“Golpe de estado”. Montenegro candidato para salvar o PSD (“Rio não alinha em foguetes”)

José Coelho / Lusa

O ex-líder parlamentar do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro

Luís Montenegro cumpriu o que se tinha anunciado e avançou a sua candidatura à liderança do PSD, desafiando Rui Rio a “não ter medo” de convocar já eleições e de se recandidatar. Rio ainda não reagiu, mas a vice-presidente do PSD, Isabel Meireles, fala em “golpe de Estado”.

Numa declaração sem direito a perguntas, Montenegro criticou duramente o PSD de Rui Rio, considerando que esta direcção está a levar o partido para “o abismo” e para “uma derrota humilhante” nas eleições, “deixando de ser um grande partido nacional” para se tornar num partido “pequeno e irrelevante”.

“É preciso e urgente mudar este estado de coisas” e “salvar o PSD do caminho para o abismo em que está mergulhado”, frisou perante os jornalistas, antes de se anunciar como candidato à liderança do partido.

Montenegro desafiou Rio a mostrar “coragem” e a marcar eleições antecipadas de imediato. “Não tenha medo do confronto”, atirou ao presidente do PSD, desafiando-o também a não se justificar “atrás de questões formais” para não o fazer.

“Rio não alinha em foguetes”

Rui Rio ainda não reagiu a estas declarações e espera-se que só tome uma posição oficial em Coimbra neste sábado, onde haverá um Conselho Extraordinário Nacional do PSD.

Depois de ter sido convocado por Marcelo Rebelo de Sousa para um encontro no Porto, no seguimento das declarações de Montenegro, Rio recusou abordar o assunto, prometendo que “com calma, na devida altura”, vai falar. “Não vou fazer de conta que nada aconteceu”, salientou ainda, vincando contudo que não tem que “andar aqui a correr”.

Fontes do PSD garantiram ao Diário de Notícias que Rio vai recusar o desafio de Montenegro. “Rui Rio não alinha em foguetes”, garantem.

Depois da conferência de imprensa de Montenegro, foi anunciada uma reacção da direcção do PSD, mas a vice-presidente do partido, Isabel Meireles, surgiu a sublinhar que manifestaria apenas a sua posição “pessoal”.

Antes já tinha antecipado em declarações à Agência Lusa, que o anúncio de uma candidatura de Montenegro seria um “golpe de Estado” que prejudica o PSD e o país, prometendo que a direcção vai cumprir “à risca” os estatutos sociais-democratas.

Isabel Meireles acusou ainda Montenegro de ter “um plano arquitectado do passado” com vista a “salvar as pessoas que o rodeiam e a ele próprio”. “Ele mente porque disse no ano passado que só faria oposição ao senhor António Costa, ao Bloco de Esquerda e ao PCP”, apontou ainda, acusando “o tom de politiqueiro de quem só diz mal”.

Montenegro já falou como candidato a primeiro-ministro

Na sua declaração no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, Montenegro traçou um quadro negro da situação actual do partido, falando de “um PSD frouxo a fazer oposição” e onde “não há uma crítica do Dr. Rui Rio a António Costa”.

“O estado a que o PSD chegou é mau, é preocupante e é irreversivel com esta liderança”, salientou, frisando que Rio “falhou” nas diversas promessas que fez.

“Rio prometeu fazer do PSD uma alternativa e uma oposição firme ao Governo”, mas “não se lhe reconhece um projecto, uma estratégia, um posicionamento, uma mensagem diferenciadora e mobilizadora”, disse.

“Rio prometeu unir o PSD”, mas “foi instigador do confronto interno, hostilizando quadros e estruturas do PSD, numa lógica de divisão entre os bons e os maus”, acrescentou Montenegro. “Prometeu fazer o PSD subir nas sondagens” e também “falhou”, já que estas “nunca como hoje foram tão baixas“, frisou.

“Rio prometeu levar o PSD a ganhar eleições e em vez disso resignou-se e deitou a toalha ao chão”, lamentou ainda.

Montenegro acusou também a actual direcção de colocar o PSD como “muleta do PS” e “Rui Rio como bengala de António Costa“.

“Tudo isto é mau porque a democracia precisa de uma oposição como deve ser, firme e determinada, capaz de mobilizar os portugueses, com missão e espírito ganhador”, vincou Montenegro.

“Não me resigno a um PSD pequeno, perdedor, irrelevante, sem importância política e relevância estratégica”, justificou o antigo deputado. “Estou aqui para dizer ao país que precisamos de um Governo novo e de um novo primeiro-ministro” e “para ser o adversário que o dr. António Costa não teve ao longo do último ano”, atirou ainda.

E já num discurso como candidato a primeiro-ministro, Montenegro realçou que pretende “lutar com toda a força pelo interesse nacional e pelo futuro de Portugal”. “Estou aqui para galvanizar os portugueses em torno de um tempo de esperança”, notou, dirigindo-se a empresários, trabalhadores, aos mais desfavorecidos, aos reformados e aos jovens.

SV, ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Como é que Portugal pode sair do atoleiro em quem a classe política nos meteu se não leio nem ouço uma proposta credível de nenhum politico sejam da oposição ou do Governo, só leio e ouço é preocupados em chegar ao pote para isso á que falar dos outros atacar os outros só mostra que não temos políticos com uma única ideia sobre o que fazer para tirar Portugal do atoleiro em que todos eles nos meteram, não há ideias desviam a atenção parar outros assuntos, nem estão preocupados com a abstenção sabem que mesmo com mais de 50% de abstenção eles vão ao pote.

RESPONDER

Arqueólogos encontram vestígios do vinho mais antigo do mundo na Grécia

Uma equipa de arqueólogos encontrou amostras de vinho no local arqueológico de Dikili Tash, no norte da Grécia. As evidências datam de há 4200 a.C e acredita-se que sejam os vestígios de vinho mais antigos …

Comunidade no céu. Um novo projeto irá ligar vários edifícios com pontes aéreas

As pontes aéreas que ligam edifícios não são uma novidade no mundo, mas agora poderão ganhar um novo destaque num projeto que será desenvolvido em Toronto. A empresa de arquitetura Safdie Architects irá desenvolver o projeto …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo. Festival da Emoção

O Campeão da Europa continua a defender o título. A palpitante última jornada da fase de grupos. Mais recordes para Ronaldo. Quem joga contra quem nos oitavos-de-final. Visto da Linha de Fundo. Portugal 2 – …

Sergio Ramos terá pedido 50 milhões de euros ao AC Milan

Antigo capitão do Real Madrid procura clube. Paolo Maldini afastou-se da contratação do espanhol. Sergio Ramos não vai continuar no Real Madrid e, por isso, está à procura de uma "casa" nova, depois de ter estado …

Oposições criticam anúncios "pomposos” e gestão mediática do Governo

PSD, Bloco e PEV criticaram hoje a "gestão mediática" feita pelo Governo em relação ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e o PCP considerou que este programa revela o "grau de submissão" de Portugal …

Paquistanesas querem melhores leis contra a violação. Primeiro-ministro diz para vestirem mais roupa

As mulheres paquistaneses pedem melhores leis contra a violação. Entretanto, o seu primeiro-ministro diz-lhes que têm de vestir mais roupa. O Paquistão tem uma taxa de condenação por violação de 0,3%, uma das mais baixas do …

Jogador admite: "Escrevi uma frase racista"

Danilo Avelar está fora dos relvados há muito tempo, começou a jogar mais online e foi expulso. Corinthians também deverá castigar o atleta. Danilo Avelar não joga desde outubro de 2020 mas, mesmo longe dos jogos, …

Morreu o ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III

O ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III morreu hoje, aos 61 anos, depois de ter sido hospitalizado em Manila, disseram familiares aos meios de comunicação social locais. O ex-presidente das Filipinas Benigno "Noynoy" Aquino, herdeiro de …

Turista morre durante caminhada pelo Grand Canyon (e o calor excessivo poderá ser o culpado)

Uma mulher residente no estado de Ohio morreu enquanto fazia uma caminhada pelo Grand Canyon. De acordo com as autoridades, a morte estará relacionada com as temperaturas extremas que se faziam sentir. Michelle Meder, de 53 …

"Não temos condições de avançar". Calamidade prorrogada, Portugal recua no desconfinamento

Portugal vai travar o processo de desconfinamento em todo o território nacional, anunciou o Governo em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros desta quinta-feira. O conselho de ministros aprovou a prorrogação da Situação …