Supremo brasileiro suspende processo de impeachment de Dilma Rousseff

Marcelo Camargo / ABr

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff

O Supremo Tribunal Federal brasileiro decidiu esta terça-feira suspender a comissão especial parlamentar encarregada de examinar o pedido de destituição da presidente brasileira, Dilma Rousseff, por alegadas irregularidades no momento da sua criação.

A medida foi solicitada pelo Partido Comunista do Brasil, e suspendeu o processo de destituição de Dilma Rousseff até 16 de dezembro, data em que o tribunal reune novamente em sessão plenária.

Segundo a Folha de São Paulo, o juiz do Supremo Tribunal Federal Luiz Edson Fachin não anulou, no entanto, os restantes actos já ocorridos, como a eleição na terça-feira da maioria da oposição para a comissão,.

A decisão do STF foi tomada “com o objetivo de evitar a prática de actos que eventualmente poderão ser invalidados pelo Supremo Tribunal Federal, obstar aumento de instabilidade jurídica com profusão de medidas judiciais posteriores e pontuais”, refere a decisão do juiz.

O STF “determina a suspensão da formação e a não-instalação da Comissão Especial, bem como dos eventuais prazos, inclusive os que estejam em curso, até à decisão do Supremo Tribunal Federal prevista para 16/12/2015”.

Luiz Edson Fachin justificou a decisão pela importância do caso, “diante da magnitude do procedimento em curso, da plausibilidade para o fim de reclamar legítima atuação do Tribunal Constitucional e da difícil restituição ao estado anterior do caso”.

O juiz pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, rival de Dilma Rousseff, que forneça “informações num prazo de 24 hores sobre o procedimento seguido para a eleição da Comissão especial”.

Horas antes, a oposição de direita, aliados a dissidentes da maioria governamental, tinham infligido uma primeira derrota a Dilma Rousseff, ao conseguirem uma maioria de lugares na comissão a quem cabe decidir se o pedido de ‘impeachment’ da Presidente será arquivado ou acolhido e, nesse caso, votado pelo plenário da Câmara.

A lista alternativa venceu por 272 votos contra 199, um dia após o presidente da casa legislativa, Eduardo Cunha, adiar a formação da comissão.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O Supremo Tribunal Federal não suspendeu processo nenhum porque processo ainda não existe. Um único juiz do Supremo, de forma monocrática, acatou um pedido de liminar solicitando a suspensão da instalação que vai avaliar a denúncia de crime de responsabilidade (cometido por parte de Dilma Roussef) e, se aceitarem a denúncia, aí sim abrirão um processo de Impeachment. A instalação está suspensa até que o plenátio da Corte (outros 10 juízes) avaliem a queixa e manifestem-se. Isto é só uma manobra protelatória por parte de um partido político, acatada por um juiz que fez campanha por Dilma antes da sua indicação para o STF. Ao contrário do que diz o texto, não é a “oposição de direita” que se aliou a “dissidentes da maioria governamental”, já que há membros de partidos de direita, centro, centro esquerda e esquerda na oposição à cleptocracia instalada pelo PT no Brasil, sob os olhos condescendentes da “intelectualidade” europeia, que viam em Lula da Silva um exemplo moderno do Bom Selvagem, de Rousseau. Só que Lula não era Bom, nem selvagem. Era e é um mafioso frio e calculista, que vai deixano uma trilha de companheiros do crime abandonados pelo caminho, assim como um rasto de pistas, denúncias, evidências e, até, cadáveres, por onde passa. Deixem de olhar para a América Latina como uma terra de bons esquerdistas e passem a ver crime onde há crime, e política onde há política. Dilma é só mais um exemplo do que pode fazer a demagogia e o populismo, quando aliados a uma intelectualidade fajuta. Deixem de prestar vassalagem a quem não merece nem respeito. Jornalistas deste nível metem-me nojo.

RESPONDER

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …

PS propõe que independentes possam usar símbolos e siglas nas freguesias

A líder parlamentar do PS anunciou, este sábado, que o partido vai apresentar duas alterações à lei eleitoral autárquica através de um projeto de lei que deverá entrar no Parlamento na segunda-feira. Em declarações ao jornal …