Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede “transparência”

worldeconomicforum / Flickr

Giuseppe Conte, primeiro-ministro de Itália

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luigi Di Maio. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, pediu às empresas farmacêuticas, este domingo, “transparência” sobre as razões para os atrasos

No sábado, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, disse que os atrasos no fornecimento das vacinas são “inaceitáveis” e representam uma séria violação das obrigações contratuais, acrescentando que a Itália recorreria a todas as ferramentas legais disponíveis, avança o Público.

A Itália terá que refazer todo o seu programa de vacinação se os problemas de abastecimento persistirem, disse um alto funcionário da Saúde do país.

Questionado sobre as razões para as empresas farmacêuticas terem anunciado a redução dos lotes disponíveis, Di Maio disse acreditar que tiveram mais olhos do que barriga. “Estamos a ativar todos os canais para que a Comissão Europeia faça todos os possíveis para que esses senhores respeitem os contratos”, disse.

A Pfizer disse na semana passada que ia reduzir os fornecimentos para a Europa para fazer mudanças na fabricação de forma a aumentar a produção. Na sexta-feira, um alto funcionário disse à Reuters que a AstraZeneca também informou a União Europeia que reduziria em 60% as entregas de sua vacina devido a problemas de produção.

O corte de fornecimento anunciado pelas duas empresas vai atrasar a vacinação dos maiores de 80 anos em Itália em cerca de quatro semanas e a do resto da população em cerca de 6-8 semanas, disse o vice-ministro da Saúde, Pierpaolo Sileri, neste domingo.

União Europeia também já se pronunciou

“O que pedimos a essas empresas é um diálogo transparente”, declarou Charles Michel a vários jornais franceses, sobre os atrasos na distribuição das vacinas.

“É óbvio que pensamos em fazer respeitar os contratos que foram assinados pelas empresas farmacêuticas”, afirmou o presidente do Conselho, que representa os 27 Estados-membros da União Europeia (UE).

Contudo, lembra que “quando a Pfizer anunciou atrasos de várias semanas, viu-se que reagimos com firmeza e, finalmente, os atrasos anunciados de várias semanas foram reduzidos”.

Charles Michel mostrou-se compreensivo, porém, com as dificuldades industriais e com os “obstáculos” que os laboratórios podem enfrentar, como os problemas “de fornecimento das matérias-primas necessárias”.

Após os atrasos anunciados pela Pfizer nas entregas da vacina contra a covid-19, um anúncio similar da AstraZeneca na sexta-feira gerou preocupação e revolta na Europa.

O continente corre contra o relógio, face ao surgimento de novas e mais perigosas variantes do coronavírus.

A União Europeia assinou um total de seis contratos com empresas farmacêuticas e está em negociações com outras duas, para um total de 2,5 bilhões de doses potenciais.

Com estes atrasos, Portugal só vai receber em fevereiro e março 700 mil vacinas das 1,4 milhões previstas.

Francisco Ramos tem dito que a aprovação da Agência Europeia do Medicamento (EMA) e chegada desta vacina da AstraZeneca será decisiva para acelerar o processo, algo que mantém, mas estes percalços obrigarão a rever o calendário, o que acaba por ser uma má notícia, referiu à TSF.

Ainda assim, o coordenador da taskforce do Plano de Vacinação da covid-19, Francisco Ramos, garantiu hoje que o atraso da vacina AstraZeneca/Oxford não comprometerá a primeira fase do plano português, mas não permitirá antecipá-lo, admitindo uma quebra de 50% do esperado.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Físicos fazem medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão

Uma equipa de físicos fez a medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão. Este avanço da Física pode ajudar a responder a perguntas sobre o Universo primitivo. Já sabemos - com uma incerteza …

O "telescópio que comeu a astronomia" vai olhar para a Idade das Trevas do Universo

Astrónomos da NASA vão usar o Telescópio Espacial James Webb para olhar para trás no tempo até à Idade das Trevas do Universo. Alguns chamaram o Telescópio Espacial James Webb da NASA de "telescópio que comeu …

Estudo da Universidade do Minho defende legalização da prostituição em Portugal

Um estudo de um investigador da Universidade do Minho (UMinho) defende a legalização da prostituição em Portugal e denuncia a “ineficácia do modelo abolicionista” em vigor desde 1983, anunciou esta quinta-feira aquela academia. Em comunicado, a …

Dispositivo vestível impresso a 3D não precisa de ser carregado

Um grupo de especialistas desenvolveu um dispositivo vestível a que chamaram “dispositivo biossimbiótico”, que conta com vários benefícios. O novo dispositivo é impresso em 3D, personalizado e baseado em análises corporais dos utilizadores e ainda pode …

Microsoft encerra o LinkedIn na China devido às restrições locais

A Microsoft informou esta quinta-feira que irá encerrar a rede profissional LinkedIn na China até ao final do ano, justificando a decisão com a existência de um "ambiente operacional difícil", segundo a agência France-Presse (AFP). O …

Ceni anunciado mas adeptos avisam: "Só será treinador se falar connosco antes"

Mudança de treinador no São Paulo: saiu Crespo e regressou a "lenda" do clube, Ceni. Mas há palavras que não se esquecem... Mais uma mudança de equipa técnica no Brasileirão. Desta vez no São Paulo, que …

No Japão, milhares de idosos morrem sozinhos. Agora, um sistema ajuda na deteção de cadáveres nas casas

Monitorização dos edifícios permite perceber se há movimento dos ocupantes dentro das casas. Desta forma, é mais fácil evitar que corpos em decomposição permanecem no local ao longo de muito tempo. O Japão é um dos …

"Nunca tive tanto medo na minha vida". Ruth estava a dormir quando meteorito lhe caiu na cama

A mulher ficou assustada com o incidente, mas acabou por sair ilesa. Agora, pretende recuperar dos danos causados e admite que quer conservar a pedra. Parece ficção, mas a história aconteceu na cidade de Golden, no …

Corrida ao peru de Natal. Britânicos temem não ter a iguaria na mesa - e a culpa é do Brexit

No Reino Unido, há falta de mão de obra na agricultura e a criação de perus está a ser uma das áreas mais afetadas. Procura da iguaria natalícia já aumentou. Na quinta "Flower Farm", no coração …

Paulo Rangel vai candidatar-se à liderança do PSD "independentemente de qualquer calendário"

O eurodeputado Paulo Rangel vai anunciar que se candidata à liderança do PSD numa intervenção no perante os conselheiros esta noite. Paulo Rangel quer candidatar-se à liderança do PSD, segundo avançaram o Observador e a TVI. …