Salgado começa a ser julgado em junho. Defesa recorre da decisão de separar processos

António Cotrim / Lusa

O antigo presidente do BES começa a ser julgado a 7 de junho por três crimes de abuso de confiança, no âmbito da Operação Marquês, mas a sua defesa já entregou um recurso por não concordar com a separação de processos.

Ricardo Salgado, que foi pronunciado por três crimes de abuso de confiança, tem já marcadas sessões para os dias 7, 8, 14 e 15 de junho, no Campus de Justiça, em Lisboa, apurou o jornal online Observador, que acrescenta que o julgamento arranca com o testemunho de Hélder Bataglia.

Já o ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos, Armando Vara, que será julgado num outro processo por branqueamento de capitais, tem a primeira sessão de julgamento marcada para 9 de junho e uma segunda no dia 16 do mesmo mês.

Segundo o jornal digital, os processos que agora os colocam novamente no banco dos arguidos serão presididos por dois juízes que integram o coletivo que julgou o homicídio do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk, que esta segunda-feira condenou os inspetores do SEF a sete e nove anos de prisão. No caso de Salgado será o juiz Francisco Henriques, no caso de Vara será Rui Coelho.

No entanto, a defesa do ex-banqueiro já apresentou um recurso para o Tribunal da Relação contra a separação do processo e que, a ser apreciado, poderá ditar a alteração destas datas.

O jornal online ECO adianta que este recurso já terá sido entregue no Tribunal Central de Instrução Criminal, que depois deverá enviar para a Relação, e que em causa está a decisão de separação de processos.

Recorde-se que, a 9 de abril, o juiz de instrução Ivo Rosa, depois de ter anunciado quais os crimes e arguidos que iriam a julgamento, anunciou também que os cinco arguidos pronunciados (José Sócrates, Carlos Santos Silva, Armando Vara, João Perna e Ricardo Salgado) seriam julgados de forma autónoma.

Salgado estava acusado de 21 crimes, entre corrupção ativa, branqueamento de capitais, falsificação de documento e fraude fiscal qualificada, mas só foi pronunciado por três crimes de abuso de confiança.

Vara, por sua vez, estava acusado de cinco crimes, entre corrupção, branqueamento e fraude fiscal qualificada, mas só responderá em tribunal por um crime de branqueamento de capitais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …