Senado aprova nomeação de Brett Kavanaugh para o Supremo Tribunal

O Senado norte-americano aprovou, este sábado, a nomeação do magistrado Brett Kavanaugh, escolhido pelo Presidente dos Estados Unidos, para juiz do Supremo Tribunal.

Brett Kavanaugh foi acusado publicamente por três mulheres de abusos sexuais, entre elas Christine Blasey Ford, que há uma semana contou a sua versão numa audiência pública perante o Senado sobre factos que supostamente ocorreram durante uma festa em 1982.

O magistrado, que negou categoricamente as acusações, obteve 50 votos a favor e 48 contra, oferecendo uma importante vitória política ao Presidente Donald Trump.

A confirmação de Kavanaugh para o Senado deverá colocar em minoria os juízes progressistas no seio da mais alta instância judiciária americana.

Na sexta-feira, o juiz já tinha vencido uma primeira votação preliminar do Senado no processo de confirmação para juiz do Supremo Tribunal, com 51 votos contra 49.

No entanto, a pressão social contra a confirmação de Kavanaugh reforçou-se nos últimos dias, com centenas de mobilizações em todo o país.

Trump já felicitou o Senado norte-americano por ratificar o juiz para o Supremo Tribunal.  “Aplaudo e felicito o Senado dos EUA por confirmar o nosso grande nomeado, o juiz Brett Kavanaugh, para o Supremo Tribunal. Mais tarde, hoje assinarei a sua designação e ele vai jurar [o seu novo cargo] oficialmente. Muito emocionante!”, assinalou na sua conta oficial do Twitter após a votação que confirmou a sua escolha pessoal.

Pouco antes da votação no Senado, o Presidente assegurou em declarações aos jornalistas que o juiz é “uma pessoa extraordinária, um grande talento”, disse, no rescaldo da importante vitória política que obteve.

“Fará sentir-nos muito orgulhosos”, disse Trump antes de embarcar no avião presidencial em direção a um evento no estado do Kansas.

A Casa Branca juntou-se às felicitações dirigidas ao Senado e confirmou que Kavanaugh vai prestar o juramento oficial do seu cargo “ainda hoje, mas mais tarde”, segundo um comunicado de Raj Shah, porta-voz do gabinete presidencial.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …

"Bolsonaro pode estar a preparar guerra civil", temem politólogos

Politólogos ouvidos pelo DN temem que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, possa estar a preparar uma guerra civil. "Deseja armar a população, confia em poderes paralelos e estimula a indisciplina dos escalões mais baixos …

PRR: PSD quer que Governo conheça todos os contributos entregues na consulta pública

O PSD pediu acesso esta segunda-feira, através do parlamento, à documentação relativa a todos os contributos decorrentes da consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Num requerimento entregue segunda-feira no parlamento e dirigido ao …

Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos. O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista …

Tribunal não consegue notificar informador do caso Tancos conhecido por "Fechaduras"

O Tribunal de Santarém não conseguiu notificar a testemunha Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", para esta segunda-feira ser ouvido no processo de Tancos, onde chegou a ser arguido. No início da sessão, a decorrer no Centro …