Sócrates vai reduzir a pó qualquer acusação contra ele

José Sena Goulão / Wikimedia

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

José Sócrates critica “a selvajaria” que diz que as autoridades usaram na sua detenção, há um ano, e promete “reduzir a pó” qualquer acusação que seja feita contra ele. Declarações à TVI numa entrevista em plena rua.

Quando se assinala um ano após a detenção de José Sócrates, em pleno Aeroporto de Lisboa, no âmbito da Operação Marquês, o ex-primeiro-ministro promete arrasar qualquer acusação do Ministério Público contra ele.

“Estou cada vez com mais energia, vontade e determinação para lutar. Estou a preparar-me para reduzir a pó qualquer acusação que me possam fazer“, promete José Sócrates nesta entrevista à TVI feita no meio da rua.

O ex-governante considera ainda que o “prenderam abusivamente”, usando contra ele “toda a selvajaria que puderam”.

“Isto foi uma violência injustificada e as violências injustificadas do lado do Estado são ilegais”, salienta.

“Lesaram o meu bom nome, a minha dignidade e politicamente lesaram o governo anterior“, atira também.

Sócrates considera assim que o Ministério Público “deve uma explicação ao país”, depois de ter alegado ter “todas as provas, concludentes e definitivas” contra ele e de, volvido um ano, não ter apresentado nenhuma prova concreta.

“Não as apresentam porque não as têm nem nunca as tiveram. É impossível provar o que nunca aconteceu. Têm muitas opiniões, mas não têm factos nem provas”, diz Sócrates.

O ex-primeiro-ministro acusa também o Ministério Público de ter passado por cima dos prazos legais “como se nada fosse, como se pudessem manter sob suspeita alguém indiferentemente dos prazos e do tempo”.

Detido a 21 de Novembro de 2014, José Sócrates é suspeito de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para acto ilícito, mas ainda não foi alvo de qualquer acusação.

O ex-primeiro-ministro esteve em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora durante vários meses.

Em Setembro passado, passou a regime de prisão domiciliária com vigilância policial, depois de ter recusado a prisão domiciliária com pulseira electrónica.

A 16 de Outubro, passou a estar sob Termo de Identidade e Residência, mas a sua defesa espera conseguir a extinção de todas as medidas de coacção.

Além de Sócrates, são arguidos no âmbito da Operação Marquês o seu amigo empresário Carlos Santos Silva e a sua esposa, Inês do Rosário, o ex-motorista João Perna, o advogado Gonçalo Ferreira, o ex-ministro Armando Vara e a filha Bárbara Vara, o administrador da farmacêutica Octapharma, Paulo Lalanda Castro, o presidente da empresa gestora do empreendimento turístico do Vale do Lobo, Diogo Gaspar Ferreira, o administrador do Grupo Lena, Joaquim Barroca e o consultor e sócio de Santos Silva, Rui Mão de Ferro.

ZAP

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • Palhaço ou não, de certeza que ele te metia num bolso em três tempos!!
      Pela qualidade do comentário, também não deve ser nada difícil!…

    • Tens razão, mas os mais palhaços é ainda aquela corja a fazer almoços, abraços e beijinhos a um corrupto, mas é isto que o nosso povo português gosta, dinheiro fácil nem que seja com corrupção o que interessa é eu comer também.

  1. Este sujeitinho de má memória nem sequer se enxerga. Perante as ofensas sistemáticas a tudo e a todos, quando é que o poder judicial põe este simples cidadão na ordem de uma vez por todas.

  2. Mas este Socas ainda não deu conta que o povo português não é parvo?
    Podias ter feito muito bem os golpes que deste, mas pensas que não temos todos consciência que lá as fizeste , fizeste. Temos dito
    Podes reduzir a pó, mas os quilos de consciência pesada que vais carregar por toda a vida, vais mesmo que carregar e ninguém terá pena de ti.
    Olha Emigra.

  3. Sim agora o Sócrates vai reduzir isto tudo a pó com o apoio do novo governo na forja vão ser os donos disto tudo de novo, vamos voltar aos tempos de 1974/75.

  4. Todos os comentários que li são de autênticos desmiolados, na minha modesta opinião, Se não, vejamos : Porque é que um ano após a sua prisão ainda não seduziram acusação em sede própria, 1que são os tribunais e não em pasquins tipo Correio da manhã e em pataratas das redes sociais. Não era verdade que quando prenderam o cidadão José S. Pinto de Sousa, há mais de um ano atrás, tinham as provas necessárias e suficientes para o deter / prender com muito espalhafato e ” mise en cene” ? E passado um ano não vejo nada de concreto e sustentado legalmente .

    • O JOCA “dedilhou” um pouco cedo demais! Ainda vai a tempo de apreender o conteúdo do post seguinte! Talvez perceba que um teclado servindo para “dedilhar” factos também serve a ficção bufada ao ouvido, e mesmo essa não acredito seja “desmiolada” pese embora a “convicção” que parece resultar da sua opinião!

    • O problema não é a falta de provas, o problema é a quantidade gigantesca de provas e a devida execução das mesmas. Tudo o resto é demagogia e atrabalhação da justiça feita pela defesa do bandido.

  5. Oh Sr. José Sócrates! Então ainda não sabe que o DCIAP tem pelo menos mais 30 dias para além do limite temporal que a si convinha para proferir a acusação? Não sabe que tal prerrogativa advém de deliberações vertidas na lei pelo poder legislativo?
    Não sabe que o Min.Público só estaria obrigado a proferir acusação – 21.Nov – no final do inquérito se o sr. estivesse preso ou sob medidas de prisão preventiva o que não se verifica? Não sabe que se trata de um processo de especial complexidade?
    .
    Então o sr. não sabe do histórico recente da criminalidade especialmente complexa de índole económica e financeira como foram os casos dos submarinos de 2005 concluído apenas no final de 2014; Da Operação Monte Branco iniciada a meio de 2011 cuja investigação ainda decorre; da Operação Furacão iniciada em 2005 e as últimas acusações formuladas apenas neste final de ano de 2015! Areia demasiada para a sua camioneta ou para certos olhos?
    Não sabe do caso Portucale do início de 2005 no qual a acusação foi proferida cerca de dois anos depois? Nem sabe do Isaltino de 2002 com acusação formalizada já em 2006? Desconhece o processo dos Vistos Gold, com início, como o seu – em 2013 e a acusação só agora formalizada?
    E foi você eleito 1º ministro de Portugal.

  6. Oh Sr.José Sócrates! Então não sabe que a Operação Monte Branco foi iniciada a meio de 2011 e que a investigação ainda decorre? Portanto ainda sem acusação…

RESPONDER

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …