Especialistas definem teto para travar regresso à normalidade: 4 mil internamentos

Mário Cruz / Lusa

O Governo e os especialistas de saúde estudam um regresso gradual à normalidade. Os epidemiologistas estimam que 4 mil internamentos é o número máximo que o SNS consegue aguentar antes da rutura.

Na reunião que decorreu esta terça-feira no Infarmed, os especialistas em saúde definiram um teto máximo para perceber se o regresso à normalidade descarrilou. Os epidemiologistas estimam que 4 mil internamentos é o número máximo que o Serviço Nacional de Saúde aguenta. Se atingirmos esse número, haverá rutura, escreve o Observador.

Se, ao fim de dois meses, atingirmos os 4 mil internamentos no SNS, significa que estamos num mau caminho para o regresso gradual à normalidade. É nestas circunstâncias que é necessário um travão imediato. Mas o objetivo não é deixar chegar a este ponto, mas sim prevenir que cheguemos lá.

Os números do boletim epidemiológico desta terça-feira revelam quem Portugal tem 936 pacientes internados, sendo que 172 deles estão nos cuidados intensivos. Assim, o SNS tem uma margem de 3 mil internamentos até atingir o ponto de rutura.

Para que a situação seja acompanhada ao longo do tempo, os especialistas propuseram que, a cada 15 dias, se calcule um número limite de internamentos. Caso o Governo verifique que, ao fim dessas duas semanas, o número de pacientes internados está a ultrapassar o limite, pode decidir voltar a apertar as restrições.

A lógica é que este indicador funcione quase como um botão de emergência, que seja acionado à primeira vista de perigo.

“Atualmente temos cerca de mil internados e há folga. Porquê? Porque o SNS, com a atual capacidade, aguenta até cerca de 4 mil casos de internamento por covid-19″, disse Luís Mira, presidente da Confederação dos Agricultores Portugueses (CAP).

O presidente da CAP entende que Portugal ganhou margem de manobra nesta primeira vaga do surto e que, aos poucos, pode ir levantando as restrições que contribuíram para o sucesso da sua resposta ao vírus. “Há folga para que sejam tomadas, agora, estas medidas para aliviar o confinamento“, concluiu Luís Mira.

“Peer pressure” do Governo

Embora António Costa já tenha admitido que todas as decisões políticas são tomadas com base nos pareceres dos especialistas de saúde, as fontes ouvidas pelo Observador dão conta que os epidemiologistas podem ter cedido parcialmente às vontades políticas.

“Sentiu-se uma espécie de pressão” social da parte dos epidemiologistas, que “sabem que a saturação dos portugueses também não é para subestimar”, disse uma fonte partidária presente na reunião. Enquanto os especialistas preferem jogar pelo seguro, o Governo quer reabrir a economia – nem que seja aos poucos.

“Esta foi a vez em que os especialistas pareciam mais condicionados no que estavam a dizer, como se estivessem pressionados a defender a reabertura da economia, e tentaram, claramente, dar argumentos para justificar o alívio das medidas”, contou um outro líder partidário.

“Ao contrário do que tinham feito nas outras reuniões, em que deram o ‘R’ como o índice a seguir, desta vez, como o ‘R’ estava pior, curiosamente falaram noutros fatores“, acrescentou.

Atualmente, o ‘R’ ronda os os 0,94 e 1,04, variando de acordo com a região. Ainda esta segunda-feira, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, disse que o ‘R’ português – número de pessoas que uma pessoa infetada com Covid-19 contagia – ainda não está no valor ideal para o regresso à normalidade.

“A infeção está, aparentemente, controlada, mas o ‘R’ continua a estar em 1, um valor que, não sendo muito elevado, é elevado e vai ter de se ter em consideração quando se iniciar a retoma, porque devia estar perto dos 0,7 ou até menos. Temos de continuar a fazer as medidas restritivas no dia a dia, que servem para proteger as pessoas mais frágeis, como os idosos”, declarou aos jornalistas no Hospital de Santo António, no Porto.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Todos amigos, todos juntos, todos sem máscara, todos a gozar com os que usam máscara obrigados por estes que não usam máscara. Mais um dia no escritório.

  2. Se alguém me souber dar o cálculo do R0, agradeço. Depois de várias tentativas ainda não acertei. Também não encontrei a fórmula em parte nenhuma.

RESPONDER

Vacina da Universidade de Oxford para a covid-19 será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 em que trabalham os cientistas da Universidade de Oxford será testada no Brasil, pelo nível de infeção naquele país, revelou esta sexta-feira o Times. Com o declínio nos casos de coronavírus …

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está desaparecida. De acordo com o jornal espanhol El País, …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …