Um aluno por secretária, horários desfasados e intervalos dentro da sala. As regras para o regresso às aulas

O regresso às aulas presenciais para os alunos dos 11.º e 12.º ano acontece no próximo dia 18 de maio. O Ministério da Educação enviou, esta terça-feira, às escolas as regras para se estudar presencialmente em tempo de pandemia.

De acordo com o semanário Expresso, a frequência das aulas às disciplinas sujeitas a exame nacional é facultativa e as faltas são justificadas. No entanto, a escola deixa de ser obrigada a garantir o ensino à distância.

Por outro lado, segundo a nota enviada aos diretores, para os alunos em grupo de risco, a escola “deve facilitar o apoio remoto à semelhança do que acontece em todos os casos de doença prolongada”.

Os alunos vão ter aulas presenciais a todas as disciplinas sujeitas a exame nacional, “independentemente de virem a realizar os respetivos exames”. Todas as outras aulas continuam a ser lecionadas à distância.

Os professores em grupos de risco que vão ter aulas presenciais não têm de se deslocar à escola. Em alternativa, prevê-se a redistribuição do serviço por outros professores, a manutenção do ensino à distância com apoio presencial na escola por parte de outro docente ou o recurso a mecanismos de substituição.

Não há um número máximo de alunos por sala de aula, sendo a regra apenas a de manter o “distanciamento físico” de segurança – dois metros. As escolas podem desdobrar as turmas, “recorrendo a professores com disponibilidade na sua componente letiva”.

Em alternativa, o tempo letivo da aula é reduzido em metade: o docente trabalha com dois grupos mais reduzidos e o resto do tempo é utilizado em trabalho autónomo dos alunos.

As aulas funcionarão entre as 10h e as 17h, com horários desfasados entre turmas, em salas distanciadas entre si e com um aluno por secretária. Os estudantes não podem estar de frente para outro colega. Os intervalos devem ser curtos e os estudantes devem permanecer dentro da sala de aula.

A higiene obriga a desinfeção da sala no final sempre que haja mudança de turma.

Buffets, bares e espaços de convívio devem estar encerrados. Os refeitórios vão continuar abertos, mas com novas regras: o tabuleiro deve ser preparado pelo funcionário e entregue ao aluno e a fruta e a sobremesa devem estar embaladas.

Ministério garante máscaras para todos

O uso de máscaras é obrigatório para todos. “Obviamente que o Ministério da Educação será o responsável por esse apetrechamento. O Ministério faz esse trabalho”, garantiu o ministro Tiago Brandão Rodrigues, durante a audição parlamentar da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto, esta terça-feira.

Para os cerca de 190 mil alunos que regressam às escolas “serão necessárias pelo menos cinco milhões e setecentas mil máscaras” para os primeiros 30 dias, segundo contas da deputada do PSD Cláudia André, às quais falta somar professores e funcionários.

Brandão Rodrigues garantiu ainda que o Ministério está a trabalhar para “ter um corpo docente robusto”, sublinhando que neste processo de regresso às aulas presenciais serão em breve ouvidas as estruturas sindicais.

“Os corpos docentes das nossas escolas estão preparados para atuar, mas sempre que tivermos professores em situação de risco, que não possam estar na escola presencialmente com os seus alunos, estes podem ser coadjuvados por outros professores”, acrescentou Brandão Rodrigues.

As escolas vão reabrir para as aulas das disciplinas com oferta de exame nacional, que os alunos do ensino regular, profissional e artístico devem frequentar independentemente de virem a realizar os respetivos exames.

Portugal entrou em situação de calamidade, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março. Esta nova fase prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …

Há quatro distritos sem meios aéreos de combate a incêndios. PSD denuncia "grave violação do planeamento"

O PSD denuncia a falta de, pelo menos, oito helicópteros ligeiros e de todas as aeronaves de coordenação previstas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais. Este domingo, o PSD questionou o Governo relativamente ao …

Desemprego sobe 52% entre jovens até aos 24 anos

O desemprego entre os jovens até aos 24 anos disparou à boleia da pandemia de covid-19, que já fez mais de 1.300 vítimas mortais em Portugal. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança …

Orçamento Retificativo: entre um cocktail de propostas e os apoios que Costa prefere segurar

António Costa decidiu ouvir todos os partidos com assento parlamentar antes de desenhar o esboço final do Orçamento Retificativo. Os encontros decorrem entre segunda e terça-feira. O primeiro-ministro recebe, entre hoje a amanhã, todos os partidos …

Descobertos fósseis do maior canguru do mundo e lagarto com seis metros

Os fósseis do maior canguru do mundo e de um lagarto com 6 metros de comprimento foram alguns dos achados de uma equipa de paleontólogos na Austrália. Uma equipa de paleontólogos relatou a descoberta de uma …

"Resolvia metade dos problemas sociais". PCP critica verba para o Novo Banco

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) disse este domingo que os 850 milhões de euros transferidos recentemente para o Novo Banco davam para “resolver metade dos problemas sociais que neste momento existem”. “Tantas vezes nos …

Schumacher "está numa fase difícil", revela antigo colega do piloto

Michael Schumacher "está numa fase difícil", disse este domingo Felipe Massa, que foi colega do piloto alemão na Ferrari, em 2006. "Sei como está, tenho informações. A minha relação com [Michael Schumacher] sempre foi muito próxima. …