Tancos. Testemunha desmente Marcelo e diz que Presidente garantiu falar com PGR

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Uma testemunha disse, esta segunda-feira no julgamento de Tancos, que Marcelo Rebelo de Sousa garantira poder interceder junto da ex-procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal.

“O Presidente disse que falaria com a Procuradora-Geral da República e que o ministro iria falar com sua congénere da Justiça [Francisca Van Dunem]”, afirmou o capitão João Bengalinha, oficial investigador da Polícia Judiciária Militar (PJM), falando de uma reunião em que o chefe de Estado mostrou interesse em conhecer aspetos relacionados com a investigação ao furto de Tancos.

Segundo o jornal Público, esta é a versão defendida várias vezes pelo ex-diretor-geral da PJM, coronel Luís Vieira, e desmentida por Marcelo Rebelo de Sousa.

“O Presidente quis saber como estava a decorrer a investigação” e justificou as perguntas feitas ao coronel Luís Vieira dizendo que “gostava de estar a par das investigações”, disse Bengalinha.

Esta reunião a 4 de julho de 2016 foi já diversas vezes mencionada no caso de Tancos pelo facto de o coronel Luís Vieira ter dito ao Presidente que não se conformava com a ordem dada pela então procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, de atribuir a responsabilidade da investigação iniciada pela PJM à Polícia Judiciária (PJ).

Na reunião, cinco dias depois do assalto, onde marcaram presença, além de Marcelo e o então ministro da Defesa Azeredo Lopes, o então chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas, general Pina Monteiro, e chefes militares dos vários ramos das Forças Armadas, o coronel Luís Vieira queixou-se de a PJ não ter comunicado à PJM o teor de uma denúncia recebida dois meses antes de que um assalto estaria a ser preparado.

“Nesse dia foi referido que a PJ já estava na posse de informação de que um assalto [a uma instalação militar] estaria a ser preparado”, afirmou João Bengalinha. “O CEMGFA, general Artur Pina Monteiro, reagiu. Disse que se esta informação [transmitida por Luís Vieira] era fidedigna, isto era de uma enorme gravidade. E transmitiu que as Forças Armadas dispunham de níveis de segurança que podem ser aumentados em situações de alerta e que era inadmissível [a comunicação da PJ à PJM] não ter acontecido”.

Esta informação já tinha sido referida pelo coronel Luís Vieira em defesa própria num processo em que está a ser julgado por violação do segredo de justiça. Luís Vieira, ouvido a 10 de março, descreveu o interesse de Marcelo na investigação e a garantia que teria dado que iria falar com a procuradora-geral da República, como já fizera no processo de Tancos.

O Presidente da República negou em diversas ocasiões ter conversado com Luís Vieira.

Marques Vidal decidiu que o roubo seria investigado pela PJ – e não pela PJ Militar -, o que nunca foi aceite por esta força, por isso, segundo a acusação, os mais altos responsáveis concordaram com a ação clandestina que permitiu o achamento do armamento e a sua recuperação.

Depois de o material ter sido recuperado, e depois de se ter percebido que o Ministério Público (MP) tinha sido deixado às escuras pela PJ Militar, Marques Vidal telefonou a Luís Vieira manifestando o seu profundo desagrado.

O processo de Tancos tem 23 arguidos, dez arguidos respondem por associação criminosa, tráfico e mediação de armas e terrorismo, pelo alegado envolvimento no furto do armamento e os restantes 13, entre eles Azeredo Lopes, dois elementos da PJM e vários militares da GNR, sobre a manobra de encenação da recuperação do material ocorrida na região da Chamusca, numa operação que envolveu a PJM, em colaboração com elementos da GNR de Loulé.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …