Trump diz que Supremo Tribunal vai ter juízes anti-aborto e pró-armas

gageskidmore / Flickr

O milionário americano Donald Trump

O presidente eleito dos Estados Unidos declarou que vai nomear, para o Supremo Tribunal, juízes contra o aborto e favoráveis à posse de armas de fogo, em entrevista à cadeia de televisão CBS.

“Os juízes serão antiaborto”, explicou Donald Trump durante a entrevista à cadeia de televisão CBS, difundida no domingo à noite. Ao mesmo tempo, o Presidente eleito garantiu que serão também “muito favoráveis à Segunda Emenda” da Constituição norte-americana, que garante o direito de cada cidadão possuir uma arma de fogo.

Ontem, o republicano já tinha anunciado a nomeação do líder do partido, Reince Priebus, para chefe de gabinete da Casa Branca.

Já o diretor da sua campanha e responsável pelo site conservador Breibart News, Stephen Bannon, foi nomeado conselheiro e chefe de estratégia.

Na mesma entrevista televisiva, Trump decidiu apelar ao manifestantes que estão contra a sua eleição: “Não tenham medo. Vamos restabelecer o nosso país“.

O novo Presidente pediu também “algum tempo” e condenou qualquer agressão contra minorias no país, depois de várias dezenas de casos de agressões terem sido assinalados na sequência da sua vitória nas presidenciais.

“Digo [aos autores destas agressões verbais ou ameaças] que não façam isso, é terrível, porque eu vou reunificar este país”, declarou, voltando-se em seguida para a câmara para dizer “parem”.

No entanto, o magnata já relembrou que vai deportar dois a três milhões de imigrantes ilegais e que a construção do muro na fronteira com o México vai mesmo existir, podendo ser parcialmente substituída por uma cerca.

O 45.º Presidente dos EUA garantiu ainda que não pretende recuar no princípio do casamento homossexual, considerando a questão fechada. “Isso já não é atualidade, porque já foi decidido. É lei… acabou”, declarou o magnata do setor imobiliário.

Donald Trump, cuja fortuna pessoal foi estimada, no início de outubro, em 3,7 mil milhões de dólares, pela revista norte-americana Forbes, anunciou que vai renunciar ao salário anual de 400 mil dólares do cargo de presidente dos Estados Unidos.

“Não vou receber o salário. Não vou”, disse na entrevista ao programa “60 minutes” da CBS, confirmando uma promessa feita num vídeo de campanha, em setembro. “Penso que, por lei, só tenho de receber um dólar, por isso receberei um dólar por ano”, afirmou.

Trump reconsidera investigação a Clinton

O Presidente eleito disse ainda que está a reconsiderar a ideia de nomear um procurador especial para investigar Hillary Clinton pelo caso dos emails, porque não quer prejudicar a antiga rival nem o marido, Bill Clinton.

“Vou pensar nisso. Não quero prejudicá-los“, declarou. “Quero concentrar-me nos empregos, nos cuidados de saúde, quero concentrar-me na fronteira e na imigração, e fazer um projeto de lei sobre imigração que seja realmente bom. Queremos ter uma boa lei de imigração”, disse, enumerando as prioridades do seu futuro Governo.

No entanto, Trump considerou que Hillary “fez coisas muito más” ao usar servidores de correio eletrónico privados para tratar de assuntos oficiais quando era secretária de Estado (2009-2013), o que fez com que fosse investigada pelo FBI, que acabou por considerar não haver matéria para avançar com acusações.

O diretor do FBI, James Comey, a 11 dias das eleições, anunciou novas investigações a Clinton, que foram fechadas dois dias antes da votação sem que fosse descoberto qualquer elemento incriminatório.

Questionado sobre Comey, Trump disse que o “respeita muito” e assegurou que ainda não tomou uma decisão sobre o cargo que este ocupa.

O cargo de diretor do FBI é independente do resultado das eleições e se o novo Presidente o desejar, Comey pode continuar a ocupar a posição.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estamos na era do pára-arranca. Faz marcha a trás, e não anda para a frente. 
    Este mundo está mesmo a pedir conserto.  E que senhor conserto. Palhaçada é mais que muita. Já estamos fartos dela. Já vomitamos  palhaçada por todos os lados. Os próprios bébés, já vêem a bolsar, sabendo da triste sorte que os espera, por já virem hipotecados, ás instituições financeiras, e sem nunca cá terem estado. Como será isto possível, perguntam para a chupeta. Que mal fiz eu a Deus. para ter de pagar os erros de idiotas, que dizem governar esta porcaria de planeta. Por isso choram que se fartam á nascença.
    NOVA ORDEM MUNDIAL, É PRECISA URGENTE, OUVIMO-LOS PALRAR.

  2. Então o negocio tambem é armas Patinho Donald?
    POIS QUE SE ESPERAVA, SENÃO A CONTINUAÇAO DO SEGUIMENTO?
    NOVAS ORDEM MUNDIAL, É PRECISA URGENTE.

Athletic Bilbao vence Barcelona e conquista Supertaça. Messi expulso após agressão

O Athletic Bilbao ergueu a sua terceira Supertaça de futebol de Espanha, ao vencer 3-2 no prolongamento o FC Barcelona, após 2-2 no final do tempo regulamentar, na final disputada no Estádio Olímpico de Sevilha. Depois …

Regionalização, um "poema de um calceteiro" e (mais) críticas a Marcelo. O último debate presidencial

Os candidatos presidenciais juntaram-se em mais um debate conjunto antes das eleições. Falou-se da ausência de Ventura, regionalização, justiça e até jardinagem. O primeiro tema a marcar o debate das rádios foram as medidas de confinamento …

Em plena pandemia, houve cinco setores que conseguiram faturar mais do que em 2019

Apesar de a pandemia ter levado muitos setores da economia para os piores resultados de sempre, nem todos perderam faturação durante os meses de março a novembro da crise sanitária, algum conseguiram mesmo aumentar. Neste sentido, …

Pesadelo de Özil no Arsenal chega ao fim com transferência para o Fenerbahçe

O futebolista alemão Mesut Özil, dos ingleses do Arsenal, confirmou que vai assinar pelos turcos do Fenerbahçe, depois de vários meses sem jogar pelos 'gunners'. "Estou muito feliz e muito animado, por Deus me ter dado …

Palácio mais antigo da China é descoberto perto de antiga capital. Tem mais de 5000 anos

Um Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas da China, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem atualmente cerca de 5.300 …

"Há exceções a mais". Marques Mendes defende que Governo deve reavaliar medidas de confinamento

No seu habitual espaço de comentário na SIC, no domingo à noite, Luís Marques Mendes falou sobre as novas medidas de confinanento e das eleições presidenciais. Depois de uma semana a bater recordes em números de …

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …

"São dores de crescimento". CNE admite problemas no voto antecipado, mas promete solução no futuro

Domingo foi dia de voto antecipado para 246.880 eleitores, um número recorde desde que esta modalidade foi introduzida no país. As longas filas e alguns ajuntamentos, numa altura em que o país vive um novo …