Aquarius vai para Espanha com ajuda de barcos militares italianos

Christophe Petit Tesson / EPA

O navio Aquarius, da ONG francesa SOS Mediterranée, que as autoridades italianas e maltesas se recusaram a acolher

O barco com mais de 600 migrantes, que Itália e Malta se recusaram a acolher, vai fazer a viagem até Espanha com a ajuda de dois barcos militares italianos.

Após Espanha se ter oferecido para receber, no porto de Valência, o barco Aquarius, onde se encontram 629 migrantes – 123 das quais são menores não acompanhados e sete grávidas – o responsável pelas operações marítimas da SOS Mediterranée, ONG francesa responsável pelo navio, informou que não havia condições para chegar em segurança.

No entanto, a viagem, que deverá demorar quatro dias a ser feita, já está assegurada, uma vez que dois barcos militares italianos vão ajudar a processar toda a operação, avança o Observador. O Aquarius vai transportar uma centena de migrantes e está previsto que os restantes viajem em duas embarcações da Guarda Costeira e da Marinha Italiana que, esta manhã, também se dispuseram a levar alimentos e medicamentos.

Esta terça-feira, o presidente do conselho executivo da Córsega, Gilles Simeoni, também anunciou estar disponível para acolher o barco.

A oferta de acolher o navio em Valência foi uma decisão direta e pessoal do novo presidente do Governo, Pedro Sánchez, considerando ser a sua obrigação “ajudar a evitar uma catástrofe humanitária e oferecer um porto seguro a estas pessoas, cumprindo desta forma as obrigações do direito internacional”.

Recorde-se que os migrantes foram resgatados do Mediterrâneo no fim-de-semana e o ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, proibiu o barco de atracar num porto do país, embora várias cidades – Palermo, Nápoles, Messina e Régio de Calábria – tenham desafiado o Governo e mostraram-se disponíveis para receber o Aquarius.

european_parliament / Flickr

Matteo Salvini, líder da Liga e novo ministro do Interior italiano

Itália pediu a Malta que acolhesse os migrantes, mas o Executivo maltês defendeu que a responsabilidade era de Itália porque as operações de salvamento ocorreram numa zona marítima coordenada por Roma.

Entretanto, a presidente da Câmara de Madrid, Manuela Carmena, disse que a capital pode acolher 20 famílias, até um máximo de 100 pessoas. Numa mensagem no Twitter, a autarca afirmou que “com a ajuda de todos a situação pode ser resolvida em breve”.

A Câmara de Madrid está a aguardar que o Governo central aceite a oferta, segundo fontes municipais, e a vice-presidente do Governo, Carmen Calvo, pediu ao presidente da Federação Espanhola de Municípios e Províncias (FEMP), Abel Caballero, que coordene as ofertas que estão a chegar aos municípios para hospedar os 629 migrantes.

O ministro dos Negócios Estrangeiros já afirmou que Espanha, ao oferecer-se para acolher os migrantes a bordo do Aquarius, quer pressionar os líderes da União Europeia a discutir as políticas de migração ainda este mês.

Josep Borrell disse à radio espanhola Ser que o gesto de Espanha procura impedir que os países ignorem a situação ao “permitir que um membro da UE lide com o problema enquanto os restantes descartam responsabilidades”.

O governante prometeu levar o problema aos chefes de Estado ou de Governo da UE, no Conselho Europeu a realizar-se nos dias 28 e 29 de junho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Prasitas a ajudar parasitas, mas os conflitos acabaram, portanto hora de retornar as origens. A Europpa tem 40 milhoes de pobres e andamos a sustentar originarios de paises ricos cheios de petroleo

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …