Silvano apoia sanções a presenças-fantasma desde que se separem registos

PSD / Flickr

José Silvano, secretário-geral do PSD

O secretário-geral do PSD disse que apoiará sanções que venham a ser incluídas no regulamento da bancada para falsas presenças de deputados, desde que exista uma separação entre o registo de acesso ao sistema e o de presenças.

No final de um almoço do International Club, em Lisboa, nesta sexta-feira, onde elegeu a credibilidade como a bandeira do PSD liderado por Rui Rio, José Silvano foi questionado se o seu envolvimento num caso de ‘presenças-fantasma’ não pode afetar essa imagem.

“Um homem honrado e credível como eu quer que instituições da justiça digam em concreto o que têm a dizer sobre o meu caso e não essas generalizações”, respondeu.

Questionado se concorda com a alteração do regulamento interno do grupo parlamentar, que poderá prever sanções para esses casos, Silvano disse apoiar mudanças no sistema, precisamente para evitar casos como o seu, e que se introduza uma separação no registo de presenças e no simples acesso ao computador.

“Todas as sanções, inclusive a expulsão, desde que tenha dois registos, um para entrada no computador e outra para acesso no plenário. Até pode ser a demissão”, afirmou.

Na sua intervenção no International Club, dedicada ao tema “Organização e funcionamento dos partidos políticos”, José Silvano defendeu que o PSD, para ser credível no país, tem primeiro de ser credível internamente. “Não sou capaz de ser dirigente de um partido que dentro de casa faz coisa diferente do que propõe para o exterior”, afirmou, admitindo que esta “política pelo exemplo” pode ter de ser feita “contra ventos e marés”.

Recorrendo a uma expressão popular, José Silvano defendeu que “a letra tem de bater com a careta”. “A nossa preocupação é a credibilidade. Se o líder tem credibilidade, temos de adaptar o partido a essa credibilidade, se não nada bate certo. A mensagem pode demorar mais tempo, mas estamos convencidos que, em tempo ainda, as pessoas vão perceber este movimento”, considerou.

O secretário-geral do PSD teve duas presenças indevidamente assinaladas no plenário quando estava em trabalho político fora de Lisboa. Na altura, a deputada social-democrata Emília Cerqueira assumiu que registou “inadvertidamente” José Silvano quando acedeu ao seu computador para consultar documentos.

O Ministério Público abriu um inquérito ao caso, o que Silvano saudou, pedindo uma decisão judicial rápida.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …

Acabaram-se as trotinetas no Algarve. Duraram 10 meses

A vereadora considera, no entanto, que a experiência foi “positiva”, já que permitiu recolher dados de mobilidade, nomeadamente, da utilização destas soluções em pequenos trajetos, ao mesmo tempo que colocou a questão na agenda pública. Sophie …

EasyJet diz que será a primeira a alcançar a neutralidade carbónica na aviação

A companhia aérea britânica easyJet afirmou esta terça-feira que será a primeira no mundo a alcançar a neutralidade carbónica através das compensações. Num comunicado publicado no seu site oficial, a companhia low cost anuncia ainda um …

Número de pré-avisos de greve até outubro é o mais alto dos últimos quatro anos

O número de pré-avisos de greve até outubro foi o mais alto dos últimos quatro anos, totalizando 781, segundo dados da Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT). Entre janeiro e outubro deste …

Na Índia, já há "bares de oxigénio" para quem quiser respirar ar puro

A Índia é um dos países mais contaminado do mundo. Desde o final de outubro, a poluição alcançou um nível crítico devido à queimada de restolhos nos campos. Agora, há uma solução arrojada para que os …

Depois do Papão Harrison, o novo exame foi "duro" (e muitos jovens médicos já pensam em emigrar)

Foram quatro horas de exame, com 150 perguntas, na temida Prova Nacional de Acesso para a Formação Especializada em Medicina e muitos dos jovens médicos não conseguiram concluí-la. Os que temem não conseguir aceder à …

Situação trágica. "Veneza está a desaparecer"

A situação em Veneza é trágica, com 85% da cidade italiana inundada depois das piores cheias dos últimos anos. Mas estas inundações são apenas um alerta para o que pode vir a seguir, já que …

Documentos internos do governo chinês revelam plano "sem piedade" contra muçulmanos

O jornal norte-americano New York Times recebeu 403 páginas de documentos internos do governo chinês relacionados com a limpeza étnica na província de Xinjiang. Nesta província, foram criados mais de 500 campos de concentração onde uigures, …