Confinamento leva vítimas de violência doméstica a denunciar agressores por SMS

Situações como o confinamento agora imposto, o desemprego e a incerteza, estão a levar a um aumento da procura de apoio psicológico por parte de mulheres registadas como potenciais vítimas de violência doméstica, sobretudo através de mensagens escritas.

De acordo com os últimos dados da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, citados pela Rádio Renascença, este é o principal meio que as vítimas de violência doméstica encontraram para contactar as autoridades e fazer queixa.

“Desde que o serviço de SMS começou a funcionar, no dia 27 de março, temos já 44 pedidos, o que revela eficácia deste meio, uma vez que muitas pessoas estarão em situação de confinamento e sentir-se-ão mais seguras e confortáveis ao procurar informação e apoio através de mensagens escritas”, disse à Renascença a secretária de Estado da Igualdade e Cidadania (CIG), Rosa Monteiro.

A responsável referiu que, por agora, isso não significa um aumento do número de denúncias. “Estamos a monitorizar e não há registo de um aumento de casos, tanto reportados pelas forças de segurança como pelas linhas de atendimento e pelo novo serviço SMS da CIG”.

Um total de 95 contactos através destes meios diretos para a CIG foram registados desde o dia 19 e “as 39 chamadas para a linha de atendimento estão dentro do número padrão”, indiciou ainda, acrescentando que “noutros países só após o pico da epidemia é que se vieram a revelar situações de intensidade e violência”.

“O espaço doméstico é de grande risco para as pessoas mais vulneráveis – as crianças e as mulheres – mas, nesta altura, darão prioridade às questões de proteção da saúde”, disse.

E acrescentou: “As equipas no terreno têm detetado um aumento da procura de apoio psicológico por parte de mulheres que já estavam a ser acompanhadas. São pessoas com traumas e as situações de pânico, ansiedade, dúvida e medo agudizam este período”. Este tipo de apoio também tem sido solicitado “por mulheres que estão a ficar desempregadas”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu faço aqui um apelo e espero ser atendido , homens portugueses com estes comportamentos, acabem com a violência doméstica, basta de violência , nada se resolve com violência, não tenham atitudes que possam denegrir a imagem do homem português, como homem que sou, não me revejo nesses comportamentos violentos, por favor ,respeitem as vossas mulheres, as vossas crianças, o amor não pode justificar a violência! Integridade, dignidade e respeito acima de tudo!

  2. Felicito a coragem das pessoas agredidas. Ao denunciarem estão a fazer, pelo menos 3 coisas, a saber: a dignificarem-se como pessoas; a evitarem um “até à próxima” e, por último, a recusarem-se a viver como vítimas. Bem hajam.

    • O pedido de desculpas – ainda que “embrulhado” em choro e vãs promessas – é mera verborreia. Não acreditem em alteração do comportamento do agressor para melhor; ele irá alterar-se, sim, mas sempre para pior.
      – DENUNCIEM À PRIMEIRA OFENSA porque, se houver uma segunda, o agressor já está referenciado.

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …