Tino de Rans candidata-se a Belém contra “populismos”

António Cotrim / Lusa

Tino de Rans vai avançar com uma candidatura a Belém, mas quer adiar a eleição para a primavera para poupar os idosos.

Vitorino Silva, conhecido por Tino de Rans, revelou esta terça-feira à Lusa que será candidato a Presidente da República para lutar contra os “populismos”, mas quer adiar eleição para a primavera para poupar os idosos.

Depois de em 2016 a sua candidatura ter conseguido “152 mil votos”, o regresso na eleição presidencial surge para “combater os populismos e a abstenção“, centrando o seu foco na participação dos idosos no ato eleitoral previsto para janeiro de 2021, sublinhou Tino de Rans.

“Toda a gente sabe que em janeiro o frio é ‘de rachar’ e as eleições estão marcadas para essa altura, sendo que nessa altura podemos ter a pandemia da covid-19 e a epidemia da gripe e não podemos permitir que os idosos possam faltar ao voto por estarem enfraquecidos ou com medo”, observou o agora oitavo pré-candidato conhecido.

E prosseguiu: “que a opinião pública exija que as eleições não sejam em janeiro, pois já participei em muitas mesas eleitorais e nas mesas dos idosos a afluência era de 80% e na dos jovens votam 150 a 200 em cada mil. Se em janeiro continuar a haver pandemia, os filhos não irão levar os pais a votar e corre-se o risco de na eleição presidencial votar apenas 20% ou 25% do eleitorado“.

Tino de Rans manteve o tom crítico recuperando uma polémica recente em que “todos estiveram muito preocupados com o Avante!, mas esquecem-se de que em janeiro vão votar oito milhões de portugueses, sendo que cerca de 35% deles são idosos”, assinalando ser ele “o primeiro português a falar nisso“.

Questionado pela Lusa se tinha consultado a Constituição Portuguesa, Tino de Rans advertiu que esta “não é eterna e pode ser mudada pelos políticos, assim haja bom senso e responsabilidade”.

Neste contexto avançou que “março ou abril, na primavera, seria mais fácil para os idosos votarem, pois se insistirem em votar em janeiro vão retirar-lhes um dos poucos direitos que têm e, então, será uma vergonha”, disse.

“Apelo ao primeiro-ministro, aos partidos políticos, ao Presidente da República para que intervenham, pois é a democracia que está em causa e o resultado pode sair inquinado”, insistiu o candidato.

Sobre o desfecho da eleição o candidato do partido RIR – Reagir Incluir Reciclar avançou com uma convicção: “não sei se vou ter muitos ou poucos votos, mas de uma coisa tenho a certeza, vão ter de me pôr nas sondagens, nos debates depois de há cinco anos me terem chamado o candidato provisório, o outro? “.

A seis meses do fim do mandato do atual Presidente da República, são já oito os pré-candidatos ao lugar de Marcelo Rebelo de Sousa, apesar de o nome de um deles ainda ser uma incógnita.

As candidaturas a Presidente da República só são válidas depois de formalmente aceites pelo Tribunal Constitucional, e após a apresentação e verificação de um mínimo de 7.500 e um máximo de 15.000 assinaturas de cidadãos eleitores, até trinta dias antes da data da eleição, que deverá realizar-se no final de janeiro do próximo ano.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chovem eletrões. Descoberto furacão de plasma espacial acima do Polo Norte

Uma equipa de cientistas, liderados pela Universidade Shandong, na China, identificou um furacão espacial acima do Polo Norte. Os investigadores usaram dados de satélite para identificar o furacão espacial acima do Polo Norte e revelaram que não …

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …