Portugal está “mais a oeste”. Teoria de governante espanhola sobre sucesso português motiva críticas

Uma declaração polémica da vice-presidente do Governo espanhol Teresa Ribera a explicar que Portugal conteve melhor a covid-19 porque está “um pouco mais a oeste” motivou críticas nas redes sociais do país vizinho.

“Em Portugal, [o vírus] parou antes. Vinha de leste e eles estão um pouco mais a oeste e então puderam parar um pouco antes”, disse Teresa Ribera, numa entrevista publicada no domingo no jornal espanhol El País.

A responsável governamental encarregada de coordenar os trabalhos do plano de transição para uma “nova normalidade” também explicou que em Portugal houve um comportamento por parte do conjunto da sociedade e das forças políticas “muito mais unido” e com “entreajuda”.

A teoria de Teresa Ribera, que também é ministra para a Transição Ecológica e o Desafio Demográfico, a relacionar a progressão do vírus com a posição geográfica de cada país teve muitas reações nas redes sociais até esta manhã.

Alguns internautas recordaram à ministra que, por exemplo, um país como a Grécia tem apenas 14 mortos por cada milhão de habitantes e encontra-se mais a leste do que Itália (478 óbitos), Espanha (540), ou Portugal (102).

“Estudou Direito e dá aulas na Universidade de Madrid para acabar por dizer isto”, é um entre centenas de comentários que se podem ler na rede Twitter sobre a afirmação da responsável governamental.

Outro internauta recordava que há “uma morte por coronavírus no Alentejo português e 460 mortes na Extremadura [espanhola]. O alegado leste e oeste de Teresa Ribera”.

“De acordo com o seu raciocínio, a covid-19 não chegaria aos Estados Unidos, é muito a oeste… Sem palavras”, segundo outro comentário.

Na entrevista, Teresa Ribera também defende com firmeza a gestão da crise feita pelo Governo espanhol e assegura que, se foram cometidos erros, eles situam-se ao mesmo nível do resto dos países.

“Alguns países do mundo tiveram líderes a recomendar beber lixívia. Acho que temos estado na gama alta do sucesso e na gama baixa dos erros“, disse Ribera numa referência a uma declaração feita pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Em abril, o líder da oposição espanhola, Pablo Casado, do Partido Popular, questionou o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, como era possível Portugal, mesmo ao lado, ter apenas 700 vítimas mortais devido à pandemia enquanto Espanha tinha 20 mil.

Espanha inicia esta segunda-feira a primeira fase de alívio das medidas em vigor de luta contra a covid-19, com a abertura parcial do pequeno comércio, como barbearias, cabeleireiros e restaurantes que passam a vender comida para levar.

No domingo registou 164 mortes devido à pandemia de covid-19, o número mais baixo das últimas sete semanas e menos 112 do que no sábado. De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, houve no mesmo dia 838 novos casos positivos, também uma diminuição assinalável em relação aos 1.147 de sábado, elevando para 217.466 o total de infetados confirmados pelo teste PCR, o mais fiável na deteção do vírus.

 

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Pois é senhora ministra, é que o vírus veio a pé. E viu-se aflito para passar ali em Vilar Formoso, não tinha os documentos em ordem.

    Isto é só Trumpices por todo o lado. Até deste lado do Atlântico temos os nossos trumpinhos.

  2. A segunda razão sim, agora a primeira nem em brincadeira entre amigos; se fosse cá tinha em cima muito comentário pouco abonatório.Por exemplo como é ministra tao ignorante.

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …