Confinamento leva vítimas de violência doméstica a denunciar agressores por SMS

Situações como o confinamento agora imposto, o desemprego e a incerteza, estão a levar a um aumento da procura de apoio psicológico por parte de mulheres registadas como potenciais vítimas de violência doméstica, sobretudo através de mensagens escritas.

De acordo com os últimos dados da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, citados pela Rádio Renascença, este é o principal meio que as vítimas de violência doméstica encontraram para contactar as autoridades e fazer queixa.

“Desde que o serviço de SMS começou a funcionar, no dia 27 de março, temos já 44 pedidos, o que revela eficácia deste meio, uma vez que muitas pessoas estarão em situação de confinamento e sentir-se-ão mais seguras e confortáveis ao procurar informação e apoio através de mensagens escritas”, disse à Renascença a secretária de Estado da Igualdade e Cidadania (CIG), Rosa Monteiro.

A responsável referiu que, por agora, isso não significa um aumento do número de denúncias. “Estamos a monitorizar e não há registo de um aumento de casos, tanto reportados pelas forças de segurança como pelas linhas de atendimento e pelo novo serviço SMS da CIG”.

Um total de 95 contactos através destes meios diretos para a CIG foram registados desde o dia 19 e “as 39 chamadas para a linha de atendimento estão dentro do número padrão”, indiciou ainda, acrescentando que “noutros países só após o pico da epidemia é que se vieram a revelar situações de intensidade e violência”.

“O espaço doméstico é de grande risco para as pessoas mais vulneráveis – as crianças e as mulheres – mas, nesta altura, darão prioridade às questões de proteção da saúde”, disse.

E acrescentou: “As equipas no terreno têm detetado um aumento da procura de apoio psicológico por parte de mulheres que já estavam a ser acompanhadas. São pessoas com traumas e as situações de pânico, ansiedade, dúvida e medo agudizam este período”. Este tipo de apoio também tem sido solicitado “por mulheres que estão a ficar desempregadas”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu faço aqui um apelo e espero ser atendido , homens portugueses com estes comportamentos, acabem com a violência doméstica, basta de violência , nada se resolve com violência, não tenham atitudes que possam denegrir a imagem do homem português, como homem que sou, não me revejo nesses comportamentos violentos, por favor ,respeitem as vossas mulheres, as vossas crianças, o amor não pode justificar a violência! Integridade, dignidade e respeito acima de tudo!

  2. Felicito a coragem das pessoas agredidas. Ao denunciarem estão a fazer, pelo menos 3 coisas, a saber: a dignificarem-se como pessoas; a evitarem um “até à próxima” e, por último, a recusarem-se a viver como vítimas. Bem hajam.

    • O pedido de desculpas – ainda que “embrulhado” em choro e vãs promessas – é mera verborreia. Não acreditem em alteração do comportamento do agressor para melhor; ele irá alterar-se, sim, mas sempre para pior.
      – DENUNCIEM À PRIMEIRA OFENSA porque, se houver uma segunda, o agressor já está referenciado.

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …