Socialista Isabel Moreira declara apoio a João Ferreira. Ventura classifica-o como “camarada de plástico”

Isabel Moreira / Facebook

A deputada do PS Isabel Moreira

A deputada socialista Isabel Moreira foi uma das primeiras a manifestar apoio a João Ferreira, candidato do PCP. Já o líder do Chega, André Ventura classificou o comunista como um “camarada de plástico”.

Numa publicação no Facebook, Isabel Moreira considerou um erro a falta de um candidato oficial do PS e disse-se “livre para escolher”: a cruz no boletim de voto será para o candidato comunista, João Ferreira. A deputada do PS reconhece em João Ferreira os traços de “democrata, avesso a populismos”.

“Os ataques à democracia que se fazem sentir na Europa , nos EUA, no Brasil, etc, são ataques que, por aqui , recordam-nos da importância de partidos como o PCP”, escreveu a deputada socialista no Facebook, frisando a “institucionalização do conflito que evita o sonho dos inimigos da democracia”, entre eles a extrema-direita que diz fazer “tantas horas da comunicação social”.

“E, mais importante, gosto muito do João Ferreira. Acho que é um democrata. Avesso a populismos, o que traz exatamente aquilo que quero que seja marcado nesta campanha, que tanto promete nessa matéria”, escreveu Isabel Moreira no Facebook.

A deputada socialista disse ainda que se tratará de um voto “em nome de uma democracia não populista” e em nome “do Estado de direito”.

“Camarada de plástico”

O presidente do Chega, André Ventura, anunciado candidato às eleições presidenciais de janeiro, classificou este sábado o seu concorrente comunista como um “camarada de plástico”.

“Esperávamos algum ‘camarada cassete’ a repetir as mesmas coisas sobre Cuba ou o PREC (Processo Revolucionário em Curso), há 40 anos, e aparece o ‘camarada de plástico’, um político que de valor apenas tem o ser jovem e bem-parecido”, disse, em declarações à agência Lusa.

O deputado único do Chega já tinha recorrido a epítetos depreciativos para com as candidatas presidenciais Ana Gomes (diplomata e ex-eurodeputada socialista) e Marisa Matias (eurodeputada do BE), respetivamente, “candidata cigana” e “candidata marijuana”.

“João Ferreira apresenta-se este sábado às eleições presidenciais, uma clara terceira ou quarta escolha, atrás de nomes como o do líder, Jerónimo de Sousa, ou do ex-sindicalista Arménio Carlos. Certamente que estes se recusaram ao combate e deixaram Ferreira a travar sozinho o combate impossível para o PCP”, acrescentou Ventura.

O eurodeputado comunista, também vereador na Câmara Municipal de Lisboa, já foi o eleito pelo PCP para cabeça de lista ao Parlamento Europeu em duas ocasiões, assim como para primeiro candidato da lista à autarquia da capital, possuíndo assim larga experiência de campanhas eleitorais.

O eurodeputado comunista junta-se assim aos oito candidatos anunciados às eleições presidenciais de 2021.

O líder e deputado único do partido Chega, André Ventura, o primeiro a apresentar publicamente a sua intenção de concorrer ao mais alto cargo da nação, a 29 de fevereiro, em Portalegre.

Seguiram-se, no final de julho, as manifestações de vontade de concorrerem a Belém do advogado e fundador da Iniciativa Liberal, Tiago Mayan Gonçalves, e do presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho.

No passado dia 5, a eurodeputada e dirigente do Bloco de Esquerda Marisa Matias anunciou que voltaria a concorrer às presidenciais do próximo ano, com apresentação marcada para quarta-feira no Largo do Carmo, em Lisboa.

No dia seguinte, quinta-feira, foi a vez de a ex-eurodeputada socialista Ana Gomes apresentar a sua candidatura a Presidente da República. No mesmo dia, no Porto, foi apresentada a pré-candidatura a Belém do ex-militante do CDS Orlando Cruz, que já por três vezes no passado fez este anúncio, mas que nunca chegou a formalizar o processo junto do Tribunal Constitucional.

Além destes nomes, na terça-feira Vitorino Silva, também conhecido como “Tino de Rans”, confirmou ao Observador que ia ser candidato. O calceteiro natural de Penafiel diz que quer lutar contra “populismos”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

    • Basta apontares um leitor de código de barras e sabes logo. Eu creio que ela só o acha giro … ou então concorda com ele e apoia-o na saída do euro e da UE. Mas não… esta senhora não gosta é de populismos. Isso é que importa! Essas duas populistas da esquerda democrática. A Marisa e a Ana Gomes não prestam. Não lhe servem ! Venha a esquerda autoritária para impor a ordem !

      • ó Zé, ele não defende a saída da UE e em relação ao euro fala em negociação. Até que são vários os países da UE que não partilham o euro. já agora, qual é o teu candidato? (mostra os teus amigos)

  1. “Acho que é um democrata.”, diz Isabel Moreira. Qualquer respeito que pudesse ter pela senhora deputada, acabou de desaparecer. Será que não conhece a História? Não sabe o que é o Comunismo? Inacreditável.

      • O caro Zé também é daqueles que acha que o comunismo só não funciona por culpa dos outros? Basta ler o manifesto comunista e os livros que se seguiram do Lenin e Engels para perceber o monte de contradições que para ali vai (a teoria da necessidade de haver uma “vanguarda” destrói por completo a noção de abolição de classes, só para citar um exemplo). No entanto nem sequer é preciso conhecer a literatura comunista para perceber que o comunismo não funciona: todos os sistemas verdadeiramente comunistas falharam, colocando sempre as culpas em forças externas. Nunca assumiram as próprias culpas. Isso é visível hoje em dia na Venezuela, por exemplo. A China teve de meter o comunismo na gaveta para conseguir funcionar, por exemplo. Portanto, basta conhecer a História. O comunismo puro vai contra a própria natureza humana, logo é impossível de colocar em prática. Só me espanto é com a quantidade de malta que ainda não percebeu isso (ou que percebeu e está-se a por a jeito para pertencer à “vanguarda”… pois).

  2. Votar na corrupção? Não obrigado.
    No tempo da outra senhora quem nomeava os corruptos era o Salazar actualmente, em nome da demo + cracia, quem os nomeia são os votos da ignorância.
    Com base nas ultimas eleições e, dado que a abstenção superou os 50%, igual quantidade de cadeiras da A. R. deveriam estar vazias mas, como em demo + cracia vale tudo, o zé pagode aceita o que lhe poem no prato apesar de ser mal servido politicamente.
    As pessoas esquecem-se ou nunca se aperceberam que, maioritariamente, os indivíduos que seguem a politica são indivíduos que se licenciam e se servem da política para governar a vidinha deles e dos seus tudo, à custa da ignorância dos votantes.
    Reduzam os vencimentos e mordomias aos que se servem dos cargos políticos, e quero ver quantos é que por lá ficam……

    Um dia perguntaram a Mahatma Gandhi quais são os factores que destroem os seres humanos?
    A Política, sem princípios; o Prazer, sem compromisso; a Riqueza, sem trabalho; a Sabedoria, sem carácter; os negócios, sem moral; a Ciência, sem humanidade; a Oração, sem caridade. (Mahatma Gandhi)

    Se queres formar um juízo acerca de um homem, vê quem são os seus amigos. (Fenelon)

RESPONDER

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …

Militantes do Chega acusados de agredir homossexual em Viseu

Militantes do Chega são acusados de terem agredido um homem homossexual no final da tarde de quarta-feira, na rua, em Viseu. Segundo informação avançada pelo Expresso, os agressores são afetos à candidatura do partido de …