Salário mínimo volta a aumentar no Estado em 2020

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Os funcionários públicos vão ter um novo aumento do salário mínimo. O Programa de Estabilidade reserva 95,3 milhões de euros na despesa com pessoal para “outros fatores incluindo a evolução do número de trabalhadores, o aumento do salário mínimo e as valorizações remuneratórias.”

O documento não desagrega o valor concreto para cada uma das rubricas. A única referência explícita está na contratação de mais pessoal para a educação e saúde. De resto, desconhece-se que valores compõem este bolo reservado para os aumentos salariais na função pública.

O montante posto de lado para a “evolução do número de trabalhadores, o aumento do salário mínimo e as valorizações remuneratórias” vai subindo ao longo do exercício de projeção até 2023, sendo que atinge em 2022 a cifra mais elevada (386 milhões de euros), de acordo com o Dinheiro Vivo.

Contando todas as medidas de despesa com pessoal que constam do Programa de Estabilidade, entre 2019 e 2023, a fatura aumenta mais de 2,4 mil milhões de euros. Na conferência de imprensa de apresentação do documento, Mário Centeno referiu tratar-se de “crescimentos muito significativos”, idêntico ao da atual legislatura.

O ministro das Finanças reconheceu ao jornal que as “decisões que se tomem sobre carreiras, sobre recuperação do tempo, limitam os graus de liberdade que futuros governos terão sobre a matéria.”

O salário mínimo para os funcionários públicos foi aumentado este ano para 635 euros, distanciando-se, pela primeira vez, do setor privado que se ficou pelos 600 euros. No próximo ano será de novo aumentado, mas não se conhece o valor exato.

O montante é considerado “manifestamente insuficiente” por José Abraão, da Federação dos Sindicatos da Administração Pública, lembrando que “ainda é preciso resolver as injustiças com os assistentes técnicos, operacionais e os técnicos superiores.”

Na segunda-feira, na apresentação do PE, o ministro das Finanças afirmou que existem “graus de liberdade suficientes para que a evolução dos salários da administração pública, nos próximos quatro anos, retome a sua total normalidade.”

Para 2020 está também reservada uma fatia de 45 milhões de euros para as promoções, valor que fica 15 milhões abaixo do deste ano. A estes montantes junta-se os 482 milhões das progressões – inclui a contagem de 70% do tempo de serviço congelado.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estas tretas de aumentar o salário mínimo por causa das eleições vão levar o pais à desgraça.
    Não sou contra o aumento do salário mínimo (que mesmo que fosse o dobro não seria nada de especial), o problema é que vão aumentando o salário mínimo e os outros salários ficam iguais.
    Temos neste momento, cargos de responsabilidade com pessoas muito formadas a ganhar pouco mais do que o salário mínimo… O que vai acontecer, as pessoas vai deixar de querer estudar, as formações vão perder valor (que já é pouco!) e os profissionais competentes vão acabar por decidir emigrar ou então deixar de se “chatear”. Como o meu caso em que tenho um colega que não faz nada e não se preocupa com nada e eu que estou envolvido em várias tarefas e projetos (trabalho mais que 40 horas) e só ganho mais 130€…
    Ou passo a estar nas “tintas” para as minhas tarefas (que não sou assim, pois acredito que devo ser profissional e o melhor que posso) ou tenho que pensar em emigrar para um pais que saiba classificar as pessoas pelo seu mérito e não só por classificações da leis ou dos interesses políticos.
    No final o pais vai acabar por perder!

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …