeão e ganhou duas Supertaças em seis épocas e meia, tendo sido cedido por empréstimo ao Barcelona em 2004. Jogou ainda no Inter, onde ganhou uma Taça, no Tottenham e no Crystal Palace, com um regresso ao Ajax pelo meio em 2007/08.

E estreia está marcada para o próximo domingo, 10 de janeiro, no Alentejo, na visita do Olhanense a Évora para defrontar o Lusitano, em mais uma jornada do Campeonato de Portugal. Bem-vindo!

Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …