Semana decisiva no PSD. Rio no Norte e Montenegro recebido por Marcelo

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro é recebido em audiência pelo Presidente da República, em Belém, enquanto o presidente do partido, Rui Rio, cumpre uma agenda intensa a norte.

Depois do desafio de Montenegro à convocação de eleições diretas antecipadas — rejeitado por Rui Rio, mas que submeterá a direção a um voto de confiança do Conselho Nacional -, a semana social-democrata começa com os dois protagonistas da crise separados por centenas de quilómetros.

Às 14h00, Marcelo Rebelo de Sousa recebe o social-democrata Luís Montenegro, a pedido deste, depois de na sexta-feira à noite se ter encontrado com Rui Rio, no Porto, um encontro onde foram debatidos temas “quer da política interna, quer da política externa”, de acordo com o presidente do PSD.

O chefe de Estado justificou ter pedido o encontro com Rui Rio porque precisava de tomar “decisões sobre diplomas”, incluindo o da descentralização, e esta semana tinham “calendários completamente incompatíveis”.

Enquanto isso, Rui Rio estará no norte do País. O presidente do PSD começa o dia com uma visita à empresa têxtil RIOPELE em Vila Nova de Famalicão, em Braga, às 11h00, seguindo-se à tarde uma visita aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, reunindo-se à noite com militantes deste distrito, à porta fechada.

Para o resto da semana, a agenda do presidente do PSD está ainda por definir, tendo sido desmarcada a reunião com os militantes do distrito de Setúbal prevista para quarta-feira, de acordo com fonte do seu gabinete, quando se aguarda que seja convocada a reunião extraordinária do Conselho Nacional do partido.

A data dessa reunião será marcada no início da semana, assegurou o presidente do órgão máximo do PSD entre congressos, Paulo Mota Pinto, que confirmou ter recebido um requerimento a pedir a votação de uma moção de confiança à direção, que deu entrada na sexta-feira à noite.

Segundo o regulamento do Conselho Nacional, a convocação de uma reunião extraordinária determina a sua realização “no prazo máximo de 15 dias da receção do requerimento, salvo se outro prazo mais curto for requerido”, devendo ser convocada com a antecedência mínima de três dias.

Na sexta-feira, o antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro manifestou disponibilidade para se candidatar à liderança e desafiou Rui Rio, que completou no domingo um ano de mandato, a convocar eleições diretas antecipadas de imediato.

A resposta de Rio chegou um dia depois, no sábado: “A minha resposta é não”, disse o presidente do partido, que anunciou, contudo, ter pedido a convocação de um Conselho Nacional extraordinário para que o órgão aprecie e vote uma moção de confiança à sua direção.

“Se for esse o seu entendimento, o Conselho pode retirar a confiança à direção nacional e assumir democraticamente a responsabilidade de a demitir. Se os contestatários não conseguiram reunir as assinaturas para a apresentação de uma moção de censura, eu próprio facilito-lhes a vida e apresento uma moção de confiança”, afirmou Rio.

O partidário referia-se a um movimento promovido por alguns dirigentes distritais de recolha de assinaturas para convocar um Conselho Nacional extraordinário com vista à apresentação de uma moção de censura à direção.

O artigo 68º dos estatutos do PSD determina que “as moções de confiança são apresentadas pelas Comissões Políticas e a sua rejeição implica a demissão do órgão apresentante”. O regulamento do Conselho Nacional determina ainda que as votações do Conselho Nacional se realizam por braço no ar, com exceção de eleições ou se tal for requerido “por pelo menos um décimo dos membros do Conselho Nacional presentes”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …

Cientistas reconstruiram a cara mutilada de uma guerreira Viking

Um esqueleto encontrado num cemitério Viking em Solør, na Noruega, tinha sido identificado como sendo de uma mulher há vários anos, mas os especialistas não tinham a certeza se tinha sido verdadeiramente uma guerreira. Agora, a …