Seat Portugal suspende venda dos 50 carros equipados com motor EA189

A Seat Portugal decidiu suspender preventivamente a venda dos 50 automóveis que estão em stock com o motor EA189 e que estão a ser analisados pela Volkswagen para averiguar se estão equipados com o software manipulador de emissões poluentes.

A notícia foi avançada pelo Diário Económico ao início da tarde, depois de o fabricante automóvel espanhol Seat ter divulgado hoje que a nível global vendeu cerca de 700 mil carros a diesel com o motor EA189 e cumpridor da norma Euro 5, equipados com o software que falsifica os resultados dos testes antipoluição, segundo explicou um porta-voz da marca.

Contactada pela Lusa, fonte da Seat Portugal explicou que a suspensão da venda dos únicos 50 carros em stock com o motor em causa “é uma medida de prevenção até se averiguar esta situação relativamente aos motores”.

“O grupo Volkswagen está a avaliar o impacto deste motor no cumprimento das normas europeias”, disse a mesma fonte, sublinhando, contudo, “que todos estes motores são seguros, não põem em causa a condução e segurança dos utilizadores”.

Por outro lado, explicou que a acontecer uma ação de recall (chamar às oficinas), o grupo contactará todos os seus clientes, através das suas marcas, “assumindo qualquer custo com o processo”.

Quanto ao Seat Leon, um dos modelos de maior sucesso da marca, não foi afetado, frisou a mesma fonte.

A Seat Portugal adiantou ainda que “todos os novos automóveis Seat vendidos na União Europeia e equipados com o motor Euro 6 cumprem sem exceção todos os requisitos legais”.

A Seat está a apurar em termos globais quantos veículos equipados com o software foram vendidos em Espanha e especificamente de que modelos, segundo afirmou hoje o porta-voz da marca, acrescentando que “os proprietários de veículos com motores EA189 serão chamados” a centros técnicos para fazer as revisões necessárias.

A marca de automóveis, adquirida pela Voskswagen na década de 1980, já tinha afirmado hoje que tinha decidido “suspender temporariamente” as vendas e as entregas de todos os veículos Seat novos com motor a diesel EA189 e lançar uma página de internet para responder às perguntas dos seus clientes.

A Volkswagen admitiu, na semana passada, que 11 milhões de carros a diesel em todo o mundo estão equipados com dispositivos que ativam controlos de poluição durante os testes, mas automaticamente os desligam quando o carro está em condução.

O escândalo manchou o nome da Volkswagen, deixando-a exposta a milhares de milhões de dólares em multas nos Estados Unidos, com investigações desde a Noruega até à Índia, e que desvalorizou a empresa num terço do seu valor em bolsa numa semana.

Na última sexta-feira, após uma maratona de reuniões de crise, o Conselho de Supervisão da líder de mercado mundial de automóveis designou o presidente da Porsche, Matthias Mueller, para substituir Martin Winterkorn como presidente executivo do grupo alemão.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …

EUA aprovam legislação que pode excluir firmas chinesas do seu mercado de capitais

O Congresso norte-americano aprovou esta quinta-feira legislação que força as empresas chinesas a saírem dos índices bolsistas norte-americanos a menos que cumpram as regras de contabilidade nos Estados Unidos. A legislação, que pode afetar dezenas de …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Vila Verde

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na Câmara de Vila Verde, no distrito de Braga, relacionadas com "adjudicações a juntas de freguesia", confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte daquela força policial. Segundo a mesma fonte, …

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …

Empresas que reforcem lay-off não podem fechar portas, mas podem reduzir horários a 100%

O chamado “apoio à retoma progressiva” vai permitir que em dezembro as empresas saltem para o escalão seguinte, que garante mais financiamento, mas o Governo exige que mantenham atividade. Contudo, garante que tal não condiciona …