/

Secretário de Estado terá pressionado autarcas a contratar empresa de ex-sócio

5

António Cotrim / Lusa

O secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo.

João Paulo Rebelo terá pressionado autarcas do Centro a contratar a empresa de um ex-sócio para a realização dos testes de diagnóstico à covid-19 na região.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, terá pedido ao presidente da Câmara Municipal de Viseu para “potenciar” a empresa de um ex-sócio, contratualizando com esta a realização dos testes de diagnóstico à covid-19 naquela região. João Paulo Rebelo é responsável pelo controlo da covid-19 na região Centro do país.

O Correio da Manhã avança, esta terça-feira, que havia pelo menos duas empresas que tinham capacidade para o fazer, mas a decisão foi tomada por ajuste direto.

“Nos últimos dias temos vindo a ser abordados pelo Dr. João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto, na qualidade de coordenador Covid-19 na Região Centro […] quanto à possibilidade de fazermos uma parceria com custos repartidos entre Estado Central e as Autarquias para fazer testes nas nossas IPSS. Disse que estaria disponível, aguardo valores e disponibilidades diárias”, lê-se num email do autarca de Viseu, Almeida Henriques, aos seus pares.

“Trata-se de potenciar o laboratório do Dr. João Cotta – ALS, a fazer análises em 6 horas para o Hospital de S. Teotónio e quem tem possibilidade de incrementar para 300 testes dia e num futuro próximo 1000, algo que será importante para nós”, lê-se ainda.

De acordo com a mesma publicação, Almeida Henriques quis, com este email, envolver todos os autarcas da região, para que não houvesse qualquer decisão unilateral.

“Nos processos de concursos preocupo-me com os do município. Também não tenho de conhecer as relações interpessoais”, disse o autarca ao Correio da Manhã, confirmando o teor do email, mas negando conhecer as relações da empresa com o secretário de Estado.

O governante diz que foi tudo “tratado pelas Câmaras”, optando por não comentar sobre se tinha ou não indicado a contratação do seu ex-sócio. João Paulo Rebelo foi sócio do vice-presidente da Assembleia Municipal de Viseu, João Fernando Cotta, durante quase dois anos na empresa Legenda Transparente.

  ZAP //

5 Comments

  1. Hehehe o que vem por aí
    estava mais do que visto que estes tipos sem etica se iam aproveitar das desgraças para favorecer tudo o que é primo ou amigo, assim garantem os tachos la fora
    Vai ser um descaladro com a justiça e a imprensa (quase toda) podre como está vamos ser roubados sem sabermos.

  2. Como se não fosse habito á décadas os governantes e autarcas não fazerem o mesmo, como darem a escritórios de Advogados dos seus partidos defesa da Câmara onde estão, sem fazerem concurso só que há castas que os jornalistas não falam nem investigam vá lá agente saber porque estes jornalistas descobriam a pólvora.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.