Há milhares de professores em condições de recusar regresso às escolas

Milhares de professores podem estar afastados da possibilidade de assegurarem aulas presenciais do 11.º e 12.º anos.

De acordo com o Público, o afastamento de milhares de professores pode ser motivados pela idade ou situação de doença, e é um dos cenários que está a preocupar os diretores escolares, que poderão precisar de mais professores do que aqueles que estão ao serviço.

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), disse em declarações à Lusa que é necessário “saber quantos alunos poderemos ter por sala de aula para sabermos se precisamos ou não de mais professores”. “Se, por exemplo, só puder ter dez alunos por sala, então para uma turma de 30 alunos, se calhar, vou precisar de ter mais dois professores.”

O Ministério da Educação e a Direção-Geral da Saúde têm vindo a indicar que os professores que pertencem a grupos de risco não têm de regressar às salas de aula. É o caso dos mais velhos e dos que sofrem de doenças de base, segundo especificou Graça Freitas na segunda-feira.

Os últimos dados conhecidos referentes ao perfil etário dos professores, que datam de 2018, indicam que 6.425 professores do 3.º ciclo e secundário tinham entre 60 e 65 anos, o que correspondia a 12,2% do total de docentes neste grupo. Ainda segundo a Direção-Geral da Administração Escolar, naquele ano, 22,8% destes professores estavam entre os 55 e os 60 anos.

Com base nas mesmas informações, o Público adianta que, no ano passado, 5.208 professores foram autorizados a mudar de escola por se encontrarem doentes, ainda que, neste ponto, não estejam discriminados dados quanto aos ciclos em que dão aulas.

A necessidade “urgente” de terem outras orientações do ministério foi comunicada numa carta enviada pelos diretores nesta segunda-feira. Para já, o ME ainda não adiantou nada sobre a necessidade de se terem de contratar novos professores, ou a que mecanismos recorrerá para que tal seja feito em tempo útil.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não consigo perceber porque os funcionários da saúde, de hipermercados, da policia etc… tiveram de continuar de laborar sem qualquer tipo de condicionalismos independentemente de pertencerem a “grupo de risco” ou não. Agora e porque os profs têm de ir trabalhar tudo serve para minarem essa tarefa. Não crendo criticar os profs julgo que estas regalias só irão denegrir mais uma vez a profissão de professor.

  2. Mais uma vez, a opinião pública está contra os professores. É o que tem feito o governo. Não valorizam os docentes. Como diz o artigo, numa turma de 30 alunos, o professor da turma, poderá ter 10 alunos no máximo. Terá de dar três aulas à mesma turma. Os professores têm de estar com máscaras e luvas. Não é fácil lidar com alunos mesmo do secundário. Será uma luta constante para manterem-se distanciados. Como será no recreio? Estará alguém para os vigiar? Admiro muito os professores, que têm-se mostrado o seu empenho nas aprendizagens dos seus alunos. Têm apoiado muito os seus alunos. Também admiro e muito os profissionais de saúde que são uns verdadeiros heróis, nesta luta contra o Covid 19.

RESPONDER

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …

T-shirt reduz efeitos da menopausa

T-shirt portuguesa reduz sintomas da menopausa e ajuda quem tem cancro (e já está à venda)

A investigadora da Universidade do Minho (UM) Filipa Fernandes criou uma t-shirt que atenua os efeitos da menopausa e melhora a qualidade de vida de pacientes com cancro, graças a um tecido com um revestimento …

Estrela Vermelha 2-1 Braga | Guerreiros com mira desalinhada

Inglório. O Sporting de Braga foi a Belgrado perder com o Crvena Zvezda, ou Estrela Vermelha, por 2-1, na primeira jornada do Grupo F da Liga Europa. Os minhotos tiveram mais bola, criaram diversos lances de …

Após "humilhação" frente ao Ajax, Sporting abre caça a novo reforço

O Sporting tem apenas quatro jogadores para a posição de defesa-central. Rúben Amorim vai ter de esperar pelo mercado de inverno para trazer um reforço. As opções para o trio de centrais do Sporting são escassas. …

"Tempestade perfeita" ajuda a explicar "descontrole" nos preços da luz (mas as eléctricas deixam uma promessa)

Os preços da electricidade no mercado de energia atingiram, neste mês de Setembro, um valor recorde e estão "completamente descontrolados" numa altura em que se formou o que os especialistas dizem ser uma "tempestade perfeita". …