Ana Gomes. “Estou à espera de ver o Presidente ir ao bairro da Jamaica”

European Committee of the Regions / Flickr

Ana Gomes, ex-eurodeputada do Partido Socialista

A ex-eurodeputada socialista afirmou, este domingo, que espera ver o Presidente ir ao bairro da Jamaica, que, na semana passada, registou um surto de covid-19.

No habitual espaço de comentário na SIC Notícias, Ana Gomes abordou vários temas nacionais, nomeadamente a terceira fase de desconfinamento, que se inicia esta segunda-feira, e o aumento de casos na região de Lisboa e Vale do Tejo, nomeadamente o surto detetado no bairro da Jamaica, no Seixal.

“Vimos bairros, esta semana, como o bairro da Jamaica, que não é o único, onde as pessoas vivem sem as mínimas condições de salubridade. Não se percebe porque é que os poderes públicos, a nível municipal e a nível do Estado governamental, não intervieram.”

“O bairro da Jamaica existe há 40 anos. Da mesma maneira que, esta semana, vimos o Presidente da República ir a um hotel verificar as condições de higiene, estou à espera de o ver também ir a este bairro”.

“Não só para apurar responsabilidades por uma situação que se arrasta há 40 anos, com particular incidência numa comunidade com condições de vida mais desfavorecidas, mas sobretudo pelas proporções e pelas medidas que podem ser desde já tomadas para aliviar os problemas que enfrentam as comunidades neste tipo de bairros e que não podem persistir”, acrescenta.

Questionada sobre o seu momento de reflexão para uma eventual candidatura à Presidência da República, a ex-eurodeputada disse que “está a continuar” e que, quando a concluir, anunciará a sua decisão.

“Vou ouvir pessoas que muito prezo, incluindo a minha própria família. Tenho recebido muitos incentivos, mas também tenho recebido muitos desincentivos de pessoas que gostam muito de mim. A seu tempo eu falarei“, afirmou.

Ana Gomes admitiu refletir sobre uma candidatura a Belém depois de o primeiro-ministro, António Costa, ter feito alusão à eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa na visita à fábrica da Autoeuropa.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O bairro da Jamaica existe há 40 anos e a câmara do Seixal sempre foi e é comunista. Isto a mim diz-me muito acerca da treta demagógica dos comunistas.

  2. Ana, parece impossível! Queria que o presidente contraísse o vírus e passar a ter, assim, mais probabilidades de vir a substituí-lo, em Belém?!! Estou só a brincar. Acho que o PCP, com a ajuda do património que possui, podia muito bem contribuir para a melhoria das condições de vida destas pessoas. Não admira que o vírus ali prolifere!! É vergonhoso que estas imagens circulem e que se refiram a um país europeu do séc. XXI!!!

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …